Déjà Vu (canção de Beyoncé Knowles)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Déjà Vu"
Single de Beyoncé com participação de Jay-Z
do álbum B'Day
Lançamento 31 de Julho de 2006
Formato(s) CD single, download digital, maxi single, 12" single
Gravação Abril de 2006
Sony Music Studios
(Nova Iorque, Nova Iorque)
Gênero(s) R&B, funk, hip hop
Duração 4:00
Gravadora(s) Columbia
Composição Beyoncé Knowles, Rodney Jerkins, Delisha Thomas, Makeba Riddick, Keli Nicole Price, Shawn Carter
Produção Rodney "Darkchild" Jerkins, Jon Jon Traxx
Informações sobre o vídeo musical
Gravação 21 de Junho de 2006
Director(es) Sophie Muller
Cronologia de singles de Beyoncé
Último
Último
"Check on It"
(2005)
"Ring the Alarm"
(2006)
Próximo
Próximo
Cronologia de singles de Jay-Z
Último
Último
"Dirt off Your Shoulder/Lying from You"
(2005/2006)
"Show Me What You Got"
(2006)
Próximo
Próximo

"Déjà Vu" é uma canção da cantora e compositora americana de R&B Beyoncé, com participação do rapper Jay-Z. Foi produzida por Rodney "Darkchild" Jerkins e Knowles para seu segundo álbum solo, B'Day. A canção combina R&B e funk da década de 1970, e sua instrumentação variada inclui baixo elétrico, chimbau, metais e a caixa de ritmos Roland TR-808. O título e a letra da canção se referem a uma mulher que constantemente se lembra de um namorado do passado.

A canção foi lançada como o primeiro single do álbum em Julho de 2006. Apesar de ter sido reconhecida como "Best Song" (Melhor Canção) no Music Of Black Origin (MOBO) Awards de 2006, "Déjà Vu" recebeu opiniões mistas dos críticos. O single entrou no top 10 na maioria das paradas musicais, chegando ao topo de várias das paradas da revista Billboard e alcançando o número um no Reino Unido. O videoclipe da canção desagradou os fãs, milhares deles fazendo uma petição para que ele fosse regravado, citando seu tema sexual e o vestuário de Knowles, entre outras razões.

Precedentes e produção[editar | editar código-fonte]

Em 2005, o produtor americano Rodney Jerkins - que havia trabalhado anteriormente com o antigo grupo de Beyoncé, Destiny's Child - e o compositor John Webb "apareceram com o conceito de fazer uma faixa da velha escola, um regresso com baixo real e metais", para qual o título da canção é parcialmente atribuído.[1] Tocando o baixo elétrico, Webb, com Jerkins, gravou primeiramente as partes de baixo, para que a percussão, metais e vocais fossem estratificados. A produção aconteceu no estúdio de Jerkins localizado em New Jersey e nos Sony Music Studios, em New York City.

Jerkins gravou uma versão demo da canção com vocais da compositora americana Makeba Riddick, que foi creditada como co-escritora.[2] Eles apresentaram o demo para Beyoncé, que mais tarde o aprovou (com a aprovação de Beyoncé, Riddick foi alistada na equipe de compositores de B'Day) e Beyoncé posteriormente escreveu a canção e arranjou os vocais. A letra de "Déjà Vu" também tem contribuições dos compositores Delisha Thomas e Keli Nicole Price, além do artista de hip-hop e namorado de Beyoncé, Jay-Z. Eles se tornou envolvido em uma fase tardia, quando Beyoncé o viu tentando cantar junto com uma versão gravada da faixa e o convidou para contribuir. Jay-Z gravou versos de rap para a canção.[3]

Música e letra[editar | editar código-fonte]

"Déjà Vu" é uma canção de R&B contemporâneo, apresentada em um groove de hip-hop.[4] [5] A canção foi composta em uma chave de B♭ maior, com uma fórmula de compasso simples.[5] "Déjà Vu" é influenciada pelo elementos do funk da década de 1970,[6] soul e gêneros de hip-hop.[7] A música é amplamente baseada em instrumentação live,[8] usando o baixo elétrico, conga, chimbau e metais. Beyoncé disse em uma entrevista, "Quando eu gravei 'Déjà Vu'... Eu sabia, antes mesmo de começar a trabalhar no meu álbum, que queria adicionar instrumentos live em todas as minhas músicas. É um tipo de equilíbrio [da música na canção], tem congas live, metais live, baixo live. Ainda é jovem, ainda é novo e fresco, mas tem o velho soul groove".[2] Um instrumento que não é live, o Roland TR-808, fornece à canção a batida da bateria.[9]

A letra de "Déjà Vu" foi composta na forma verso/pré-refrão/refrão e mistura dois versos de rap, similar ao single de 2003 de Knowles, "Crazy in Love", de seu álbum de estreia Dangerously in Love.[10] A letra detalha uma mulher que constantemente se lembra de um namorado do passado.[1]

A canção começa com Knowles introduzindo o baixo, chimbau e o Roland TR-808 pelo nome. Os sons dos instrumentos são misturados a medida que são mencionados, um após o outro; os metais são auditíveis apenas no pré-refrão e nas partes do hook, além de uma curta parte do segundo rap. O baixo elétrico, que é o primeiro instrumento a entrar, usa uma técnica de legato durante o principal ostinato. Após a repetição do baixo, Knowles introduz o chimbau e a Roland TR-808. Depois que ela menciona Jay-Z, o baixo passa para um vibrato, dando lugar ao primeiro rap.[1] Ao fundo, com a repetição de um groove, Beyoncé começa o primeiro verso. O pré-refrão segue, para qual o baixo muda para um tom mais melódico, "para tocar algo mais cantável", nas palavras de Jon Jon Webb, o baixista da faixa.[1] [11] A melodia volta para o groove principal durante o hook. Esse padrão se repete e leva ao segundo rap. O terceiro pré-refrão "veio da ideia de Jerkins de ter a parte mudada no pico, com o principal groove de Webb ao fundo".[1] Isso é seguido pelo pré-chorus principal, em seguida o hook é repetido quatro vezes. Os vocais acabam quando os instrumentos param de preencher o espaço. O chimbau e o Roland TR-808 também param; a canção termina com o baixo e os metais.

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Beyoncé apresentando "Déjà Vu" em 2007, na Suécia.

"Déjà Vu" vazou na internet em 13 de junho de 2006.[12] No dia seguinte, foi lançado nas estações de rádio, quatro semanas depois de Beyoncé informar a Columbia, sua gravadora, que B'Day estava finalizado. Mais de um mês mais tarde, foi lançado em formato físico; a faixa foi lançada como CD single em 31 de julho de 2006 nos Estados Unidos.[13] Um CD Extra foi lançado em 12 de setembro, contendo cinco faixas e uma faixa multimídia adidional de "Déjà Vu".[14] No Reino Unido, o download digital ficou disponível em 7 de agosto. Um Maxi single e um 12" single foram mais tarde lançados em 21 de agosto.[15]

Knowles chamou os britânicos Freemasons para fazerem uma versão remix de "Déjà Vu". A versão foi produzida e aparece no álbum de estreia do grupo, Shakedown, lançado em 2007. Um Maxi single, contendo a versão do álbum e o remix dos Freemasons, foi lançado em 5 de agosto na Austrália.

Recepção[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
About.com 3.5 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar half.svgStar empty.svg[11]
IGN 6.8 de 10 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar half.svgStar empty.svgStar empty.svgStar empty.svg[16]
PopMatters 6.8 de 10 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar half.svgStar empty.svgStar empty.svgStar empty.svg[17]
The Guardian 4 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar empty.svg[18]

"Déjà Vu" recebeu opiniões mistas dos críticos. Bill Lamb, do About.com, disse que faltava "um sentimento de verdadeira alegria".[11] Mike Joseph, da PopMatters, acredita, no entanto, que é "fantático ouvir Beyoncé cantando seus pulmões para fora" ao lado de um groove cheio misturado a instrumentos live".[17] Sasha Frere-jones, do The New Yorker, avaliou a letra como uma "intrincada visão da memória",[19] enquanto Chris Richards, do The Washington Post, caracterizou Knowles em "Déjà Vu" como uma "namorada deslumbrada-pelo-amor".[20] Spence D., da IGN, alogiou o groove de baixo de Jerkins, dizendo que ele levou a faixa à "perfeição".[16] Caroline Sullivan, do The Guardian, elogiou Beyoncé e Jay-Z: "O dueto deles na magnífica 'Déjà Vu' é tão ardente quanto o pop pré-vertente consegue, mas mesmo quando Jay-Z não está fisicamente presente, ele traz uma coisa formidável em Beyoncé, que evoca a jovem, selvagem Tina Turner".[18]

Outros críticos compararam "Déjà Vu" ao single de 2003 de Beyoncé, "Crazy in Love", o primeiro single do primeiro álbum dela. De acordo com Gail Mitchell, da revista Billboard, a cnção é vista por muitos como uma sequência de "Crazy in Love".[21] Jason King, da revista Vibe, considerou a canção "clonada a partir do DNA da rouquenha 'Crazy in Love'",[22] enquanto Thomas Inskeep, da revista Stylus, refere-se a ela como uma 'Crazy in Love' lite.[23] Outros críticos, no entanto, não concodaram com relação aos parelelos entre as duas canções. Andy Kellman, do Allmusic, diise que a canção "teve a audácia de não ser tão monstruosa quanto 'Crazy in Love'",[6] referindo-se ao sucesso comercial que esta teve em 2003. Ryan Dombal, escritor do Pitchfork Media, uma publicação online, afirmou que "dessa vez, Beyoncé foi ousada na batida".[24] Jody Rosen, da revista Entertainment Weekly, referiu-se a "Déjà Vu" como uma escolha "estranhamente positiva" para primeiro single.[25]

"Déjà Vu" foi nomeada para Best Rap/Sung Collaboration (Melhor Parceria de Rap/Canto) no Grammy Awards 2007, enquanto a versão remix foi nomeada para Best Remixed Recording, Non-Classical (Melhor Gravação Remixada, Não-Clássica).[26] A canção foi premiada na categoria Best Song (Melhor Canção), no MOBO Awards 2006, em Londres.[27] No ano seguinte, foi nomeada para Best Collaboration (Melhor Parceria), ao lado da canção Upgrade U, também gravada com colaboração de Jay-Z, no Black Entertainment Television (BET) Awards.[28]

Performance nas paradas musicais[editar | editar código-fonte]

"Déjà Vu" apareceu na Billboard Hot 100 menos de um mês antes de seu lançamento físico. O single debutou no número quarenta e quatro, e chegou até a posição quatro.[29] [30] O remix de Freemasons/M. Joshua da canção chegou ao topo do Billboard Hot Dance Music/Club Play, enquanto a versão álbum alcançou a posição dezoito na mesma parada musical.[31] "Déjà Vu" também chegou ao topo nas seguintes paradas da Billboard Hot Dance Singles Sales e Hot R&B/Hip-Hop Singles & Tracks, foi número nove na Rhythmic Top 40 e número quatorze Top 40 Mainstream.[31] No fim de ano de 2007 da Billboard, "Déjà Vu" alcançou a posição sete na parada Hot Dance Singles Sales.[32]

"Déjà Vu" alcançou o top dez em menos de dez países europeus. No Reino Unido, o single vendeu 29.365 unidades na primeira semana.[33] Ele alcançou o número um no UK Singles Chart, tornando-se o segundo single número um solo de Beyoncé no país.[34] O single alcançou o top cinco na Irlanda, Noruega e Suíça e entrou no top dez na Bélgica, Finlândia, Alemanha e Portugal. "Déjà Vu" não alcançou o top 10 nos países da Oceania. O single alcançou o número doze na Australian Singles Chart, e o quinze na New Zealand Singles Chart.[35] "Déjà Vu" é o nonagésimo oitavoi single com melhores vendas na Austrália em 2006.[36]

Videoclipe[editar | editar código-fonte]

O videoclipe de "Déjà Vu" foi filmado pela diretora britânica Sophie Muller em Nova Orleans, Luisiana, em 21 de junho de 2006, com partes do vídeo filmadas no Maple Leaf Bar, em Carrollton, Luisiana.[37] As filmagens retratam muito trabalho com os pés e rotinas com temas sexuais."Déjà Vu" estreou simultaneamente em 12 de Julho de 2006 no Total Request Live (TRL), programa da MTV estadunidense, e no Overdrive, canal de vídeo em banda larga da MTV. O vídeo alcançou o topo do top de vídeos do TRL.[38] Também chegou ao topo da parada UK TV airplay no final de Julho de 2006.[39] O videoclipe ganhou o prêmio de "Best Video" (Melhor Vídeo) no MOBO Awards de 2006.[27]

As reações ao vídeo foram mistas. Sal Cinquemani, da Slant Magazine, comentou que é "mais temático e provocante do que os vídeos de 'Baby Boy' e 'Naughty Girl'", canções do primeiro álbum de Beyoncé.[40] Eb Haynes, do Allhiphop.com, descreveu o vídeo como "visualmente fresco".[8] um grupo de mais de 2.000 fãs de Beyoncé assinaram uma petição pedindo que fosse feita um regravação do vídeo, queixando-se de "uma falta de tema, edição que causa vertigem, escolha de roupas errada" e do tema sexual retratado no vídeo, considerando algumas cenas de "inaceitável interação [entre Beyoncé e Jay-Z]". A petição carateriza os movimentos de dança de Knowles como "erráticos, confusos e alarmantes em momentos".[41] Uma notícia publicada pelo Hindustan Times relatou que uma cena em particular do vídeo é sugestiva de sexo oral.[42] Natalie Y. Moore, da revista In These Times ecoou o último comentário, escrevendo que o vídeo mostra Knowles "empertigando sua sexualidade" e que nas cenas com Jay-Z "parece que a qualquer minuto ela irá lhe dar uma felação".[43]

Formatos e faixas[editar | editar código-fonte]

Reino Unido CD single[44]
  1. "Déjà Vu" (Album Version) – 3:59
  2. "Déjà Vu" (Freemasons Radio Mix) – 3:15
Europa maxi single[45]
  1. "Déjà Vu" (Album Version) – 3:59
  2. "Déjà Vu" (Freemasons Radio Mix) – 3:15
  3. "Déjà Vu" (Freemasons Club Mix) – 8:05
  4. "Déjà Vu" (Maurice's Nusoul Mix) – 6:00
  5. "Déjà Vu" (Maurice's Nusoul Mixshow Mix) – 5:57

Créditos e pessoal[editar | editar código-fonte]

  • Vocais: Beyoncé Knowles, Jay-Z (rap)
  • Gravação: Jeff Villanueva, Jim Caruana
    • Com a ajuda de: Rob Kinelski, Jun Ishizeki
  • Mix engineers: Jason Goldstein, Rodney Jerkins, Knowles
  • Toda a música: Jerkins
  • Baixo: John Webb
  • Metais: Ronald Judge, Allen "Al Geez" Arthur, Aaron "Goody" Goode
    • Arranjo dos metais: Jerkins

Desempenho[editar | editar código-fonte]

Precessão e sucessão[editar | editar código-fonte]

Gráficos de sucessão
Precedido por
"Hips Don't Lie" de Shakira com Wyclef Jean
Primeira posição na UK Singles Charts
27 de Agosto de 2006
Sucedido por
"SexyBack" de Justin Timberlake
Precedido por
"Shoulder Lean" de Young Dro com T.I.
Primeira posição na Hot R&B/Hip-Hop Songs
2 de Setembro - 9 de Setembro de 2006
Sucedido por
"Pullin' Me Back" por Chingy com Tyrese
Precedido por
"A Public Affair" de Jessica Simpson
Primeira posição na Dance/Club Play Songs
14 de Outubro de 2006
Sucedido por
"Is It Love?" de iiO

Referências

  1. a b c d e Jisi, Chris (December 2006). Jon Jon Webb’s Complete Bass Line: Beyonce's Deja Vu New Bay Media, LLC Bass Player. Visitado em 07-01-2008.
  2. a b Reid, Shaheem. Be All You Can, B. MTV News. Visitado em 07-01-2008.
  3. Staff do MTV News (01-08-2006). For The Record: Quick News On Beyonce, Jay-Z, Mel Gibson, DMX, Audioslave, Fantasia, Britney Spears & More MTV News. Visitado em 07-01-2008.
  4. Joseph, Mike (05-09-2007). Beyoncé: B-Day Popmatters. Visitado em 27-12-2007.
  5. a b Digital Sheet Music: Deja Vu Hal Leonard Corporation Musicnotes. Visitado em 27-12-2007.
  6. a b Kellman, Andy. Album Review: B'Day Macrovision Company Allmusic. Visitado em 05-01-2008.
  7. Reid, Shaheem (30-08-2007). Beyonce Album Preview: Harder Sound, Aggressive Songs Among B'Day's Gifts MTV News. Visitado em 27-12-2007.
  8. a b Haynes, Eb (20-09-2006). Album Review: B'Day Allhiphop.com. Visitado em 07-01-2008.
  9. (2007) Notas do álbum de B'Day deluxe edition. Sony Music BMG Entertainment.
  10. Zuel, Bernard (08-09-2006). B'Day The Sydney Morning Herald. Visitado em 03-02-2008.
  11. a b c Lamb, Bill. Beyonce featuring Jay-Z - Déjà vu About.com. Visitado em 07-01-2008.
  12. Breihan, Tom (14-06-2006). Beyonce and Jay-Z's "Deja Vu": Jam of the Summer? The Village Voice. Visitado em 08-01-2008.
  13. Deja Vu Nielsen Business Media, Inc Billboard. Visitado em 04-02-2008.
  14. Deja Vu -Enhanced CD Single Nielsen Business Media, Inc Billboard. Visitado em 04-02-2008.
  15. New Single Sony BMG UK (10-08-2006). Visitado em 22-02-2008.
  16. a b D., Spence (05-09-2006). Beyonce - B'Day: Sophomore slump narrowly avoided. IGN. Visitado em 03-02-2008.
  17. a b Joseph, Mike (05-09-2006). Beyonce: B'Day Popmatters. Visitado em 07-01-2008.
  18. a b Sullivan, Caroline (01-09-2006). Beyoncé, B'Day. Visitado em 05-08-2008.
  19. Frere-jones, Sasha (25-09-2006). Crazy from Love CondéNet The New Yorker.
  20. Williams, Chris (06-09-2006). Beyonce's 'B'Day' Is Nothing to Celebrate The Washington Post.
  21. Mitchell, Gail. Album Reviews: B'Day Billboard. Visitado em 05-08-2008.
  22. King, Jason (15-09-2006). Beyoncé - B'day (Columbia) Vibe. Visitado em 05-08-2008.
  23. Inskeep, Thomas (14-09-2006). Beyoncé: B'Day Stylus. Visitado em 05-08-2008.
  24. Dombal, Ryan (20-06-2006). Beyonce: "Deja Vu (ft. Jay-Z)" Pitchfork Media. Visitado em 07-01-2008.
  25. Rosen, Jody (01-09-2007). Music Review: B'Day (2006)-Beyonce Knowles Entertainment Weekly. Visitado em 28-12-2007.
  26. 49th GRAMMY Nominees Announced The Recording Academy (07-12-2006). Visitado em 10-01-2008.
  27. a b Bailey Rae and Beyonce lead Mobos BBC News (20-09-2006). Visitado em 10-01-2008.
  28. Silverman, Stephen (16-05-2007). Beyoncé Leads BET Award Nominations People. Visitado em 05-06-2008.
  29. Hope, Clover (22-06-2006). Hicks Dethrones Shakira On Hot 100 Nielsen Business Media, Inc Billboard. Visitado em 26-06-2008.
  30. Hope, Clover (08-03-2006). Furtado Still No. 1 But Beyonce, Fergie Heat Up Nielsen Business Media, Inc Billboard. Visitado em 30-05-2008.
  31. a b Beyoncé's Billboard Singles Chart Performances Macrovision Corporation Allmusic. Visitado em 07-01-2008.
  32. Billboard 2007: The Year in Music - Hot Dance Singles Sales Nielsen Business Media, Inc Billboard. Visitado em 09-02-2008.
  33. ALL THE No.1's The Official UK Charts Company. Visitado em 17-08-2008.
  34. Sexton (28-08-2006). Beyonce, Snow Patrol Rule U.K. Charts Nielsen Business Media, Inc Billboard. Visitado em 30-05-2008.
  35. New Zealand Top 40 Singles Recording Industry Association of New Zealand (21-08-2006). Visitado em 24-06-2008.
  36. ARIA Charts - End Of Year Charts - Top 100 Singles 2006 Australian Recording Industry Association. Visitado em 30-01-2008.
  37. Spera, Keith (23-06-2006). Spare Notes New OrleansNet LLC The Times-Picayune. Visitado em 10-01-2008.
  38. Beyoncé Interview Backstage On TRL video. NME. Acessado em 05-04-2008.
  39. Beyonce video at top of the TV charts Sony BMG UK (24-07-2006). Visitado em 11-01-2008.
  40. Cinquemani, Sal. Beyoncé: B'Day Slant Magazine. Visitado em 07-01-2008.
  41. For The Record: Quick News On Beyonce, Justin Timberlake, Haylie Duff, Jet, Metallica, Nick Lachey & More MTV News (24-07-2006). Visitado em 08-01-2008.
  42. Goodman, Elizabeth (26-07-2006). Scandal of the Day: Beyonce Too Skanky For Her Fans?. Visitado em 05-08-2008.
  43. Moore, Natalie Y. (17-11-2006). Beyonce’s Bootyful B’Day In These Times. Visitado em 05-08-2008.
  44. "iTunes Store – Beyoncé – Déjà Vu – single". iTunes Store (UK). Apple Inc. Retrieved 22 de Janeiro de 2011.
  45. "iTunes Store – Beyoncé – Déjà Vu – EP". iTunes Store (Belgium). Apple Inc. Retrieved Janeiro de 2011.
  46. a b Beyoncé and Jay-Z - Deja Vu aCharts.us. Visitado em 16 de Fevereiro de 2011.
  47. a b c d e f g h i j k l Beyoncé Feat. Sean Paul – Baby Boy (Song) australian-charts.com. Hung Medien. Visitado em 16 de Fevereiro de 2011.
  48. Ayrpley Top 20 IFPI Danmark. Visitado em 8 de Novembro de 2011.
  49. Radio Top100 Oficiálna IFPI. Visitado em 14 de Agosto de 2009. "Página 200641 - Radio Top 100"
  50. a b c d e Deja Vu - Jay-Z Billboard. Visitado em 8 de Novembro de 2011.
  51. B'day - Billboard Singles Allmusic. Visitado em 8 de Novembro de 2011.
  52. Hot Singles Sales Billboard Prometheus Global Media. Visitado em 23 de Fevereiro de 2011.
  53. Top 50 singles. Visitado em 09-04-2007.
  54. Rádiós Top 40 játszási lista MAHASZ. Visitado em 8 de Novembro de 2011.
  55. Chart Stats – Beyonce - Deja Vu ft Jay-z The Official Charts Company. Visitado em 16 de Fevereiro 2011.
  56. RADIO TOP100 Oficiální IFPI. Visitado em 8 de Novembro de 2011. "Página 200638 - Radio Top 100"
  57. a b Pandora Archive Year End Charts 2006 (PDF) ARIA Charts. Pandora Archive. Visitado em 15 de Dezembro de 2010.
  58. Jaaroverzichten 2005 (Flanders) (em dutch) Ultratop 50. Hung Medien. Visitado em 15 de Dezembro de 2010.
  59. The best-selling single of 2006 in Italy hitparadeitalia.it. Visitado em 15 de Dezembro de 2010.
  60. Swiss Year End Charts 2006 hitparade.ch. Hung Medien. Visitado em 15 de Dezembro de 2010.
  61. UK Year-End Chart 2006 (pdf) The Official Charts Company. Visitado em 15 de Dezembro de 2010.
  62. The Billboard Hot 100 Singles & Tracks – 2006 Year End Charts Billboard Prometheus Global Media. Visitado em 15 de Dezembro de 2010.
  63. The Billboard Hot R&B/Hip Hop Singles & Tracks – 2006 Year End Charts Billboard Prometheus Global Media. Visitado em 15 de Dezembro de 2010.
  64. The Billboard Pop 100 – 2006 Year End Charts Billboard Prometheus Global Media. Visitado em 15 de Dezembro de 2010.
  65. RIAA Gold & Platinum Searchable Database - "Sweet Dreams" RIAA. Visitado em 20 de Novembbro de 2009.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]