Cultura da Guiné Equatorial

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde julho de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

A cultura da Guiné Equatorial está enraizada nas tradições dos povos que compõem este país. No entanto, a ilha Bioko, onde se encontra a capital, foi amplamente influenciada pelos costumes e tradições espanhois durante o período colonial.[1]

Tradições[editar | editar código-fonte]

Religião, raça, e língua[editar | editar código-fonte]

A maioria das pessoas no país são nominalmente cristãs, enquanto predominantemente praticam uma combinação de catolicismo e animismo.

O espanhol e o francês são as línguas oficiais do país enquanto o pidgin do inglês, o Fang, Bubi, Ibo, e Gumu também são comuns.

Música[editar | editar código-fonte]


Referências

  1. {{subst:citação|título=Uma Introdução para a Literatura da Guiné Equatorial|autor= Marvin Lewis||ano=2007|publicação=University of Missouri Press ISBN 0826217133}}


Flag-map of Equatorial Guinea.svg Guiné Equatorial
História • Política • Subdivisões • Geografia • Economia • Demografia • Cultura • Turismo • Portal • Imagens


Ícone de esboço Este artigo sobre Cultura é um esboço relacionado ao Projeto Cultura. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.