DQS

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Deutsche Gesellschaft zur Zertifizierung von Managementsystemen
DQS
(Associação Alemã para Certificação de Sistemas de Gestão)
Tipo GmbH (Limitada de acordo com a legislação alemã)
Indústria Serviços de auditoria e certificação
Fundação 1985
Sede Frankfurt/Main,  Alemanha
Pessoas-chave Stefan Heinloth (porta voz), Michael Drechsel, Ganesh Rao
Empregados 2800, destes 2400 auditores (2014)
Faturamento 105 milhões de Euros (2013)
Página oficial http://www.dqs-ul.de http://www.dqs.com.br

A DQS Holding GmbH com sede em Frankfurt/Alemanha é a holding das empresas do grupo DQS-UL. As atividades principais incluem a avaliação de processos de negócios de qualquer natureza e a certificação de sistemas de gestão.

História[editar | editar código-fonte]

A DQS foi fundada em 1985 como primeira empresa certificadora alemã em Frankfurt/Alemanha[1] . O objetivo principal dos dois sócios fundadores DGQ (Deutsche Gesellschaft für Qualität e. V. / Associação Alemã para Qualidade) e DIN (Deutsches Institut für Normung e. V. / Instituto Alemão de Normalização) foi um incentivo a economia alemã.

A fundação da empresa coincidiu com a publicação das primeiras propostas da série de normas ISO 9000 que inclui a norma ISO 9001, a norma de qualidade de maior importância mundial. No ano 1986 (um ano antes da publicação final) a DQS emitiu como primeira certificadora na Alemanha um certificado de acordo com a ISO 9001. Após a fusão com a divisão Management Systems Solutions (MSS) da certificadora americana Underwriters Laboratories Inc. em março de 2008, o grupo DQS-UL-Gruppe se tornou uma das maiores certificadoras de sistema do mundo.

Estrutura organizacional[editar | editar código-fonte]

A DQS Holding GmbH lidera uma rede de mais de 80 escritórios em mais de 60 países, com capacidade de realizar projetos internacionais. Os aproximadamente 20.000 clientes do grupo DQS-UL representam mais de 47.000 unidades certificadas em cerca 100 países em quase todos os ramos de negócio.

O grupo de empresas possui mundialmente cerca de 2.800 funcionários, destes aproximadamente 2.400 auditores. Fazem parte das maiores empresas do grupo a UL DQS Inc. (USA), a DQS do Brasil Ltd., UL DQS Japão, a DQS Medizinprodukte (equipamentos médicos) GmbH assim como a DQS GmbH na Alemanha.

Serviços[editar | editar código-fonte]

As empresas do grupo orientam seus serviços pelas necessidades de cada mercado e nas expectativas e necessidades dos clientes. Fazem parte do portfólio dos serviços do grupo DQS-UL-Gruppe auditorias para clientes de todos os ramos de atuação, auditorias de acordo com requisitos de clientes ou setores específicos, assim como certificações baseadas em mais de 100 normas nacionais e internacionais[2] .

As mais relevantes normas e serviços são:

Além disso são prestados serviços de auditoria de sistemas de gestão de riscos, sustentabilidade, proteção de dados, saúde e serviços sociais, excelência do negócio a sistemas integrados de gestão.

Modo de trabalho[editar | editar código-fonte]

O modo de trabalho do grupo tem uma particularidade: Os serviços são prestados na sua maioria por auditores externos (subcontratados), que são especialistas no ramo de atividade dos clientes auditados. Assim, junto com uma profunda experiência em certificações, é assegurado um foco prático das atividades e um conhecimento atualizado no ramo específico do cliente.

Rede[editar | editar código-fonte]

A DQS é sócio-fundadora da maior rede internacional de empresas certificadoras IQNet (International Quality Network), fundada em 1990. O objetivo principal dessa rede, que inclui atualmente 36 empresas parceiras, é o reconhecimento mútuo e mundial dos certificados dos seus membros. O diretor executivo da DQS Holding GmbH, Michael Drechsel, é o atual presidente do IQNet.

Referências

  1. Wolfgang Hansen: Zertifizierung und Akkreditierung von Produkten und Leistungen der Wirtschaft, Carl Hanser Verlag München Wien, 1993, p. 155, ISBN 3-446-17108-8
  2. Wirtschaft: Zertifizierer DQS aus Frankfurt auf Wachstumskurs, Frankfurter Allgemeine Zeitung, 17. Juli 2008, p. 44

Ligações externas[editar | editar código-fonte]