Dínamo Vermelho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dínamo Vermelho
Crimson Dynamo Armor MK I.jpg

Anton Vanko como o Dínamo Vermelho original
Dados da publicação
Publicado por Marvel Comics
Primeira aparição Contos de Suspense #46
(outubro de 1963)
Criado por Stan Lee (escritor)
Don Heck (desenhista)
Características do personagem
Alter ego Anton Vanko (original)
Vários
Habilidades Varia com a versão, mas geralmente inclui: alta resistência a danos, superforça, descargas elétricas e voo. A 8ª versão poderia ser pilotada por controle remoto usando apenas seu capacete.
Projecto Banda desenhada  · Portal da Banda desenhada

O Dínamo Vermelho ou Dínamo Escarlate (russo: Багровый Динамо, Bagrovyj Dinamo; Crimson Dynamo no original) é o nome de várias personagens fictícias no Universo Marvel Comics, sendo a maioria deles supervilões. Os vários Dínamos Vermelhos têm sido agentes russos ou soviéticos usando armaduras poderosas que têm esbarrado com o Homem de Ferro, graças à "maldição" de sua carreira heroica. O Dínamo Vermelho original apareceu pela primeira vez em Contos de Suspense #46 (outubro de 1963).

Encarnações[editar | editar código-fonte]

Anton Vanko[editar | editar código-fonte]

O primeiro Dínamo Vermelho também foi o criador da armadura: Professor Anton Vanko (russo: Анто́н Ва́нко). Um cientista soviético (armênio de nascimento) com Ph.D em Física, Vanko era um dos maiores especialistas do mundo em eletricidade. A pedido do governo soviético, ele construiu um exoesqueleto motorizado capaz de realizar façanhas incríveis; a armadura Dínamo Vermelho permitia Vanko gerar e controlar eletricidade em todas as suas formas, permitindo-lhe disparar devastadores relâmpagos e voar utilizando propulsão eletromagnética.

Como o Dínamo Vermelho, Vanko foi encarregado pelo governo russo de derrotar o Homem de Ferro, a sua versão norte-americana, em batalha.[1] Depois de perder para o Homem de Ferro, Vanko fugiu para os Estados Unidos, com medo de que seus superiores fossem matá-lo por falhar. Vanko começou a trabalhar para Tony Stark como um de seus principais cientistas. Eventualmente, os dois se tornaram amigos, e Vanko desenvolveu orgulho e admiração por sua nova casa. Infelizmente, os soviéticos foram a procura de Vanko, assim como ele previu. A KGB enviou o seu melhor agente, a Viúva Negra, bem como Boris Turgenev, quem roubou a armadura e se tornou o segundo Dínamo Vermelho. Vanko morreu salvando Homem de Ferro, disparando com uma pistola instável e experimental de laser em Boris, matando-se no processo.[2]

Boris Turgenov[editar | editar código-fonte]

Boris Turgenov, o segundo Dínamo Vermelho, teve uma carreira muito curta como supervilão. Em sua primeira e única aparição, em Contos de Suspense #52 (abril de 1964), Turgenov foi para os Estados Unidos com a Viúva Negra para matar Anton Vanko, Tony Stark e Homem de Ferro (quem o público pensava ser um dos guarda-costas de Stark). Turgenov quase cumpriu a sua missão, praticamente derrotando o Homem de Ferro com a armadura roubada do Dínamo Vermelho. Ele foi morto por Vanko, que, sacrificando a própria vida pela causa da liberdade, disparou uma pistola a laser experimental e instável em Boris.

Tanto o sacrifício heroico de Vanko quando a morte de Turgenov foram revistos na minissérie do Homem de Ferro Enter the Mandarin, onde é revelado que Temugin (o filho do arqui-inimigo do Homem de Ferro, o Mandarim) testemunhou o evento.

Alex Nevsky[editar | editar código-fonte]

Alex Nevsky como o terceiro Dínamo Vermelho.

Alex Nevsky, o terceiro Dínamo Vermelho, apareceu pela primeira vez em Homem de Ferro #15 (julho de 1969). Nevsky foi o protegido esperançoso de Anton Vanko; ele admirou e respeitou muito o gênio científico de Vanko. No entanto, o governo soviético desacreditou Vanko depois que ele fugiu para o Ocidente, arruinando a carreira promissora de Nevsky. Enviado para o exílio por sua associação com o traidor, Nevsky cresceu odiando a União Soviética, bem como o Homem de Ferro por superar Vanko. Nevsky também procurou vingança contra Tony Stark, quem Nevsky sentiu que explorou Vanko sob o sistema capitalista norte-americano (não sabendo que Homem de Ferro e Stark eram a mesma pessoa). Disfarçado como Alex Niven, o brilhante novo cientista por detrás das Indústrias Cord, Nevsky planejou ajudar a esforçada concorrente a superar as Indústrias Stark no mercado.[3] A partir daí, Nevsky foi atrás do Homem de Ferro, superando-o com uma nova e melhorada armadura do Dínamo Vermelho. Enfim, ele trabalhou para enfraquecer Tony Stark, tendo um caso com Janice Cord, namorada de Stark na época e filha do diretor executivo das Indústrias Cord.

Depois de vestir a armadura de Dínamo Vermelho em público[4] , seus antigos mestres soviéticos enviaram o Homem de Titânio para matá-lo. Quando o Homem de Titânio matou Janice, Nevsky culpou o Homem de Ferro pela tragédia e jurou vingá-la.[5] Apesar de ter sido o Homem de Titânio o responsável pela morte de Janice, Nevsky foi forçado pelas circunstâncias a unir-se a ele e ao Homem Radioativo no Vietnã, onde os três fugitivos comunistas formaram o Trio Titânico.[6] Depois de desertar para o Vietnã, Nevsky fez uma última tentativa de matar o Homem de Ferro, que foi mais uma vez fracassada.[7] Como resultado, ele foi encontrado e assassinado pela KGB, que confiscou sua armadura para seus próprios propósitos.[8]

Yuri Petrovich[editar | editar código-fonte]

Yuri Petrovich, o quarto Dínamo Vermelho, apareceu pela primeira vez em Os Campeões #7 (agosto de 1976) como filho de Ivan Petrovich - um amigo da recém-aposentada Viúva Negra. Quando os agentes ocidentais (presumivelmente americanos) não conseguiram convencer Ivan a desertar para o Ocidente, eles assassinaram a mãe de Yuri; no caos que se seguiu, Ivan e Yuri um acreditava que o outro estava morto. Yuri foi trazido ao Ocidente, onde os agentes soviéticos, fingindo serem ocidentais, o ensinaram a odiar o Ocidente. Quando a Viúva Negra e Ivan fogem para os Estados Unidos, Yuri é "resgatado" pelos soviéticos, regressado à Rússia e treinado como um assassino da KGB. Foi-lhe dada a armadura do Dínamo Vermelho e foi enviado para matar a Viúva Negra e Ivan. Yuri e seus aliados (sua namorada Estrela Sombria, o Grifo, Rampage e o original Homem de Titânio) lutaram contra a Viúva Negra e seus companheiros de equipe, Os Campeões. Quando Yuri soube da verdadeira natureza de seus captores "ocidentais", ele enlouqueceu. Estrela Sombria uniu-se aos Campeões para deter Yuri, e depois que ele e seus outros aliados foram derrotados, é devolvido à Rússia, acusado pelo governo soviético e exilado em um campo de trabalhos forçados na Sibéria.[9]

Dmitri Bukharin[editar | editar código-fonte]

Dmitri Bukharin como o quinto Dínamo Vermelho usando a armadura de Yuri Petrovich.

A Dmitri Bukharin, o quinto Dínamo Vermelho, foi dada a armadura de Yuri por seus mestres na KGB. Ele se juntou aos Super-Soldados Soviéticos, mas foi expulso depois de seus companheiros de equipe decidirem cortar suas conexões com o governo soviético. Mais tarde, ele recebeu um novo traje.[10] Mais tarde, ele se juntou aos Soviéticos Supremos, um grupo de super-humanos que eram leais ao governo soviético; o grupo tornou-se Protetorado do Povo após o desmantelamento da URSS. Quando o novo governo confiscou sua armadura, lhe foi dado outro exemplar e adotou o codinome Airstrike. Pelos acontecimentos de Reinado Sombrio, no entanto, ele voltou a usar a identidade e a armadura do Dínamo Vermelho, ainda como um aliado do Homem de Ferro, em vez de inimigo.

De posse de Bukharin como o Dínamo Vermelho - de abril de 1978 (sua estreia em Homem de Ferro #109) até abril de 1990 - é a mais longa publicação de um Dínamo Vermelho, e ocorreu também durante as histórias seminais de Homem de Ferro como "Demônio na Garrafa" "Questão de Destino" e "Guerras Armadas". Como resultado, o Dínamo de Bukharin é muitas vezes considerado a versão definitiva da personagem.

Valentin Shatalov[editar | editar código-fonte]

Valentin Shatalov como o sexto Dínamo Vermelho.

Valentin Shatalov, um coronel-general do exército soviético e um agente da KGB, apareceu pela primeira vez em Homem de Ferro #255 (abril de 1990). Ele usou sua posição para obter o Dínamo Vermelho de Dmitri Bukharin para seu próprio uso. Ele foi o fundador da Remont-4, um grupo de super-humanos russos que procurava retornar a União Soviética ao stalinismo. Shatalov e seus aliados (o ciborgue Firefox, o Unicórnio original, entre outros) recrutaram o Homem de Titânio original para a sua causa. O Remont-4 lutou contra os Super-Soldados Soviéticos e um grupo de mutantes exilados russos, além do Homem de Ferro.[11]

Na primeira aparição de Shalatov como o Dínamo, ele estava em uma sessão de treinamento com o Devastador na Rússia ao mesmo tempo em que o Homem de Ferro encontrava um mutante fora de controle autoproclamado Freak Quincy em Los Angeles. Os poderes fora de controle de Quincy tocaram em um satélite do Devastador conectado ao outro lado do mundo, que fez trocar as mentes de Stark e Shalatov. Sua familiaridade com a armadura do Homem de Ferro fez Shalatov disparar raios de pulso que destruíram os braços de Quincy, embora o mutante tenha sobrevivido. Depois de Stark e Shalatov lutarem para recuperar suas identidades, Shalatov conseguiu pegar o hospitalizado Quincy para recriar a transmissão que trocou suas mentes. Por respeito a Stark, Shalatov não revelou a identidade do Homem de Ferro.[12]

Algum tempo depois da queda da União Soviética, Shalatov recebeu uma armadura atualizada do Dínamo, menos volumosa do que o modelo de Bukharin e com detalhes em prata; esta foi a primeira armadura de Dínamo que não era completamente vermelha. Shalatov mais tarde conheceu Tony Stark em pessoa, quando este viajou para a Rússia para supervisionar a abertura da primeira filial das Indústrias Stark no país, e revelou a Stark que ele tinha mantido a sua identidade de Homem de Ferro em segredo. A viagem de Stark à Rússia foi interrompida pela fúria do Homem de Titânio, Boris Bullski, que ainda não conseguia aceitar a nova Rússia, e viu a presença de Stark em sua terra natal como uma afronta a tudo o que ele acreditava que a URSS representava. Enquanto o Homem de Titânio lutava contra o Homem de Ferro, a Viúva Negra e o Dínamo, Shalatov quebrou a perna. Ele implorou ao Homem de Ferro para terminar a luta com Bullski, já que ele pressentia que ter o Vingador Americana derrubando um ex-herói soviético seria muito prejudicial para o moral de seu país. Stark se ofereceu para vestir a armadura de Dínamo no lugar de Shalatov, e com ajuda via rádio de Shalatov e da Viúva, lutou contra Bullski. Quando Bullski se recusou a render-se, Shalatov cancelou o controle de Stark da armadura do Dínamo, disparando uma explosão que matou Bullski. Shalatov levou a culpa com seus superiores, que queriam recuperar Bullski vivo, e ele foi destituído de suas funções como o Dínamo Vermelho.[13]

Como muitos dos vilões da era da Guerra Fria do Homem de Ferro, o Dínamo Vermelho caiu em um grau de obscuridade após a dissolução da União Soviética. Desde Shatalov, houve sete pessoas que vestiram o traje do Dínamo Vermelho, quase todos eles anônimos, inimigos de curta duração ou senão desprezíveis.

Gregar Valski[editar | editar código-fonte]

O sétimo Dínamo Vermelho era um homem desconhecido usando a antiga armadura de Dmitri Bukharin. Sua habilidade com a armadura era mínima, e ele foi habilmente derrotado por Nick Fury e Capitão América.

Gennady Gavrilov[editar | editar código-fonte]

Gennady Gavrilov como o oitavo Dínamo Vermelho.

Na série de seis edições da Marvel Epic de 2003 "Dínamo Vermelho", Gennady Gavrilov, um colegial russo, tornou-se o oitavo Dínamo Vermelho depois que ele descobriu o capacete de um traje desenhado por Anton Vanko - uma "unidade Beta", baseada mas aprimorada na original, com seu próprio satélite de recarga em órbita. Acreditando que o capacete seja um sistema de jogo sofisticado, Gavrilov fez a armadura "adormecida" despertar e fazer o seu caminho em direção ao capacete, inadvertidamente deixando um rastro de destruição. Ele teria, eventualmente, embora brevemente, vestido a armadura inteira em um impasse com os militares russos. Ele manteve a armadura.[14]

Dínamo Vermelho IX[editar | editar código-fonte]

O nono Dínamo Vermelho apareceu na minissérie Guerra Secreta como um membro do exército de vilões de Lucia von Bardas, o qual ela criou para derrotar os Vingadores. Esta armadura do Dínamo foi criada pelo Consertador.

Dínamo Vermelho X[editar | editar código-fonte]

O décimo Dínamo Vermelho é introduzido em Homem de Ferro vol. 4 #7 (junho de 2006), onde ele é apreendido pelo Homem de Ferro depois de tentar assaltar um banco. Mais tarde, foi revelado que esta armadura tinha sido comprada no mercado negro, e que os projetos para a tecnologia baseada no Dínamo Vermelho têm estado à venda por um tempo.

Dínamo Vermelho XI[editar | editar código-fonte]

O décimo primeiro Dínamo Vermelho era um membro da "Geração Alfa de Super-Soldados Soviéticos", um grupo de super-humanos russos colocados em estase criogênico após o fim da Guerra Fria. Durante uma luta entre a Ordem e o Homem Infernal, o membro da Ordem, Corona, iniciou uma enorme explosão que despertou os Super-Soldados. Este Dínamo Vermelho foi aparentemente destruído pelos membros da Ordem, Supernauta e Aralune.

Boris Vadim[editar | editar código-fonte]

Boris Vadim, o décimo segundo Dínamo Vermelho, aparece pela primeira vez na edição de estreia de Hulk vol. 2 (março de 2008). Uma equipe sancionada à SHIELD consistida em [Homem de Ferro]], Doc Samson e Mulher Hulk, encontra a Guarda de Inverno, uma equipe de super-heróis russos da qual Vadim é membro, enquanto investigava o aparente assassinato do Abominável na Rússia.[15] Em Máquina de Combate: Arma da SHIELD, Vadim foi visto ignorando as ordens de seus superiores e ajudando a Máquina de Combate a derrotar os invasores Skrulls.[16] Mais tarde, ele foge para os Estados Unidos em busca de asilo político, juntando-se ao grupo de mercenários do Hulk Vermelho.[17] Algum tempo depois, enquanto lutando contra o mutante Igor Drenkov, Vadim é devorado.[18]

Galina Nemirovsky[editar | editar código-fonte]

Galina Nemirovsky, uma jovem mulher, substituiu Boris Vadim se tornando o décimo terceiro Dínamo Vermelho.[19] Ela é considerada por seus mestres russos como sendo um dos melhores pilotos do Dínamo Vermelho de todos, e era uma graduada do programa "Dínamo Federal".[20]

Galina foi recrutada pelo Mandarim e Zeke Stane para se juntar aos outros vilões do Homem de Ferro em um complô para derrubar o herói. Mandarim e Zeke Stane deram a Galina uma armadura nova do Dínamo Vermelho.[21]

Poderes e habilidades[editar | editar código-fonte]

O Dínamo Vermelho veste um traje blindado de batalha que serve como um exoesqueleto, fornecendo ao piloto força e durabilidade sobre-humanas. A camada exterior do traje era composta de uma liga de carborundum e está equipado com ​​blasters manuais que podem disparar relâmpagos de alta frequência, mísseis pequenos contidos na parte de trás do ombro da armadura, computadores e transmissor e receptor de rádio, botas a jato que permitem o voo. Versões subsequentes do traje têm apresentado atualizações de vários tipos, tanto pelo Gremlin quanto por outros cientistas russos. Como Dínamo Vermelho, a versão de Valentin Shatalov da armadura era equipada com uma poderosa arma de fusão montada no peito.

Outras versões[editar | editar código-fonte]

Heróis Renascem[editar | editar código-fonte]

No universo de Heróis Renascem, criado por Franklin Richards, Vanko Anton/Dínamo Vermelho aparece como um membro dos Mestres do Terror de Loki.[22] Ele foi visto pela primeira vez junto ao Homem de Titânio como um defensor da Rússia. Quando Homem de Ferro e Rebelde O'Reilly viajaram sobre o espaço aéreo russo para chegar à sede da Hidra, os dois esbarram no Dínamo e no Homem de Titânio. Homem de Ferro iria facilmente derrotá-los em combate com a tecnologia superior dentro de sua Armadura Prometeu.

Mais tarde, o Dínamo Vermelho e o Homem de Titânio seriam contratados pelo Cavaleiro Negro para unirem-se aos Mestres do Terror.[23]

Zumbis Marvel[editar | editar código-fonte]

O Dínamo Vermelho foi morto e devorado por seu inimigo zumbificado, o Homem de Ferro, em Zumbis Marvel 2.

Guerra Civil: Dinastia M[editar | editar código-fonte]

Em Dinastia M, a versão de Yuri Petrovich era membro dos Super-Soldados Soviéticos.[24]

Ultimate Dínamo Vermelho[editar | editar código-fonte]

No universo de Ultimate Marvel, duas versões do Dínamo Vermelho existem:

Os Supremos continham Alex Su (um Dínamo Chinês) como um membro dos Libertadores. Baseado em tecnologia similar à de Tony Stark, ele não conseguia sair de sua armadura, sendo fundido dentro dela, mas pode, supostamente, usar isso para controlar versões de drones gigantes (que foram revelados sendo pilotados independentemente). Ele, aparentemente, foi morto quando Tony Stark o vaporiza enquanto pilota a maciça aeronave Homem de Ferro Seis.[25]

O Major Valentin Shatalov aparece em Ultimate Quarteto Fantástico #47. Ele é baseado em uma chácara na Sibéria, e estava aparentemente fora de contato com seus superiores por um longo tempo, tornando-se totalmente independente. Quando lhe é dada a ordem para reativar sua armadura, ele se esquece do procedimento correto e seu contato nem mesmo tinha certeza de que ele ainda estava vivo. Reed Richards relata que este Dínamo Vermelho é uma "versão do Homem de Ferro do Bloco Oriente", fazendo da mais recente versão Ultimate extremamente parecida com a personagem original. Ele uniu forças com o Quarteto Fantástico para derrotar o Fantasma Vermelho.[26]

Em outras mídias[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

  • Dínamo Vermelho aparece na parte do Homem de Ferro de The Marvel Super Heroes. O episódio em que ele aparece é baseado na sua primeira aparição nos quadrinhos.
  • Dínamo Vermelho aparece em dois episódios da série animada Homem de Ferro: "Not Far From the Tree" e "The Armor Wars (Parte 1)". A armadura é visualmente associada à de Valentin Shalatov; no entanto, Tony se refere a ele como "Yuri", indicando que seja Yuri Petrovich.
  • Dínamo Vermelho aparece na série animada Iron Man - O Homem de Ferro. Inicialmente, a armadura aparece no episódio "Iron Man vs. Crimson Dynamo", e era pilotada por Ivan Vanko. Ela aparece de novo no episódio "Seeing Red", desta vez pilotada por um homem chamado O'Brian. No episódio "Enter: Iron Monger", algumas cópias (presumivelmente controladas por controlo remoto) do traje são destruídas pelo Monge de Ferro.
  • O Dínamo Vermelho de Valentin Shalatov aparece em Esquadrão de Heróis no episódio "Histórias de Suspense".
  • O Dínamo Vermelho de Anton Vanko[27] aparece em Os Vingadores: Os Super-Heróis mais Poderosos da Terra. Esta versão é membro dos Mestres do Mal (Terror).

Cinema[editar | editar código-fonte]

Video games[editar | editar código-fonte]

Música[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Contos de Suspense #46
  2. Contos de Suspense #52
  3. Homem de Ferro, vol. 1, #15
  4. Homem de Ferro #21
  5. Homem de Ferro #22
  6. Vingadores #130
  7. Homem de Ferro #73
  8. De acordo com o Official Handbook of the Marvel Universe
  9. Os Campeões #8-10
  10. Nos bastidores entre Guerras Secretas II #7 e X-Factor Anual #1
  11. Homem de Ferro #255
  12. Homem de Ferro #316
  13. Homem de Ferro #317
  14. Dínamo Vermelho #1-6
  15. Hulk vol. 2 #1
  16. O Invencível Homem de Ferro #35
  17. Hulk #14
  18. Hulk: Guarda de Inverno #0
  19. Hulk: Guarda de Inverno #1
  20. Estrela Sombria & A Guarda de Inverno #1
  21. O Invencível Homem de Ferro #513
  22. Homem de Ferro vol. 2 #10
  23. Homem de Ferro vol.2 #10
  24. Guerra Civil: Dinastia M #2
  25. Os Supremos 2 #6-13
  26. Ultimate Quarteto Fantástico #47
  27. [1]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre animação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.