Crônicas da Inglaterra, Escócia e Irlanda

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde abril de 2011)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.

As Crônicas da Inglaterra, Escócia e Irlanda (em inglês: Chronicles of England, Scotland, and Ireland), também conhecidas como Crônicas de Holinshed (Holinshed's Chronicles) é uma crônica historiográfica sobre as Ilhas Britânicas publicada em finais do século XVI.

A origem da Crônica remonta ao editor Reyner Wolfe, que pretendia criar uma ambiciosa História Universal que nunca foi completada. Para a compilação da obra, Wolfe contava com alguns colaboradores, entre os quais figurava Raphael Holinshed (c. 1525-1570). Após a morte de Wolfe, ocorrida por volta de 1574, Holinshed assumiu a direção e reduziu a abrangência da crônica, concentrando-se na história das Ilhas Britânicas. Para a redação, contratou Richard Stanihurst (1547-1618) e William Harrison (1535-1593).

A obra foi finalmente publicada em 1577 e resultou ser um êxito editorial, atraindo elogios e críticas dos seus contemporâneos. Uma nova edição, muito ampliada, foi publicada em 1587, após a morte de Holinshed, sob a direção de Abraham Fleming (c. 1552-1602). Entre os assistentes de Fleming estavam novamente William Harrison, John Hooker (c. 1527-1601), John Stow (1524/5-1605) e Francis Thynne (c. 1545-1608).

As Crónicas foram um feito para a historiografia inglesa da época, e serviram de referência sobre a história britânica para muitos autores subsequentes. Shakespeare baseou-se na obra para suas peças teatrais históricas, como Henrique V, e para as tragédias Macbeth e Rei Lear.

Referências[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre literatura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.