Critério do embaraço

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O critério do embaraço é um critério de avaliação da autenticidade de relatos históricos, pelo qual se presume que afirmações que sejam embaraçosas para o autor do relato sejam verdadeiras, uma vez que o autor não teria qualquer motivo para inventar um relato embaraçoso sobre si próprio. Alguns académicos bíblicos têm usado este critério para determinar se os relatos sobre Jesus presentes no Novo Testamento são ou não prováveis em termos históricos.[1]

Referências

  1. Murphy, Catherine M.. The Historical Jesus For Dummies. [S.l.]: For Dummies Pub, 2007. p. 14. ISBN 978-0470167854