Dárcy Vera

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dárcy Vera
PrefeitaDárcy.jpg
Dárcy Vera
56.º Prefeita de Ribeirão Preto BandeiraRibeiraoPreto.svg
Período de governo 1 de janeiro de 2009
até a atualidade
Antecessor(a) Welson Gasparini
Vida
Nascimento 10 de abril de 1967 (47 anos)
Indiaporã, São Paulo
Dados pessoais
Partido PSD[1]
Profissão Politica e radialista

Dárcy da Silva Vera (Indiaporã, 10 de abril de 1967) é uma radialista e política brasileira. Atualmente é prefeita de Ribeirão Preto, cargo, este, que a colocou na história da cidade, como sendo a primeira mulher a ocupá-lo. Em 2012, Dárcy foi reeleita, sendo a primeira chefe do executivo municipal ribeirão-pretano a conseguir o feito.

Vida pública[editar | editar código-fonte]

Foi eleita por quatro oportunidades vereadora da cidade de Ribeirão Preto, e foi eleita uma vez deputada estadual, sendo, na época, a mais votada do país.

Eleição a prefeitura de Ribeirão Preto[editar | editar código-fonte]

Nas eleições de 2008, foi eleita em primeiro turno prefeita de Ribeirão Preto pelo DEM, obtendo 154.793 votos, com percentual de 52,04% dos votos válidos. Assim, tornou-se a primeira prefeita mulher da história da cidade.

Governo[editar | editar código-fonte]

Seus principais feitos foram a UPA 24 horas, as obras contra enchentes e o parque linear da via norte. Não conseguiu, porém, resolver problemas como a falta d'agua e alguns bairros, filas nos postos de saúde e questões sobre o transporte publico. Em entrevista dada a revista Revide sobre seu primeiro mandato na prefeitura, quando perguntada quais foram as obras mais importantes de seu governo, Dárcy respondeu: ''Destaco o Hospital Santa Lydia. É a primeira vez que Ribeirão Preto tem um hospital municipal. Outro passo foi a implantação do Cidade Limpa, que, até então, todos achavam impossível, inviável. A abertura da rotatória da João Fiusa com a Presidente Vargas foi outra conquista que solucionou um trânsito que há muito tempo incomodava a população. Além disso, a duplicação da Henry Nestlé, que era solicitada pela população há 20 anos, saiu do papel.''

Reeleição[editar | editar código-fonte]

Lançou sua candidata a reeleição em 2012 pelo PSD coligada com mais 16 partidos, o que lhe deu expressivos 13 minutos de tempo no horário eleitoral gratuito. Recebendo 140.446 votos no primeiro turno, indo ao segundo com Duarte Nogueira (PSDB), que recebeu 92.076 no primeiro pleito.

No segundo turno, foi reeleita em 28 de outubro de 2012, com 155.265 votos, sendo 51,97% da preferência municipal.

Particularidades[editar | editar código-fonte]

Dárcy Vera ficou conhecida em Ribeirão Preto, não só pelo seu trabalho político, mas, também, pelo trabalho desenvolvido como radialista.

Uma das marcas mais conhecidas de Dárcy Vera em Ribeirão Preto, é o uso da cor rosa: carros de campanha, site, blog, roupas, exibem a cor.

A prefeita e o vice foram cassados, na Justiça Eleitoral de Ribeirão, por abuso de poder político nas eleições do ano de 2012. Processo revogado e arquivado mais tarde.

Atual Mandato[editar | editar código-fonte]

Dárcy Vera enfrenta grandes problemas a frente da prefeitura em seu segundo mandado. Além da ameaça de cassação, greves de servidores, falta d'agua e buracos nas ruas a prefeitura enfrenta uma grave crise econômica e falta de recursos para manter serviçoes basicos a população. Apesar de tudo , Dárcy ainda conseguiu mais de 200 milhões no PAC da mobilidade urbana do Governo Federal que vão viabilizar a construção de viadutos, túneis, corredores de ônibus e ciclovias por toda a cidade até o final de seu mandado.

Enfrenta um enorme problema na área da saúde municipal, com casos notáveis, como o da menina Gabriela Zafra, que foi atendida em três postos de saúde, sem êxito, vindo a óbito. Os médicos chegaram a alegar que a garota estava com caxumba, torcicolo, virose, porém não pediram nenhum exame[2] . O mais grave dos casos na saúde municipal de Ribeirão Preto ocorreu em outubro de 2014, quando um homem teve diagnosticado um quadro de gases e, após, teve um rim extraído. Acabou internado em UTI e veio a falecer pouco tempo depois. A família acusa os médicos de negligência.[3] Tal incidente fez com que o secretário municipal de saúde transferisse seu gabinete para dentro da UPA onde esta suposta negligência teria acontecido.[4]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Welson Gasparini
Prefeita de Ribeirão Preto
2009 — atualidade
Sucedido por
-
Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. http://g1.globo.com/politica/politico/darcy-vera.html
  2. Jovem morre após procurar unidades de saúde por 5 vezes em Ribeirão, SP (18/05/2014 10h57).
  3. Morre motorista que teve rim extraído após diagnóstico de gases em SP (04/10/2014 11h34).
  4. Após suposta negligência, gabinete de secretário é transferido para UPA (07/10/2014 12h02).