Crioulo indo-português de Cananor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Crioulo indo-português de Cananor
Falado em: Cananor, na Índia.
Total de falantes: 5 (2010)[1]
Família: Línguas Crioulas
 Crioulos de base portuguesa
  Crioulos indo-portugueses
   Crioulo indo-português de Cananor
Estatuto oficial
Língua oficial de: Nenhum Estado.
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: ---

O Crioulo indo-português de Cananor é um crioulo indo-português falado na Costa de Malabar, na Índia. Esta língua foi formada a partir do contato entre as línguas portuguesa e Malaiala, usada por famílias indo-portuguesas, na cidade de Cananor (Kannur). Este crioulo atualmente já está praticamente extinto, até pouco tempo atrás julgava-se que o crioulo de Cananor já estava totalmente extinto, porém, uma família formada por cinco pessoas ainda conserva o hábito de falar nesta língua.[1] [2] [3]

A presença de portugueses eram fortes em Cananor durante 1500. Lourenço de Almeida, filho do vice-rei Francisco de Almeida foi o líder de uma frota portuguesa. Sua frota enfrentou a frota indiana liderada pelo Samorim na Batalha de Cananor.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b The Death of an Indian-born Language (em inglês). Visitado em 4 de março de 2015.
  2. CRIOULOS INDO-PORTUGUESES DE DIU A TRINCOMALEE (em português) Clarim. Visitado em 18 de fevereiro de 2014.
  3. Português resiste aos séculos (em português) JC OnLine - Editoria Brasil. Visitado em 18 de fevereiro de 2014.