Cristianismo Puro e Simples

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mere Christianity
Cristianismo Puro e Simples (BR)
Autor (es) C. S. Lewis
Idioma Inglês
País Reino Unido
Assunto Apologética Cristã
Edição portuguesa
Edição brasileira
Tradução Álvaro Oppermann e Marcelo Brandão Cipolia (2005)
Editora Martins Fontes
ISBN 9788578271725

Cristianismo Puro e Simples é um livro de C. S. Lewis, adaptado de uma série de conversas de rádio levadas ao ar pela BBC entre 1941 e 1944, quando Lewis estava em Oxford, durante a II Guerra Mundial. Considerado um clássico da apológética cristã, as transcrições foram originalmente publicadas como panfletos separados: Broadcast Talks (1942), Christian Behaviour (1943), and Beyond Personality (1944)[1] . Lewis havia sido convidado pelo reverendo James Welch, diretor de assuntos de religião da BBC, que havia lido O Problema do Mal, livro de C. S. Lewis de 1940.

Em uma votação realizada em 2006 pela revista Christianity Today foi considerado um dos 50 livros mais influentes do pensamento evangélico no pós-II Guerra.[2]

Algumas passagens do livro se tornaram argumentos populares e frequentemente citados a favor da existência de Deus. Por exemplo, C. S. Lewis defende que a noção humana instintiva de moralidade e ética sugere a existência de uma entidade externa que nos transmite esses conceitos.

Referências

  1. [Prefácio da edição brasileira de 2005]
  2. The Top 50 Books That Have Shaped Evangelicals Christianity Today, 06/10/2006, visitado em 24 de agosto de 2010

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.