Curaçá

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde junho de 2009).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Wikitext.svg
Este artigo ou seção precisa ser wikificado (desde junho de 2009).
Por favor ajude a formatar este artigo de acordo com as diretrizes estabelecidas no livro de estilo.
Município de Curaçá
Bandeira de Curaçá
Brasão de Curaçá
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 6 de julho de 1832
Gentílico curaçaense
Prefeito(a) Carlinhos Brandão (PPS)
(2013–2016)
Localização
Localização de Curaçá
Localização de Curaçá na Bahia
Curaçá está localizado em: Brasil
Curaçá
Localização de Curaçá no Brasil
08° 59' 31" S 39° 54' 28" O08° 59' 31" S 39° 54' 28" O
Unidade federativa  Bahia
Mesorregião Vale São-Franciscano da Bahia IBGE/2008 [1]
Microrregião Juazeiro IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Abaré, Chorrochó, Jaguarari, Juazeiro e Uauá em território baiano. Lagoa Grande, Santa Maria da Boa Vista, Orocó e Cabrobó em território pernambucano.
Distância até a capital 587 km
Características geográficas
Área 6 442,190 km² (BR: 225º)[2]
População 32 165 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 4,99 hab./km²
Clima Quente e seco
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,581 baixo PNUD/2010 [4]
PIB R$ 122 529,405 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 3 611,35 IBGE/2008[5]
Página oficial
Prefeitura www.curaca.ba.gov.br

Curaçá é um município brasileiro do estado da Bahia. Sua população estimada em 2004 era de 30.866 habitantes.

História[editar | editar código-fonte]

A literatura registra dados históricos de Curaçá a partir do século XVI. Em 1562 o jesuíta Luís de Gran iniciou os trabalhos de catequese com os índios que habitavam o Vale do São Francisco. Por volta de 1593 o bandeirante Belchior Dias Moreira chegou às terras de Pambú, que veio a ser a primeira sede do município. Na ocasião o referido bandeirante desbravou também a Serra do Ouricuri, hoje conhecida como Serra da Borracha. Com o aparecimento de uma imagem de Santo Antônio no lugar denominado Pambú, foi edificada a capela formando um povoado com a presença de muitos religiosos. Por força do Decreto Imperial de 6 de julho de 1832, o povoado de Pambú foi erigido à categoria de vila, compondo a sua área territorial os atuais municípios de Curaçá, Abaré, Chorrochó e Macururé, entre outros. Essa é considerada a data de criação do atual município de Curaçá. A resolução nº 488, de 6 de junho de 1853, transfere a sede da vila de Pambú para o povoado de Capim Grosso, vila que pelo Ato nº 59 de 10 de julho de 1890 foi denominada Curaçá. Até 1938 havia municípios no Brasil com mais de uma cidade e outros, como Curaçá, que até a sede do município era vila. Por recomendação do IBGE, foi criado o Decreto-Lei nº 311, de 25 de Março de 1931 e o Decreto Estadual nº 10.724, de 30 de Março de 1938. Todas as sedes de município passam a ser cidade, entre elas Curaçá. Atualmente o município é constituído pelos distritos Sede, Barro Vermelho, Poço de Fora, Riacho Seco e Patamuté. Constitui-se também pelo perímetro irrigado Projeto Curaçá, os povoados de Mundo Novo, São Bento, Pedra Branca e treze povoados no limite com Abaré e as agrovilas, formadas por reassentamentos agrícolas, em decorrência da Barragem de Itaparica. Limita-se com Juazeiro, Jaguarari, Uauá, Chorrochó, Abaré e com o Rio São Francisco, numa extensão de 120 km.

Cultura[editar | editar código-fonte]

Em Curaçá os festejos em homenagem à São Benedito acontecem nos dias 30 e 31 de dezembro. Em meados de 2005 foi construída uma estátua em homenagem a São Benedito (foto), na Praça do mesmo nome. Essa praça é o primeiro ponto de parada dos Marujos quando desembarcam no rio São Francisco.

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2010). Página visitada em 16 de agosto de 2013.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado da Bahia é um esboço relacionado ao WikiProjeto Nordeste do Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.