Crimes do Coração

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Crimes of the Heart
Crimes do coração (PT/BR)
 Estados Unidos
1986 • cor • 105 min 
Direção Bruce Beresford
Roteiro Beth Henley
Elenco Sissy Spacek
Diane Keaton
Jessica Lange
Sam Shepard
Tess Harper
Género comédia dramática
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

Crimes do coração (Crimes of the Heart, no original) é um filme estadunidense de 1986, do gênero comédia dramática, dirigido por Bruce Beresford.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Três irmãs que levam a vida de forma bem diferente se reencontram quando a caçula atira em seu marido. O encontro causa muitas alegrias, mas também muitas tensões.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Sissy Spacek .... Rebeca Magrath Botrelle
  • Diane Keaton .... Lennora Josephine Magrath
  • Jessica Lange .... Margaret Magrath
  • Sam Shepard .... Doc Porter
  • Tess Harper .... Chick Boyle
  • David Carpenter .... Barnette Lloyd
  • Beeson Carroll .... Zackery Botrelle
  • Jean Willard .... Lucille Botrelle
  • Tom Mason .... tio Watson
  • Annie McKnight .... Annie May Jenkins
  • Gregory Eugene Travis .... Willie Jay
  • Hurd Hatfield .... avô
Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o


Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Oscar 1987 (EUA)

  • Recebeu três indicações nas categorias de Melhor Atriz (Sissy Spacek), Melhor Atriz Coadjuvante (Tess Harper) e Melhor Roteiro Adaptado.

Globo de Ouro 1987 (EUA)

  • Ganhou na categoria de Melhor Atriz - Comédia / Musical (Sissy Spacek).
  • Indicado na categoria de Melhor Filme - Comédia / Musical.

NYFCC Award 1986 (New York Film Critics Circle Awards, EUA)

  • Ganhou na categoria Melhor Atriz (Sissy Spacek)

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Jessica Lange estava grávida durante as filmagens.
  • Este foi o terceiro de quatro filmes em que os atores Sam Shepard e Jessica Lange (marido e mulher na vida real) atuaram juntos; os demais foram Frances (1982), Minha terra, minha vida (1984) e Estrela solitária (2005).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]