Cristianismo e antissemitismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Antissemitismo
Judenstern

Antissemitismo e Antijudaísmo
História  · Linha do tempo  · Bibliografia

Manifestações de antissemitismo
Movimentos de antiglobalização  · Árabes  · Cristianismo  · Islamismo  · Nation of Islam e antissemitismo  · Novo antissemitismo  · Antissemitismo racial  · Antissemitismo religioso  · Antissemitismo secundário  · antissemitismonas universidades  · Antissemitismo ao redor do mundo

Alegações
Deicídio · Libelos de sangue · Assassinatos rituais
Envenenamento de poços · Dessacramento de hóstias
Lobby judaico · Bolchevismo judaico · Imposto kosher
Caso Dreyfus
Governo de Ocupação Sionista
Negação do Holocausto

Publicações antissemitas
Sobre os judeus e suas mentiras Os Protocolos dos Sábios de Sião
O Judeu Internacional
Mein Kampf
A Cultura da Crítica

Perseguições
Expulsões · Guetos · Pogroms
Chapéu judeu · Judensau
Estrela amarela · Inquisição Espanhola
Segregação · Holocausto
Nazismo · Neonazismo

Oposição ao antissemitismo
Anti-Defamation League
Community Security Trust
Agência dos Direitos Fundamentais da União Europeia  · Instituto Stephen Roth
Wiener Library · SPLC · SWC
UCSJ · SKMA · Yad Vashem

Categorias
Antissemitismo · História judaica

O cristianismo teve uma relação turbulenta com o judaísmo que por vezes envolvia antissemitismo. Apesar dos primeiros Cristãos serem Judeus,[1] atitudes antijudaicas começaram a desenvolver-se antes do fim do primeiro século. Atitudes antissemitas desenvolveram-se desde os primeiros anos do Cristianismo e persistiram durante séculos, guiados por vários factores incluindo diferenças teológicas, a evangelização cristã.[2] , entre outros.

Estas atitudes persistiram nos sermões, na arte cristã e nos ensinamentos populares de desprezo pelos judeus durante séculos. Em muitos países cristãos, isso levou a discriminação política e civil contra judeus, restrições legais, e por vezes a ataques físicos a judeus que em alguns casos levaram a emigração, expulsão, e mesmo com mortes.

O antissemitismo tem sido descrito primariamente como ódio contra judeus como etnia com a sua expressão moderna enraizada nas teorias raciais do século XIX, enquanto que antijudaísmo é descrito como hostilidade à religião judaica.[3]

Referências

  1. Overview of early Christian history (30 to 300 CE). Página visitada em 2010-06-14.
  2. Nancy Calvert Koyzis. Paul, monotheism and the people of God : the significance of Abraham traditions for early Judaism and Christianity. [S.l.]: Continuum International Publishing Group, 2004. ISBN 0567083780
  3. "After the evil: Christianity and Judaism in the shadow of the Holocaust", Richard Harries, p. 16, Oxford University Press, 2003