Cynthia Klitbo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cynthia Klitbo
Nome completo Diana Cynthia Klitbo
Nascimento 11 de Março de 1967 (47 anos)
Zacatecas,  México
Nacionalidade Mexicana
Ocupação Atriz
IMDb: (inglês) (português)

Diana Cynthia Klitbo nasceu (Zacatecas no México no dia 11 de março de 1967), é uma atriz mexicana muito respeitada e reconhecida no México.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Cynthia Klitbo tem tido em sua carreira uma grande relevância como vilã. A importância da atriz como antagonista é a variação de vilãs realizadas nos melodramas pois já interpretou 11 vilãs de um total de 21 telenovelas, todas de um alcance de distinto e usando desde o drama policial até o melodrama cômico e a comédia de telenovelas como Palabra de mujer, Atrévete a soñar, respectivamente.

Seus papeis tem sido tão reconhecidos pela crítica de espetáculos do México, que foi nomeada uma das estrelas mais representativas por meio da revista TVyNovelas no ano de 2009.

Apesar de ter atuado somente em telenovelas, o trabalho de Cynthia ultrapassou fronteiras graças aos papeis de Sofía Gastelum(Sua primera antagonista e oportunidade) na telenovela Cadenas de amargura, Laura Castro na telenovela La dueña e a telenovela de grande repercusão, onde atuou com Angélica Rivera e Francisco Gattorno seu ex marido, eles foram casados de 1995-1997, atuou também em El privilegio de amar como Tamara.

Varias revistas de circulação internacional mencionam em várias ocasiões que as interpretações de Cynthia nestas 3 novelas especialmente são parte da história da telenovela no México. Em Cadenas de amargura se refletia o potencial de uma colegial safada, Sofía Gastelum que faria sofrer sua "amiga" Cecilia interpretada por Daniela Castro. O papel, primeira oportunidade de Cynthia, a levou a ter o primeiro de 3 prêmios TV y Novelas e um referente inegaval de melodramas.

Atualmente, a atriz Altair Jarabo interpreta a personagem que fez famosa Cynthia no remake da história En nombre del amor, fazendo, de vez em quando, detalhes que realizava Cynthia. No que respeito a telenovela La dueña, a história bateu records nos Estados Unidos e América Latina, graças ao quadro de atores e as vilãs de Laura Castro, papel que Cynthia refez em vigência. A telenovela foi repetida em diferentes horários e canais no México desde sua emissão.

Na telenovela El privilegio de amar tem menção à parte na carreira de Cynthia Klitbo, pois a antagonista Tamara se convierteu, provavelmente, no papel mais importante da atriz. Para este papel, na segunda metade da história, Cynthia viajou a Europa junto com vários membros da produção e os atores Adela Noriega e René Strickler, protagonistas da história. Neste lugar, Cynthia realizou uma das cenas mais impatantes da história do melodrama mexicano, cortando os cabelos em uma ponte do Rio Sena. O segredo se manteve pois a atriz utilizaba perucas nas entrevistas. Foi até principios de 1999 quando a cena saiu ao ar e valeu Cynthia último troféu TVyNovelas. Por esta interpretação, mas sobre todo a perda do cabelo, a atriz foi entregue várias compensações econômicas.[1]

Graças a estas interpretações e outras como a de Rosaura Ontiveros em Alguna vez tendremos alas, a atriz Cynthia Klitbo já ganhou um reconhecimento, igual aos númerosos prêmios.

Cynthia apareceu completamente nua em março de 2009 aos 42 anos na revista H Extremo, a qual é a versão sem censura de H.

Trajetória[editar | editar código-fonte]

Telenovelas
Séries de televisão
Teatro
  • Los Monólogos de la Vagina (2001)
  • Rosa de Dos Aromas (2000)
  • Entre Pancho Villa y Una Mujer Desnuda (2000)
  • Ellos trajeron violencia (1998)
  • El viejo de la condesa (1995)
  • Jucio suspendido (1994)
  • La desconfianza (1992)
  • Cirano de Bergerac (1991)
  • Don Juan Tenorio (1990)
  • Romeo y Julieta (1988)
  • Aladino y la lampara maravillosa (1988)
  • Tamara (1987)
Cinema
  • Desnudos (2004).... Berta
  • Ladies' Night (2003).... Victima
  • La paloma de Marsella (1999)
  • El amor de tu vida S.A. (1996).... Eugenia
  • Morena (1995).... Maria
  • Asalto (1991).... Elena
  • Ellos trajeron la violencia (1990)

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio País Categoria Produção
2000 El Sol de oro Mexico Melhor Atrizs Rosa de dos aromas
2000 Las palmas de oro   Mexico Melhor atriz Rosa de dos aromas
2000 Ace Awards Estados Unidos Melhor Atriz em telenovela La casa en la playa
1999 Gran águila Award Venezuela Melhor atriz El privilegio de amar
1999 TVyNovelas Colombia Melhor atriz Alguna vez tendremos alas
1999 El Heraldo Mexico Melhor antagonista El privilegio de amar
1999 TVyNovela Mexico Melhor atriz vilã El privilegio de amar
1999 Ace Awards Estados Unidos   Melhor atriz de filme El amor de tu vida, S.A.
1999 Estrella Awards Venezuela Melhor atriz El privilegio de amar
1999 Mara Awards Venezuela Melhor atriz El privilegio de amar
1999 Bravo Awards Mexico Melhor atriz vilã El privilegio de amar
1999 Quetzal Awards Mexico Melhor atriz vilã El privilegio de amar
1999 El sol de oro Mexico Melhor atriz El privilegio de amar
1999 Palmas de oro Mexico Melhor antagonista El privilegio de amar
1996 Framingo Award Estados Unidos La dueña
1996 ACCA Award Estados Unidos La dueña
1996 ACE Award Estados Unidos Mlhor atriz La dueña
1995 APT award Mexico Melhor atriz nova Juicio suspendido
1995 Palmas de oro Mexico Melhor atriz vilã La dueña
1995 Estrella de plata Mexico Melhor atriz vilã La dueña
1995 El Heraldo Mexico Melhor atriz nova em filme El amor de tu vida, S.A.
1995 Amistad Award Mexico Melhor atriz La dueña
1993 UCCT Award Mexico Melhor atriz coadjuvante La desconfianza
1992 Estrella de plata Mexico Melhor atriz coadjuvante La desconfianza
1991 Estrellas de plata Mexico melhor atriz vilã Cadenas de amargura
1991 TVyNovelas Mexico Melhor atriz vilã Cadenas de amargura
1990 Palmas de oro Mexico Melhor atriz nova La desconfianza

Referências

  1. Esmas.com. Carreira de Cynthia Klitbo (em espanhol). Página visitada em junho de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]