Cunegunda de Luxemburgo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Representação de Cunegundes do Luxemburgo, Sacro Imperatriz.

Santa Cunegunda de Luxemburgo (975 - Kaufungen, 3 de Março de 1040), foi a esposa do Imperador São Henrique II e santa católica. Ela é a Padroeira do Luxemburgo, e a sua festa litúrgica é no dia 3 de Março.[1] [2] [3]

Os seus pais eram Siegfried do Luxemburgo (922 - 15 de Agosto 998) e Edviges de Nordgau (c. 935-992). Ela era uma descendente de sétima geração de Carlos Magno. O seu casamento com St. Henrique II foi espiritual, isto é, eles casaram-se com companheirismo religioso e pelo mútuo acordo de não consumarem o seu relacionamento.

Cunegundes era muito activa politicamente. Conforme o assessor mais próximo do seu esposo, ela participou nos Conselhos Imperiais.

Em 1014, Santa Cunegunda foi com o esposo para Roma e tornou-se Imperatriz, recebendo, juntamente com Santo Henrique, a Coroa Imperial das mãos do Papa Bento VIII.

Após a morte de St. Henrique em 1024, ela tornou-se regente, juntamente com o seu irmão e entregou a insígnia imperial, quando Conrado II foi eleito para suceder.

Em 1025, exactamente um ano após a morte do esposo, Santa Cunegunda retirou-se para Kaufungen Abadia, num convento beneditino, onde cortou o cabelo, vestiu hábito pobre após ter doado todos os seus bens.

Faleceu em 1040, e foi sepultada na Catedral de Bamberg, perto de seu esposo. Ela foi canonizada pelo Papa Inocêncio III a 29 de Março de 1200.


Referências

  1. Catholic-forum.com
  2. Catholic.com
  3. Farmer, David Hugh. The Oxford dictionary of saints. 4. ed. ed. Oxford [u.a.]: Oxford Univ. Press, 1997. 119 p. ISBN 0-19-280058-2
Precedido por:
{{{antes}}}
{{{titulo}}} Sucedido por:
{{{depois}}}
{{{titulo}}}


Precedido por
Gisela da Borgonha
Duquesa consorte da Baviera
998 – 1005
Sucedido por
Gunhilda da Dinamarca
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Cunegunda de Luxemburgo