Crack intro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Um Crack intro moderno do Razor 1911.
Um outro Crack intro do Razor 1911 no jogo Grand Theft Auto IV.

Um crack intro, também conhecido como crackintro, crack loader ou apenas intro, é uma pequena introdução adicionada por um software cracker, designado a informar o usuário qual grupo (Ou individuo) foi responsável quebra da Proteção anticópia.[1] O crack intro apareceu pela primeira vez nos Anos 80.[2]

A primeira aparição ocorreu no Apple II e depois no ZX Spectrum, Commodore 64 e Amstrad CPC e os jogos foram distribuídos ao redor do mundo via Bulletin Board Systems (BBSs) e por cópias de Disquetes.[3] Inicialmente as intros eram consideradas simples mensagens, mas elas cresceram progressivamente mais complexas já que eles se tornaram um meio de demonstrar a superioridade de um grupo Cracker.

Cracks intros tornaram-se mais sofisticadas em sistemas mais avançados, tais como o Macintosh II, Commodore Amiga, e Atari ST.[3]

Grupos de crackers usam as introduções não apenas para ganhar crédito por crackear o jogo, mas para anunciar seus BBSes, amigos, cumprimentar e ganhar reconhecimento. Mensagens foram frequentemente de um natureza vulgar, e em algumas ocasiões fizeram ameaças de violência contra as empresas de software ou membros de algum grupo cracker rival.

Referências

  1. Whitehead, Dan (2008-11-12). Linger in Shadows. Eurogamer. Página visitada em 2010-10-23. "Amateur coders busy cracking the copy-protection on the latest Commodore 64 and ZX Spectrum games got into the habit of marking their work with an animated intro - or "cracktro" - inserted before the game began."
  2. Green, Dave (July 1995). Demo or Die!. Wired. Página visitada em 2010-10-23.
  3. a b Reunanen, Markku. (2010-04-23). "Computer Demos – What Makes Them Tick?". Aalto University.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]