DJ Jazzy Jeff

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde junho de 2010).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Emblem-scales.svg
A neutralidade desse artigo (ou seção) foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão. (desde novembro de 2009)
Justifique o uso dessa marca na página de discussão e tente torná-lo mais imparcial.
Jeffrey Allen Townes
Thejazzyjeff.jpg
Informação geral
Nome completo Jeffrey Townes
Nascimento 22 de Janeiro de 1965 (49 anos)
Origem Filadélfia, Pensilvânia, Estados Unidos
Gênero(s) Hip hop, R&B
Período em atividade 1986 – atualmente
Outras ocupações Produtor musical, DJ
Afiliação(ões) DJ Jazzy Jeff & the Fresh Prince
Página oficial http://www.djjazzyjeff.com/

Jeffrey Allen Townes, também conhecido como DJ Jazzy Jeff (Filadélfia, Pensilvânia, Estados Unidos; 22 de janeiro de 1965), é um produtor musical estadunidense de hip-hop e R&B. Atuou como ator na série de televisão estadunidense The Fresh Prince of Bel-Air.

"Jazzy Jeff" Townes, nasceu em West Filadélfia em um meio doméstico muito musical e desenvolveu seu amor por música em uma idade precoce. Jazzy tinha apenas 10 anos quando começou a "rodar" discos em festas utilizando o porão da sua família como um terreno de treinamento para seus remixes. Jeff tinha se matriculado na John Bartram Highschool. Suas habilidades como DJ tinham progredido a um nível em que ele começou a fazer shows no quarteirão que morava na Filadélfia. Foi através desses shows que ele rapidamente ganhou reputação, seu nome passou a ficar conhecido por todo o meio artístico da sua cidade natal. Não foi só o ouvido de Jeff para tocar as músicas apreciadas nas festas mas também mostrava boa técnica para mixar discos. Não era de aparecer, preferindo ser conhecido pelo seu trabalho com as mãos. Jeff andou com muitas equipes pela Filadélfia mas foi em 1985, quando conheceu Will Smith em uma festa, que se estabeleceria definitivamente como artista a nível nacional.O MC regular de Jeff se ausentara e Will o substituiu, produzindo uma química instantânea com Jeff. Partilhavam o mesmo tipo de humor. Até ao verão de 1986, Will e Jeff tinham formado uma dupla e lançaram o single "Girls Ain't Nothin But Trouble". A dupla foi chamada de "DJ Jazzy Jeff & the Fresh Prince". Essa foi a primeira canção de hip-hop a tocar como tema em um programa de TV americano. Durante este tempo, Jazzy Jeff entrou na DMC 1986 New Music Seminar. O DJ de Filadélfia não era conhecido como participante de competições entre DJs, mas suas rotinas impressionaram e ele venceu o campeonato.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Tendo feito a sua marca no seminário de músicas em apenas um ano Jive / Zomba deram a primeira palavra sobre o contrato que Will e Jeff assinaram . Agora,no auge, DJ Jazzy Jeff & The Fresh Prince lançaram o álbum "Rock The House" em 1987 [1] . O disco continha um dos primeiros cds de hip-hop dedicado ao DJ, "The Magnificient Jazzy Jeff." Neste CD Jeff exibiu todas as suas habilidades e popularizou o "scratch transformador", ao ser o primeiro a usá-lo na produção de um cd. Sua própria invenção, o "chirp scratch", também foi exibido (o nome foi dado por Jeff que achava que parecia com o canto de um pássaro). O álbum incluía "A Touch of Jazz", que foi uma das primeiras músicas do gênero Jazz rap.

Em 1988, DJ Jazzy Jeff & The Fresh Prince lançaram "Ele é o DJ, Eu Sou o Rapper"[2]. O cd foi um dos primeiros do hip hop com duplo LP. A primeira parte foi concentrada nos versos de Fresh Prince, enquanto a outra trazia a perícia de Jeff como DJ. O segundo single a partir do segundo álbum, "Parent's Just Don't Understand", se tornou um enorme sucesso,sendo tocado regularmente na MTV. O sucesso do nomeado "His The DJ"[3] foi um dos mais vendidos álbuns de rap da época, ganhando rapidamente disco duplo de platina. O cd foi um dos primeiros a prestar homenagens aos DJ's e a Jeff, e foram ouvidos mundialmente. Muitos novos artistas começara a imitar Jeff e muitos DJ's citavam os primeiros álbuns de DJ Jazzy Jeff & Fresh Prince como a causa de escolherem a carreira de DJ.

Em 1989 Jazzy Jeff & The Fresh Prince lançaram,com vendas que lhe dariam discos de ouro, o terceiro álbum, "And In This Corner"[4]. O segundo single a partir do álbum, "The Groove" , teve remix com Grover Washington Jr. Esta foi uma das primeiras colaborações de um artista de Jazz e um grupo de rap.

Entretanto, Jazzy Jeff continuou a desenvolver sua arte como DJ. Ele se tornou o primeiro DJ patrocinado e projetou o primeiro Remixer para tocar o "Gemini 2200" ou Jazzy Jeff Signature Séries.

Em 1990, Fresh Prince conversou com Quincy Jones e o canal NBC para estrelar um sitcom, "The Fresh Prince of Bel Air". Jeff se juntou com Fresh Prince no elenco do programa de TV e interpretou "Jazz", o melhor amigo de Will, por todos os 6 anos de exibição do programa. Enquanto o primeiro amor de Jazzy foi a música, ele abriu exceção ao papel na TV, e rapidamente se tornou favorito dos fãs do programa.

Ao mesmo tempo que estreava com "Fresh Prince of Bel Air", Jeff criou sua própria produtora, "A Touch of Jazz" , em 1990 na Filadélfia. Jovens produtores, tais como James Poyser e Vikter Duplaix rapidamente aderiram ao empreendimento e começaram a trabalhar em vários projetos.

Em 1991, Jazzy Jeff & Fresh Prince lança o quarto álbum, "Homebase."[5]. Nesse disco foi incluída a canção "Summertime", que foi para quarto lugar na parada de sucessos. Em 1993, Jazzy Jeff & Fresh Prince lançaram seu quinto e último álbum juntos, "Code Red."[6]. A canção, "Boom! Shake The Room", foi o terceiro Rap a alcançar o número 1 no Reino Unido e também foi a primeira em vendagens em toda a Europa e Ásia. Nessa época, Jazzy Jeff & Fresh Prince ja tinham lançado 5 álbuns em 7 anos, venderam 14 milhões de cds juntos, e ganharam 2 Grammys e 3 American Music Awards.

Como Will começou a focar sua carreira na televisão e cinema, Jeff continuou trabalhando no desenvolvimento de A Touch of Jazz. Além disso, em 1993, Jeff se tornou um porta-voz para a empresa Starter Gear onde aparecia ao lado de estrelas como Rodney Dangerfield e Janet Jackson.

A Touch of Jazz trabalhou no primeiro disco solo de Will Smith, "Big Willie Style"[7], em 1997. Em 1998 Jazzy Jeff assinou um contrato solo com Columbia Records. Ele gravou um álbum que incluiu faixas com artistas como Masta Ace, Eminem e De La Soul. Infelizmente, a Sony optou por arquivar seu trabalho com o hip-hop, queriam algo mais "comercial".

Este contratempo não impediu de continuar seu trabalho com A Touch of Jazz. Em 1998, trabalhou com artistas como Tatyana M. Ali (a Ashley de Fresh Prince of Bel Air) e Kenny Lattimore. Em 1999 Jazzy Jeff e sua produtora A Touch of Jazz trabalharam no segundo álbum solo de Will Smith, "Willennium"[8].

Em 2000, A Touch of Jazz trabalhou em um álbum de uma cantora de soul, também de Filadélfia, chamada Jill Scott. Todo o álbum foi gravado em A Touch of Jazz e Jazzy Jeff atuou como produtor executivo. "Who's Jill Scott" foi lançado e recebeu dupla platina. O álbum fez A Touch of Jazz ganhar reconhecimento mundial 10 anos após Jazzy Jeff ter começado a instalação dessa sua produtora. Logo A Touch of Jazz estava trabalhando com artistas como Musiq Soulchild, Dave Hollister, Cidade Alta, Floetry, Lil Kim & Michael Jackson.

Jeff ficou ocupado supervisionando A Touch of Jazz durante esses anos, mas no final de 2001 BBE pediu para Jeff produzir um disco solo, como parte da sua geração beat, que incidiu sobre os produtores. Jeff ganhou liberdade total de criatividade algo que ele não poderia fazer com a Sony e mergulhou no projeto.

Seu primeiro disco solo "The Magníficient", foi lançada em agosto de 2002. O álbum caracterizou as marcas registradas de Jeff como arranhões e uma variedade de MCs e artistas que estavam trabalhando na A Touch of Jazz. O álbum continha hip-hop, soul e house, faixas em que Jeff exibida a versatilidade como artista e produtor. O álbum transformou-se em sucesso.

Com o sucesso de "The Magníficient", promotores começaram a convidá-lo e Jeff saiu em turnê para promover o álbum em 2003. Jeff tinha completado a trajetória na carreira, voltando a "rodar" discos exatamente como no inicio.

Em 2004, Jazzy Jeff lançou seu primeiro CD oficial, "Hip Hop Forever II" para a BBE. O álbum demonstrou as marcas registradas de Jeff e muitos clássicos de hip hop esquecidos. Em novembro de 2004, Jeff lançou outro CD, "Jazzy Jeff In The House". A filosofia de Jazzy sempre foi de um DJ tocar todos os tipos de música. Em "In The House" ele mostrou que poderia mesclar house tão bem como fazia com hip-hop e soul. Jeff também continuou viajando, se apresentando por toda a Europa, Ásia e América.

Em 2005, Jeff comemorou seus 20 anos de colaboração com Will Smith ao trabalhar no lançamento do quarto solo "Lost & Found."[9] O álbum caracteriza as produções e arranhões de Jazzy Jeff. Jeff & Will também voltaram a realizar juntos vários shows e premieres. Jeff também começou a trabalhar no seu segundo disco solo, "The Return of The Magníficient".

Jazzy Jeff, continua a representar os DJs durante todos os seus discos, mix tapes, e shows ao vivo. Seu amor pela música brilha em todos os projectos, quer seja com Will Smith, Jill Scott, ou o seus próprios discos solo. Ao longo de sua carreira Jeff tem conseguido muitas realizações, mas ele é um homem humilde, e continuara a fazer o que ama até quando quiser.

Referências