Da Longevidade e Brevidade da Vida

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Da Longevidade e Brevidade da Vida (em grego clássico, Περὶ μακροβιότητος καὶ βραχυβιότητος; em latim, De longitudine et brevitate vitae) é um texto escrito pelo filósofo grego antigo Aristóteles e um dos Parva Naturalia. Aristótles explica em um curto capítulo que a corrupção dos entes físicos ocorre por dois motivos: ou por causa de possuírem um contrário ou por causa do ambiente em que vivem favorecer ou dificultar sua subsitência.[1]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia possui o:
Portal de Filosofia

Referências

  1. Fernando Rey Puente. Sentidos do tempo em Aristóteles. [S.l.]: Loyola, 2001. p. 236. ISBN 978-85-15-02354-7