Cuil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cuil
Logotipo da Empresa
Tipo Privada
Indústria Internet
Fundação 28 de Julho de 2008
Locais EUA
Página oficial www.cuil.com

Cuil (nome de origem irlandesa que quer dizer "conhecimento", pronuncia-se kul, igual a palavra inglesa "cool" que significa legal) foi um sistema de busca que foi lançado em 28 de julho de 2008.[1] [2] Os desenvolvedores do Cuil planejavam que seu sistema superasse os já existentes com resultados mais compreensíveis e relevantes. Para se diferenciar de seus concorrentes, o Cuil organizava as páginas web pelo seu conteúdo e exibia os resultados das buscas através de pequenas imagens. A emprêsa dizia ter em cache um index de página muito maior que quaisquer outros sistemas de busca da internet, como o Google, com cerca de 120 bilhões de páginas web. O Cuil foi criado, e era administrado, por antigos empregados da Google[3] Para monta-lo, a companhia arrecadara cerca de 33 milhões de dólares de Capital de risco através da Greylock e outros.[4] .

Assim como outros sistemas de busca,[5] por sua política de privacidade, o Cuil não pretendia gravar a atividade de busca dos usuários ou endereços de IP anonimos.[6]

Os fundadores do Cuil foram Anna Patterson, Russel Power e Louis Monier (antigos empregados da Google) e Tos Castello, que trabalhou para IBM e outros.[7]

Fechamento[editar | editar código-fonte]

A PC Magazine relatou que na manhã de 17 de Setembro de 2010 "os empregados foram avisados do fim do Cuil [...] e os servidores foram desligados cinco horas depois."[8] Os empregados despedidos foram avisados que não seriam pagos.

O desligamento foi dito como vindo após um acordo de aquisição no começo da semana.[9]

Críticas[editar | editar código-fonte]

O lançamento de Cuil foi largamente noticiado pela mídia em todo mundo, porém teve muitas críticas negativas.[10] Os problemas reportados eram desde a lentidão nas respostas do servidor até resultados de buscas irrelevantes.[11] [12] Uma companhia de comédia satirizara o Site, dizendo que o Cuil é o único sistema de busca que responde à grande demanda de uso na estréia não com uma queda no sistema, mas com resultados incompletos e algumas vezes irrelevantes[10] .

Referências

  1. Liedtke, Michael, Ex-engenheiros do Google criam o 'Cuil', Associated Press, 28 de Julho de 2008, visto em 28 de Jullho de 2008
  2. http://biz.yahoo.com/ap/080728/google_challenger.html
  3. Antigos empregados da Google preparam um novo sistema de busca rival - NYTimes.com nytimes.com. Visitado em 28-07-2008.
  4. Crunchbase: Cuil Profile
  5. Liedtke, Michael. "Ask.com will purge search info in hours", Journal Gazette, Fort Wayne Newspapers, 11 de dezembro de 2007. Página visitada em 11-12-2007.
  6. http://www.cuil.com/info/privacy/
  7. news.bbc.co.uk, Search site aims to rival Google
  8. Murphy, David, From Cuil to Frozen: The "Google-Killer" Eats Its Own Medicine, pcmag.com, 18 September 2010, retrieved 20 September 2010
  9. Arrington, Michael, Cuil Fails to Be Acquired, techcrunch.com, 20 September 2010, retrieved 20 September 2010
  10. a b Needleman, Rafe. "Cuil nos mostra como NÂO lançar um sistemas de busca", CNET news, CNET, 28 de julho de 2008. Página visitada em 28 de julho de 2008.
  11. Hamilton, Anita. "Porque o Cuil não é uma ameça para o Google", Time.com, Time Magazine Online, 28 de julho de 2008. Página visitada em 28 de julho de 2008.
  12. Burdick, Dave. "Cuil Review: Sério? Não é uma brincadeira? Esse sistema de busca é estúpido", huffingtonpost.com, Huffington Post, 28 de julho de 2008. Página visitada em 28 de julho de 2008.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]