Cray T3E

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
T3E-600

O Cray T3E foi a segunda geração de arquitetura de supercomputadores massivamente paralela da Cray Research, lançada em 1995. Assim como o anterior, Cray T3D, ela era máquina com memória completamente distribuída usando uma rede de interconexão com topologia de toro. O T3E usava inicialmente o microprocessador DEC Alpha 21164 (EV5) e foi redesenvolvido para abrigar de 8 a 2176 elementos de processamento. Cada elemento de processamento tinha entre 64 MB e 2 GB de DRAM e um roteador interconectado de seis vias com uma banda de rede de 480 MB/s em cada direção. Diferente de outros sistema de massivo paralelismo, incluindo o T3D, o T3E era autônomo e executava o sistema operacional distribuído UNICOS/mk com um subsistema de E/S GigaRing integrado ao toro para a rede, disco e uma fita de E/S.

O T3E original (conhecido como T3E-600) tinha um clock de 300 MHz. Variantes posteriores, usando o processador 21164A (EV56), incluiram o T3E-900 (450 MHz), T3E-1200 (600 MHz), T3E-1200E e o T3E-1350 (675 MHz). O T3E era disponível tanto com refrigeração a ar ou a líquido. Sistemas com refrigeração a ar tinham entre 16 e 128 elementos de processamento, enquanto os sistema com refrigeração a líquido tinham entre 64 e 2048.

Um processador T3E-1200 foi o primeiro supercomputador a atingir o desempenho acima de 1 teraflops executando uma aplicação de ciência computacional, em 1998[1] .

Referências

  1. Jon Bashor (9 de novembro de 1998). Researchers Achieve One Teraflop Performance With Supercomputer Simulation Of Magnetism (em inglês). Lawrence Berkley National Laboratory. Página visitada em 22 de junho de 2008.