Cubo Cósmico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Cubo Cósmico é o nome de um objeto fictício com essa forma (depois apareceriam outros similares, de diversas geometrias), surgido nos quadrinhos da Marvel Comics. O objeto possui a capacidade de transformar qualquer desejo em realidade, independente das consequências. Criado por Stan Lee e Jack Kirby na revista Tales of Suspense # 79, julho de 1966.

História da publicação[editar | editar código-fonte]

O primeiro Leitão Cósmico a aparecer foi criado pela sociedade secreta para-militar denominada I.M.A - Ideias Mecânicas Avançadas (do original A.I.M - Advanced Idea Mechanics), com o objetivo de dominar o mundo. O objeto se mostrou muito poderoso tornando MODOK - outra criação da IMA em uma criatura louca. O Caveira Vermelha, o vilão nazista, se apossou do Cubo Cósmico e se tornou super-poderoso, mas sua arrogância e excesso de confiança o fizeram ser derrotado pelo Capitão América, perdendo o Cubo. [1] Mais tarde o vilão recupera o objeto e troca de corpo com o Capitão América. Novamente derrotado pelo heroi, que aparentemente dissolve o cubo usando um material da I.M.A.[2]

O próximo a recuperar o Cubo foi o vilão alienígena Thanos, de Titã [3] . De posse do artefato, Thanos deseja controlar o universo (o que atrai a atenção amorosa da entidade conhecida como Senhora Morte). Combatido pelos Vingadores e pelo original Capitão Marvel, Mar-Vell, Thanos se torna supremo ao conseguir que o cubo funda a sua essência em todas as coisas do Universo. Achando que o Cubo esgotara sua energia depois de atender seu pedido, Thanos o descarta, o que foi seu erro. Mar-Vell percebe que o Cubo continua a emitir energia e o destrói, fazendo com que o Universo volte ao normal. [4]

Um segundo Cubo é criado pelos cientistas do Caveira Vermelha, mas é roubado por uma equipe de agentes da S.H.I.E.L.D antes que possa ser utilizado. [5] Levado para as instalações do Projeto Pégasus, o Cubo acaba por ser roubado pelo vilão e líder de culto Victorius, que o usa para criar Jude, o Homem Entrópico. Ambos são neutralizados pela intervenção do Homem-Coisa. O Cubo volta para o Pégasus trazido pelo Capitão América e pelo Coisa.[6] onde ele transforma o alienígena Wundarr (aparência de adolescente com mentalidade infantil) em Aquarian.[7]

O Coisa se alia a vários amigos super-herois: Doutor Estranho, Feiticeira Escarlate, Homem-Aranha e Quasar contra o deus Set e a Coroa das Serpentes.[8] Durante a batalha para impedir que a I.M.A volte a usar o Cubo, o Capitão América testemunha a metamorfose do Cubo na entidade chamada de Kubik, um estudante do Figurador (no original Shaper of Worlds) - na verdade um Cubo maior criado pelos alienígenas Skrulls.[9]

Kubik retorna à Terra atraído por uma anomalia gerada por uma fração do seu poder - revelada como o robô Super-Adaptóide. O Adaptóide usa a habilidade de Kubik de gerar cópias e tenta criar uma raça à sua própria imagem, banindo o alienígena. Ele é impedido pelo Capitão América. Kubik retorna e remove o fragmento do Cubo Cósmico original que dava ao robô seus poderes.[10]

Kubik também batalha com a entidade renegada Beyonder (originalmente surgida na série Guerras Secretas, maio de 1984 - abril de 1985, & Guerras Secretas II, julho de 1985 - março de 1986, com sua origem e propósitos revelados nessa história), e é contado que o vilão Homem Molecular [11] e Beyonder são na verdade partes de um Cubo incompleto. Eles são convencidos a se unirem e formam uma nova entidade chamada Kosmos, que se transforma em pupilo de Kubik.[12]

Magus - a versão maligna de Adam Warlock - adquire cinco Cubos Cósmicos de universos vizinhos, com a aparência de várias formas geométricas. Magus manipula os Cubos, o que lhe causa dano cerebral permanente. Ele faz com que os Cubos criem cópias (doppleganger) de quase todos os heróis do universo, mas fracassa quando consegue a Manopla do Infinito, com uma das gemas chaves revelando-se falsa.[13]

Depois da derrota de Magus, a versão de Warlock conhecida como Deusa aparece e deseja expurgar todo o mal do universo. Para isso ela coleta 30 unidades com cada uma com o poder do Cubo Cósmico e os funde num Ovo Cósmico. A Deusa é derrotada por Warlock e Thanos.[14]

Outro Cubo apareceu no século XXXI: Capitão América e o Caveira Vermelha lutam contra a entidade cósmica Korvac.[15]

Um jovem chamado Curtis Doyle se transforma no heroi Freedom Ring quando ele encontra um fragmento do Cubo original na forma de um anel. Ele fica com o poder de alterar a realidade em uma área limitada. Ele morre em uma batalha ao salvar o Capitão América, o Homem-Aranha, a Mulher-Aranha e Wolverine do vilão Iron Maniac.[16]

Chaos Engine[editar | editar código-fonte]

De autoria de Steven A. Roman, Chaos Engine é uma série de novelas, com o Cubo Cósmico passando nas mãos de três super-vilões: Doutor Destino, Magneto e Caveira Vermelha, que os usa para criarem seus próprios universos, que seriam os "mundos perfeitos" de cada um.[17]

JLA/Avengers[editar | editar código-fonte]

Um Cubo Cósmico foi um dos 12 itens de poder usados pelos Vingadores e Liga da Justiça em um jogo criado pela entidade Krona e o Grão-Mestre, num crossover da DC Comics e Marvel.[18]

Outras versões[editar | editar código-fonte]

Ultimate[editar | editar código-fonte]

Na versão Ultimate o Senhor Fantástico constroi o "Cubo do Poder" atendendo a uma sugestão inconsciente dada por Thanos. [19]

Cinema[editar | editar código-fonte]

O Cubo Cósmico aparece nos filmes da Marvel Studios, onde é referido como "Tesseract" ou "Cubo". Em Homem de Ferro 2 aparece rabiscado nas notas do pai do Homem de Ferro, em Thor surge na cena pós-créditos, e é parte crucial da trama de Capitão América: O Primeiro Vingador (usado para criar armas energéticas pelo Caveira Vermelha) , em Os Vingadores (usado para criar um portal cósmico por Loki, abrindo espaço para a invasão dos Chitauri) e a aparição no Guardiões da Galáxia, sendo apresentado pelo Colecionador.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Tales of Suspense #79 - 81 (julho-setembro de 1966)
  2. Captain America #115 - 120 (julho-dezembro de 1969)
  3. Thanos é visto procurando pelo Cubo na revista Daredevil #107 (janeiro de 1974) e o acha em Captain Marvel #28 (setembro de 1973)
  4. Captain Marvel #25 - 33 (bi-mensal: março 1972 - julho de 1974)
  5. Super-Villain Team-Up #16-17 (maio de 1979 & junho de 1980)
  6. Marvel Two-In-One #42-43 (agosto-setembro de 1978)
  7. Marvel Two-In-One #57-58 (dezembro de 1979 - janeiro de 1980)
  8. Marvel Team-Up Annual #5 (1982)
  9. Captain America Annual #7 (1983)
  10. Avengers #289 - 290 (março-abril de 1988)
  11. primeira aventura em Fantastic Four #20 (novembro de 1963)
  12. Fantastic Four #319 (Oct. 1988)
  13. Infinity War #1 - 6 (June - Nov. 1992)
  14. Infinity Crusade #1 - 6 (June - Nov. 1993)
  15. Captain America vol. 3, #18 (junho de 1998)
  16. Marvel Team-Up vol. 3, #20 - 24 (julho-novembro de 2006)
  17. X-Men: The Chaos Engine Trilogy de Steven A. Roman, ISBN 0743497740
  18. JLA/Avengers #1 - 4 (setembro de 2003 - abril de 2004 - bimestral)
  19. Ultimate Fantastic FourUltimate Fantastic Four 50 (janeiro de 2008)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]