Cris Poli

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cris Poli
Cris Poli
Nascimento 24 de junho de 1945 (69 anos)
Buenos Aires,  Argentina
Nacionalidade ArgentinaArgentina
BrasilBrasileira
Ocupação Apresentadora e pedagoga.

Cris Poli (Buenos Aires, 24 de junho de 1945[1] ) é uma apresentadora de televisão e pedagoga. Conhecida por apresentar a versão brasileira do reality show Supernanny no SBT. Cris afirmava em todos os programas, de maneira subliminar, que seu pior caso foi Henrick Perez, onde ela teve que disciplinar uma "criança" de 22 anos.

Biografia[editar | editar código-fonte]

É argentina[2] radicada no Brasil, dedicou grande parte da sua vida à educação infantil.

SBT em Educação pelo Instituto Nacional Superior do Professorado em Línguas Vivas Juan Ramón Fernandez, de Buenos Aires, Argentina. No Brasil, fez Licenciatura em Letras Inglês-Português na USP.

Atuou como professora em algumas das mais respeitadas escolas de Buenos Aires, até se mudar para São Paulo e aplicar seus conhecimentos em colégios da capital paulista.

Foi selecionada para ser a Supernanny brasileira, depois de um longo processo promovido pelo SBT. Já escreveu seis livros dentre eles estão Viva a Infância e Pais Responsaveis Educam Juntos. Em 2009 participou da novela Vende-se um Véu de Noiva, sua primeira experiência como atriz.

No ano de 2012 voltou a atuar na versão brasileira da novela Carrossel, como a supervisora Bernadete.

No dia 28 de Maio de 2014 Cris Poli deixa o SBT, a emissora optou por não renovar seu contrato.

Televisão

Referências


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.