Cry Me a River

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Cry Me a River"
Single de Julie London, Ella Fitzgerald e outros
Lançamento 1953
Gravação 1955 (por Julie London)
1961 (por Ella Fitzgerald)
Gênero(s) Jazz e Blues
Composição Arthur Hamilton

"Cry Me a River" é uma canção popular americana, escrita por Arthur Hamilton e lançada em 1953.

Uma balada jazzy blues, "Cry Me a River" foi originalmente escrita para Ella Fitzgerald cantar no filme cujo cenário era a década de 1920, Pete Kelly's Blues, que estreou em 1955, mas a canção foi cortada da produção. Então, Fitzgerald gravou a composição e a lançou em Clap Hands, Here Comes Charlie!, em 1961.

A primeira e mais famosa gravação da música foi feita pela cantora e atriz Julie London, em 1955. A atuação sedutora de London no filme The Girl Can't Help It, de 1956, tornou-o um blockbuster, com milhões de vendas (#9 US/#22 UK).

Em 1970, o cantor de blues e rock britânico Joe Cocker gravou uma interpretação da música em hard rock, no álbum Mad Dogs and Englishmen. Em 1982 a banda de hard rock Aerosmith lançou uma versão da música Cry Me a River, no seu álbum Rock in a Hard Place. Em 1995, a atriz britânica Denise Welch passou três semanas no UK Singles Chart, alcançando o 23º lugar, com sua versão de "You Don't Have to Say You Love Me"/"Cry Me a River". No ano de 2009, o cantor canadense Michael Bublé, entrou para as paradas com uma versão jazz big band, a qual está na abertura do seu quarto álbum, Crazy Love. Essa versão da música foi utilizada pela BBC como tema da abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2010, em Vancouver.

Também foi gravada uma versão da canção pelo projeto Pride & Glory de Zakk Wylde.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um single é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.