Cultura balcânico-danubiana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A cultura balcânico-danubiana[1] [2] foi uma cultura material da Alta Idade Média que emergiu na região do baixo Danúbio no século VIII e cujo desenvolvimento seguiu até o século XI. Na Romênia é chamada de cultura Dridu[1] [2] e na Bulgária, cultura Pliska-Preslav[3] .

Ela está melhor representada no região norte da moderna Bulgária e sua dispersão ao norte do Danúbio foi causada provavelmente pela temporária expansão do Primeiro Império Búlgaro sobre a região[4] . A cultura balcânico-danubiana é descrita como sendo uma versão inicial da cultura eslavo-búlgara[5] , mas com alguns componentes valáquios, todos sob forte influência bizantina[6] .

Referências

  1. a b Opreanu 2005, p. 127.
  2. a b Spinei 2009, p. 87.
  3. Плиска-Преслав: Прабългарската култура, Том 2, Българска академия на науките Археологически институт и музей, 1981.
  4. Istoria României, Compendiu, Bucharest, 1969, p. 106.
  5. Ethnic Continuity in the Carpatho-Danubian Area, Issue 249 of East European Monographs, ISSN 0070-810, Elemér Illyés, 1988, ISBN 0880331461, p. 176.
  6. The Dridu Culture and the changing position of Romania among the Communist states, "Archaeologia Bulgarica", 11, 2007, 2, p. 55.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]