Corrente Sul Equatorial

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

A corrente Sul Equatorial é uma significativa corrente dos oceanos Pacífico, Atlântico e Índico, que segue de leste para oeste entre o Equador e cerca de 20° Sul. No Pacífico e no Atlântico, ultrapassa o Equador, atingindo 5° Norte.

No hemisfério sul, a corrente Sul Equatorial é o membro com direção a oeste do giro oceânico subtropical de muito larga escala. Esses giros são formados pela combinação dos ventos alísios nos trópicos com os ventos do oeste, encontrados a sul do paralelo 30 S, através de um processo um tanto complicado, que inclui a intensificação das correntes de limite oeste.

No Equador, a corrente Sul Equatorial é guiada diretamente pelo alísios, que sopram de leste para oeste.

No oceano Índico, o fluxo orientado para o oeste da corrente Sul Equatorial é bem desenvolvido somente a sul do Equador. Diretamente no Equador, os ventos se invertem duas vezes por ano, durante as monções, e, por isso, a superfície da corrente pode ser tanto orientada para o leste quanto para o oeste.

Ver também[editar | editar código-fonte]