Crajiru

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaCrajiru
Crajiru (arrabidaea chica) by ananda giri.jpg

Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Lamiales
Família: Bignoniaceae
Género: Arrabidaea
Espécie: A. chica
Nome binomial
Arrabidaea chica
(Humb. & Bonpl.) B.Verl.

Crajiru (Arrabidea chica (H.B.K.) Verlot; Bignoniaceae) é uma planta medicinal arbustiva brasileira, que comumente encontrada na Floresta Amazônica.

Sinonímia: Chica, Cricket-vine, Puca panga, Pariri.

Utilizações[editar | editar código-fonte]

Seu chá tanto pode ser utilizado para higiene íntima, com lavagens, como também pode ser ingerido agindo como um antiinflamatório natural. O chá é preparado das verdes folhas do crajiru e transforma-se num chamativo líquido vermelho.

Algumas tribos preparam uma infusão das folhas, utilizando-a no tratamento contra conjuntivite aguda.

Também é um forte aliado no combate à anemia, por sua grande concentração de ferro.

Largamente utilizada contra as seguintes doenças: Adstrigente, Afecção da pele, Afrodisíaca, Albuminúria, Anemia, Antidisenterica, antiúlcera, bactericida, Catarro do intestino, Cólica intestinal, Conjuntivite, Diabetes, Diarréia, Diarréia de sangue, Emoliente, Espectorante, Ferida, Fortificante, Hemorragia, Icterícia, Inflamação, Inflamação no útero, Leucemia.

As folhas submetidas à fermentação e manipuladas com a anileira fornecem um corante vermelho-escuro. Esse corante, há tempos, é utilizado pelos índios para pintura de seus corpos e utensílios.

José de Alencar, em seu famoso romance Iracema, já citava a planta como meio para se obter o corante vermelho-escuro: "Ao romper d'alva, Poti partiu para colher as sementes de crajuru que dão a bela tinta vermelha, e a casca do angico de onde se extrai a cor negra mais lustrosa."

Ícone de esboço Este artigo sobre a ordem Lamiales, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.