Cultura da Tailândia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wiki letter w.svg
Por favor, melhore este artigo ou secção, expandindo-o(a). Mais informações podem ser encontradas na página de discussão. Considere também a possibilidade de traduzir o texto das interwikis.
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde julho de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Estátua na posição do gesto Wai

A cultura da Tailândia incorpora credos culturais e características indígenas da área conhecida na atualidade como Tailândia, assim como regiões da Índia, China e Camboja, junto com culturas pré-históricas próximas do sudeste asiático. É influenciada principalmente pelo Animismo, Hinduísmo e Budismo.

A língua oficial é o tailândes, membro do grupo linguístico Tai da Língua Kradai. Tem uma linguagem tonal com uma complexa ortografia e marcadores relacionais.[carece de fontes?]. A língua é mutuamente inteligível com a língua Laociana.[1] O país têm várias outras minorias de línguas e dialetos sendo a maior de todas o dialeto lao.

A religião oficial é o budismo teravada que de acordo com o censo de 2000, consistia de 94,6% do total da população. O segundo maior grupo religioso é o islamismo com 4,6% da população. Outros grupos religiosos incluem católicos, judeus e hindus.[2] [3] A lei prevê a liberdade de religião e embora novos grupos religiosos não tenham sidos registrados a partir dos já estabelecidos há liberdade para a prática religiosa não registrada e de grupos missionários. Não existem relatos de abusos ou discriminações baseadas no credo religioso embora existam conflitos na região sul entre budistas e muçulmanos. [4]

A etiqueta local indica que é considerado rude tocar a cabeça de uma pessoa ou apontar uma pessoa ou a imagem de buda. Demonstrar muita emoção em público é considerado impróprio.[5] Um dos gestos mais tradicionais é o Wai, empregado tanto para cumprimentar quanto para se despedir de uma pessoa.[6] O arroz é o principal ingrediente da culinária embora seja de consistência diferentes no sul e norte. Temperos também possuem variação por região. Peixes e moluscos também são comuns e doces são consumidos como aperitivos.[5]

Os principais feriados são associados as religiões. Outras datas seculares incluem 6 de abril que comemora a fundação da Dinastia Chakri, a data de falecimento do Rei Chulalongkorn (23 de outubro), e os aniversário da atual rainha Sirikit da Tailândia (12 de agosto) e do rei Bhumibol Adulyadej (5 de dezembro).[5]

Referências

  1. Ausbau and Abstand languages. Ccat.sas.upenn.edu (1995-01-20). Página visitada em 2012-07-08.
  2. CIA World Factbook Thailand, CIA World Factbook.
  3. U.S. Department of States – Thailand. State.gov. Página visitada em 25 April 2010.
  4. United States Bureau of Democracy, Human Rights and Labor. Thailand: International Religious Freedom Report 2007. This article incorporates text from this source, which is in the public domain.
  5. a b c Culture of Thailand (em inglês). Página visitada em 18/07/2012.
  6. Phya Anuman Rajadhon, Thai traditional salutation, Thai culture Series no. 14, The Fine Arts Department, Bangkok, Thailand, 1963
Bandeira da Tailândia Tailândia
Bandeira • Brasão • Hino • Cinema • Culinária • Cultura • Demografia • Economia • Forças Armadas • Geografia • História • Portal • Política • Subdivisões • Imagens