Cri-crió

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde setembro de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Como ler uma caixa taxonómicaCapitão-do-mato
Lipaugus vociferans 1845.jpg

Estado de conservação
Status iucn3.1 LC pt.svg
Pouco preocupante (IUCN 3.1)
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Passeriformes
Família: Cotingidae
Género: Lipaugus
Espécie: L. vociferans
Nome binomial
Lipaugus vociferans
(Wied, 1820)
Sinónimos
Capitão-do-mato, João-do-mato

O capitão-do-mato (Lipaugus vociferans), cri-crió ou joão-do-mato é uma ave da família Cotingidae que ocorre na Bolívia, Brasil, Colômbia, Equador, Guiana Francesa, Guiana, Peru, Suriname e Venezuela.

Era considerado um delator dos escravos fugitivos que se embrenhavam nas florestas, pois denuncia a presença de estranhos com seu canto agudo e estridente, demarcando um território cujo raio pode chegar a até 1500 m. Os capitães do mato, na busca por escravos fugitivos, caminhavam em silêncio pelas trilhas, procurando pelo canto da ave para se orientarem.

Vivem em clãs entre 12 e 18 indivíduos e ocupam um território entre 2 ha a 4 ha. Cada macho dominante tem entre 2 e 3 fêmeas porém só acasala com uma. As outras são protegidas por ele e caso nasça um macho dominante em seu clã, ele lhe oferece uma destas fêmeas, evitando a saída de um dos integrantes do clã.

Os seus habitats naturais são: florestas subtropicais ou tropicais úmidas de baixa altitude, sendo endêmico das regiões florestais sul-americanas.