Crooked House

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Crooked House
A casa torta
A Última Razão do Crime (PT)
A Casa Torta (BR)
Autor (es) Agatha Christie
Idioma inglês
País Estados Unidos
Género romance policial
Editora Dodd, Mead and Company
Lançamento março de 1949
Páginas 211 (1ª edição, capa dura)
Cronologia
Último
Último
The Rose and the Yew Tree
Three Blind Mice and Other Stories
Próximo
Próximo

Crooked House (A casa torta, no Brasil[1] / A última razão do crime, em Portugal) é um romance policial de Agatha Christie, publicado em 1949. Segundo a própria autora, este é um de seus dois trabalhos favoritos; o outro é Ordeal by Innocence, publicado em 1957.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Aristides Leonides é um octogenário grego riquíssimo imigrado na Inglaterra. Construiu a “casa torta” para habitar com toda a família: sua esposa, cinquenta anos mais jovem; dois filhos; duas noras; três netos; e uma cunhada, irmã da sua primeira esposa.

A casa era assim chamada não só pela sua particular arquitetura, como também pelas caraterísticas negativas dos seus habitantes. A neta mais velha, Sophia, é namorada do filho do inspetor chefe da Scotland Yard e, quando o avô é assassinado com uma injeção letal de um veneno de efeito quase instantâneo, o casal se empenha em investigar para descobrir o culpado. O principal suspeito, naturalmente, é a jovem viúva. Todo mistério ronda aquela casa, todos são suspeitos mas apenas um é o criminoso.Nem tudo o que parece é, as aparências enganam. E no final das contas, a identidade do assassino é surpreendente.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.