Cruel, Cruel Love

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde fevereiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Cruel, Cruel Love
Charlot Marquês (PT)
Carlitos Marquês (BR)
CC Cruel Cruel Love 1914.JPG
 Estados Unidos
1914 • p&b • 16 min 
Direção George Nichols
Mack Sennett
Roteiro Craig Hutchinson
Elenco Charles Chaplin
Edgar Kennedy
Minta Durfee
Género comédia
Idioma mudo
Página no IMDb (em inglês)
Cruel, Cruel Love

Cruel, Cruel Love (br: Carlitos marquês / pt: Charlot marquês) é um filme mudo de curta-metragem estadunidense de 1914, do gênero comédia, produzido por Mack Sennett para os Estúdios Keystone, dirigido por George Nichols e Mack Sennett, e com Charles Chaplin no elenco.

Cruel, Cruel Love foi considerado como perdido durante 50 anos, até ser descoberta uma cópia completa e em bom estado do filme na América do Sul. Então, o filme passou a ser copiado, e seu formato original disponível para venda.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Chaplin interpreta um personagem muito diferente do Vagabundo neste filme. É um personagem rico, da classe-alta, cujo romance fica comprometido quando sua namorada o vigia, desconfiada dele ter um romance com uma empregada, quando o vê abraçando-a.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]