Coulrofobia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Coulrofobia é o termo psiquiátrico usado para designar o medo de palhaços. É comum entre crianças, e às vezes também ocorre com adolescentes e adultos. Às vezes o medo é adquirido após experiências traumáticas com um indivíduo singular, ou após ver algum palhaço ameaçador na mídia.

Ao depararem-se com algum indivíduo vestido de palhaço, "os portadores dessa fobia têm ataques de pânico, perda de fôlego, arritmia cardíaca, suores e náusea"[1]

Como exemplos na ficção, temos o personagem Billy, do desenho animado As Terríveis Aventuras de Billy e Mandy; a personagem Velma, do desenho animado Scooby Doo, que declara o medo de palhaços no episódio em que o grupo deve enfrentar um vilão disfarçado de palhaço e ela se recusa a participar do caso inventando desculpas, como trabalhos de faculdade; Ben de Ben 10 ,Cory de As Visões da Raven, Chuckie de Os Anjinhos, Tonya de Todo Mundo Odeia o Chris, Sam Winchester da serie Supernatural, Seeley Booth, da série Bones e Wakko Warner dos Animaniacs; Kramer, da série Seinfeld. Nos simpsons, no episódio " A primeira palavra da Lisa", como a Lisa passa adormir no berço, Homer constrói um cama com formato dum palhaço diabólico que assusta Bart..

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. NOGUEIRA, Marcos. "Vade-retro, Bozo!". Revista Superinteressante, março, 2008, p. 30.
Ícone de esboço Este artigo sobre fobias é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Wikcionário
O Wikcionário possui o verbete coulrofobia.