Década de 1990

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Séculos: Século XIX - Século XX - Século XXI
Décadas: 1940 - 1950 - 1960 - 1970 - 1980 - 1990 - 2000 - 2010 -2020 2030 2040
Anos: 1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999

A década de 1990 ou simplesmente década de 90 ou ainda anos 90 foi a década que teve início em 1 de janeiro de 1990 e terminou em 31 de dezembro de 1999. Foi a última década do século XX e do segundo milênio.

A década de 90 começou com o colapso da União Soviética e o fim da Guerra Fria, sendo esses seguidos pela consolidação da democracia, globalização e capitalismo global. Fatos marcantes para a década foram a Guerra do Golfo e a popularização do computador pessoal e da Internet.

Visão geral[editar | editar código-fonte]

Otimismo e esperança seguiram o colapso do Comunismo, mas os efeitos colaterais do fim da Guerra Fria estavam só começando, como o advento terrorista em regiões do Terceiro Mundo, especialmente na Ásia. O Primeiro Mundo experimentou crescimento econômico estável durante toda a década. O Reino Unido, depois de uma recessão em 1991-92 e a desvalorização da libra, conseguiu 51 bimestres seguidos de crescimento que se seguiram no novo século. Até nações com menor representatividade econômica como a Malásia tiveram aperfeiçoamentos gigantescos. Mas deve-se notar que a economia dos Estados Unidos permaneceu sem crescimento durante a primeira metade da década.

Muitos países, instituições, companhias e organizações consideraram os 90 como "tempos prósperos".

Politicamente, os anos 90 foram de democracia expansiva. Os antigos países do Pacto de Varsóvia logo saíram de regimes totalitários para governos eleitos. O mesmo ocorreu com países em desenvolvimento (Taiwan, Chile, África do Sul e Indonésia).

Apesar da prosperidade e democracia, houve um "lado maléfico" significativo. Na África, o aumento nos casos de AIDS e inúmeras guerras levaram á diminuição da expectativa de vida e nada de crescimento econômico. Em ex-nações soviéticas, havia fuga de capital e o PIB decrescente. Crises financeiras nos países em desenvolvimento foram comuns depois de 1994, apoiados pela globalização. E eventos trágicos como as guerras dos balcãs, genocídio de Ruanda, a Batalha de Mogadíscio e a primeira Guerra do Golfo, assim como o crescimento do terrorismo, levou à idealização do choque de civilizações. Mas esses fatos foram apenas relembrados com relevância na década de 2000.

A cultura jovem aceitou o Grunge como mídia e foi muito diversificada se ramificando em tribos num universo social muito diverso que foi desde o superficialismo e consumismo até a militância ambientalista e antiglobalizante. A expressão nas roupas e através de tatuagens e piercings também foi marcante, bem como o consumo de drogas com o surgimento do ecstasy ligado a cultura de música eletrônica o aumento no consumo de maconha na classe média. No Brasil o jovem se viu envolvido cada vez mais com sexo em idade precoce e também foi vitima do aumento da violência nos grandes centros urbanos.

No Brasil[editar | editar código-fonte]

Os anos 90 começaram com instabilidade, com o confisco de poupanças do presidente Fernando Collor. Os negócios escusos de Collor mais tarde levariam milhares de jovens (mobilizados por uma forte campanha de mídia) a criarem o movimento "Caras Pintadas" e pedirem seu impeachment.

O Plano Real é lançado em 1994.

No governo seguinte (Itamar Franco), o país experimentou estabilidade econômica e crescimento com o Plano Real (1994), que igualava a paridade da moeda e do dólar por meio de uma banda cambial. O Ministro da Fazenda que implementou o Real, Fernando Henrique Cardoso, se elegeria presidente por duas vezes seguidas naquela década, ganhando sua reeleição após mudar a Constituição. O sistema de bandas cambiais mostrou fragilidades ao fim da década, tendo impactos no aumento da pobreza.[1] Com as reservas cambiais comprometidas, a moeda tornou-se flutuante em janeiro de 1999, após não suportar as pressões especulativas junto à crise russa de 1998.

A cultura brasileira tornou-se mais valorizada[carece de fontes?], com a ressureição do cinema e a boa recepção de músicos brasileiros no exterior. O esporte também passou por bons momentos, com 18 medalhas olímpicas e títulos mundiais em futebol e basquete.

Tecnologia[editar | editar código-fonte]

Os anos 90 trouxeram um grande desenvolvimento tecnológico, tornando populares e aperfeiçoando tecnologias inventadas na década de 80.

O videogame Super Nintendo é um ícone dos anos 90, lançado em 1990, vendeu 50 milhões de unidades pelo mundo durante essa década.
O Windows 95 marcou a popularização da computação, foi a primeira versão a utilizar o menu Iniciar e o navegador Internet Explorer.

Ciência[editar | editar código-fonte]

Guerras e política[editar | editar código-fonte]

George Bush no Iraque
Em Moscou, Boris Iéltsin deixa a presidência após uma década de pesadelos. Vladimir Putin assume como promessa de reconstruir a Rússia.

Economia[editar | editar código-fonte]

Com a assinatura do Tratado de Assunção, o Mercosul é ratificado em 1991.
Em 1997 a Princesa Diana morre em um acidente de carro em Paris, na França.

Outros[editar | editar código-fonte]

  • O impacto do ser humano no meio ambiente se torna mais reconhecido.
  • Divórcio e escândalo na Família Real Britânica.
  • Mortes (controversa) de Kurt Cobain, vocalista da banda de Grunge, Nirvana, Stevie Ray Vaughan músico de blues e um dos maiores guitarristas da história.
  • Os atentados de Oklahoma City, no qual um terrorista de extrema-direita americano explode prédios federais e mata 168.
  • O cantor e compositor Cazuza, símbolo da rebeldia da juventude dos anos 80, morre no começo da década aos 32 anos em 7 de julho de 1990.
  • Crime nos EUA sobe em 1991, e começa a cair no ano seguinte. No Brasil, aumenta.
  • Freddie Mercury, vocalista do grupo Queen, morre em decorrência da AIDS, no ano de 1991.
  • Os dois maiores astros da música pop vem ao Brasil pela primeira vez Michael Jackson (em carreira solo, pois com o grupo Jackson Five veio em 1974) e Madonna, em 1993.
  • O surgimento do protesto em massa com o governo de Clinton e bandas anti-políticas como Rage Against The Machine mexem com o gosto da população e se torna mundialmente famosa pelas suas entrevistas pesadas na televisão mundial contra o governo.
  • A atriz Daniella Perez é assassinada com golpes de tesoura pelo então ator Guilherme de Pádua em dezembro de 1992.
  • O grupo Mamonas Assassinas se consolida como o maior fenômeno da música brasileira com o maior número de vendagem de discos em menos tempo no ano de 1995. No ano de 1996, o grupo sofre um acidente de avião que tirou a vida de todos os integrantes da banda.
  • Princesa Diana morre em um acidente de carro (controverso) em 1997.
  • Madre Teresa de Calcutá morre aos 87 anos.
  • O golfista Tiger Woods vence o Torneio de Masters, sendo o mais jovem(21) e o primeiro negro a fazê-lo.
  • Massacre de Columbine: dois estudantes americanos matam 12 colegas e se suicidam na sua escola em Littleton, Colorado.
  • John F. Kennedy, Jr., a esposa e a cunhada morrem num acidente de avião.
  • Lance Armstrong ganha a Volta da França em 1999, dois anos após um câncer de testículo.
  • Renato Russo vocalista da banda Legião Urbana morre em decorrência da AIDS no dia 11 de outubro de 1996, causando o fim da banda no mesmo ano.

Cultura[editar | editar código-fonte]

Música[editar | editar código-fonte]

A música pop mundial perdeu pontos principais como o ritmo. O que fez sucesso realmente foi o Hip Hop, Rapcore e principalmente o Grunge, com bandas de destaque de toda essa década: Nirvana, Alice in Chains, Rage Against The Machine, Red Hot Chili Peppers, Pearl Jam, Foo Fighters, Soundgarden, Stone Temple Pilots, The Smashing Pumpkins que duraram até o final da década, dando influência a outras bandas que dominam até hoje o mundo musical como Linkin Park(Também fundada nos anos 90) e Coldplay.

Bandas[editar | editar código-fonte]

Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Os Backstreet Boys foram uma das bandas de maior sucesso na segunda metade dos anos 90.
O single "Wannabe" foi sucesso em 1996, revelando as Spice Girls para o mundo.

Estilos[editar | editar código-fonte]

Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Músicos[editar | editar código-fonte]

Singles[editar | editar código-fonte]

Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Televisão[editar | editar código-fonte]

Na Copa dos Estados Unidos (1994), a seleção do Brasil conquistou o tetracampeonato.

Diversões eletrônicas[editar | editar código-fonte]

  • Videogames se aperfeiçoam, com Sega e Nintendo brigando pelo mercado no começo da década com seus videogames Super Nintendo e Sega Mega Drive. Na metade da década ocorre a entrada da Sony com o PlayStation em 1995, o primeiro console a apostar maciçamente em gráficos 3D, forçando suas concorrentes a se adaptarem a nova tendencia lançando consoles como o Nintendo 64 e o Sega Saturn. Com o fracasso do Sega Saturn, planejado inicialmente para rodar jogos 2D mas que de ultima hora foi adaptado para jogos 3D no final de seu processo de criação, em 1998 a Sega lança o primeiro video-game 128 bits do mundo, o Dreamcast, trazendo gráficos e mecânicas nunca vistos até então, devido ao maior grau de realismo em seus jogos (em comparação com os jogos lançados pelas suas concorrente na época), antecipando a tendência da década seguinte de criar jogos mais realistas.
  • Jogos para computadores acompanham a popularização dos PCs, como Doom e Civilization.
  • Inicia-se a febre Pokémon, que contagia crianças do mundo todo.
  • Os arcades/fliperamas começam a decair.
  • O Tamagochi vira moda no fim da década.

Moda[editar | editar código-fonte]

Desporto[editar | editar código-fonte]

  • Futebol: O Brasil conquista o quarto título mundial na Copa do Mundo dos Estados Unidos em 1994.
  • Automobilismo: O Brasil conquista dois títulos mundiais de Fórmula 1, ambos com Ayrton Senna, em 1990 e 1991. Em 1994, Ayrton Senna morre após acidente no GP de San Marino, disputado no circuito italiano de Ímola. Nelson Piquet encerra sua carreira na Fórmula 1 em 1991 e no ano seguinte sofre grave acidente nos treinos para as 500 Milhas de Indianápolis. Posteriormente, Raul Boesel conquista uma segunda colocação nas 24 Horas de Le Mans, a maior colocação brasileira na corrida. E Emerson Fittipaldi vence pela segunda vez as 500 Milhas de Indianápolis em 1993 e em 1996, após grave acidente no GP de Michigan, válido pelo campeonato da CART, encerra sua carreira.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]