DTS

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Abril de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

DTS (sigla para Digital Theater Systems) é tanto uma família de formatos de áudio multi-canal e o nome da empresa que os criou para fins comerciais, domésticos e/ou teatrais. É usado em filmes, em DVD, e durante os últimos anos várias mídias foram criadas com esse formato de som. Tem como seus principais concorrentes os formatos criados pela Dolby.

Tecnicamente, seu significado é diferente entre doméstico e comercial/teatral: o primeiro é um formato sofisticado de compressão perceptiva híbrida e compressão de sinal-redundância, enquanto o segundo é um sistema de compressão tradicional ADPCM.

Website comercial DTS: http://www.dts.com/; Website tecnologia de cinema - Datasat Digital Entertainment: http://datasatdigital.com/

História[editar | editar código-fonte]

Um dos investidores iniciais na Digital Theater Systems foi o diretor Steven Spielberg, por entender que os sistemas multi-canais da época não tinham qualidade suficiente. Assim, em 1991, quatro anos depois da Dolby Labs (principal concorrente da DTS) ter iniciado o desenvolvimento do Dolby Digital, começava o desenvolvimento do padrão DTS. A estréia do DTS no cinema ocorreu em 1993, com o filme Jurassic Park. A versão básica e mais comum do formato (DTS) é a de 5.1 canais, suportando 5 canais primários e 1 de graves, referido a LFE (Low Frequency Effects - Efeitos de Baixa Freqüência).

Outra novíssima variante do DTS 5.1 é o suporte de até 7 canais primários de audio (DTS-ES), 7.1. Os principais competidores do DTS em audio multicanal são o Dolby Digital e SDDS, contudo, somente Dolby Digital e DTS são usados em DVDs e implementados em home theaters. Spielberg inaugurou o formato em 1993 com seu filme Jurassic Park, alguns anos depois a oficial inauguração da Dolby Digital foi com Batman Returns. Jurassic Park tornou-se também o primeiro home vídeo a conter DTS sound quando foi realizado com a Laserdisc em janeiro de 1997.

Tipos DTS[editar | editar código-fonte]

  • DTS-ES

6.1 canais

  • DTS Neo:6

como Dolby Pro Logic IIx, pode transformar o conteúdo estéreo em som 5.1 canais ou 6.1 canais

  • DTS Neo:X

como Dolby Pro Logic IIz, pode transformar o conteúdo estéreo, 5.1, 6.1 ou 7.1 em som 11.1 canais, adicionado frontais altos e frontais largos

  • DTS 96/24

5.1 canais / 96 KHz / 24 bits

  • DTS-HD High Resolution Audio

até 7.1 canais / Taxa de bits constantes de 2 MBPS a 6 MBPS / 96 KHz / 24 bits

  • DTS-HD Master Audio

Sem limite de canais, sem compressão