Daddy Yankee

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Daddy Yankee
DaddyYankee.jpg
Informação geral
Nome completo Ramón Raymond Luís Ayala Rodríguez
Também conhecido(a) como Daddy Yankee, El Jefe, El Cangri, Tha King, Big Boss
Nascimento 3 de Fevereiro de 1977 (37 anos)
Origem San Juan
País  Porto Rico
Gênero(s) Reggaeton
Instrumento(s) Microfone
Período em atividade 1992 - atualmente
Gravadora(s) El Cartel Records
Interscope Records
Página oficial DaddyYankee.com

Raymond Ayala (nascido Ramón Luis Ayala Rodríguez, a 3 de Fevereiro de 1977, em Rio Piedras, San Juan, Porto Rico), popularmente conhecido como Daddy Yankee, é um cantor porto-riquenho de reggaeton, vencedor de um Grammy Award Latino. Daddy é famoso por gravar canções que estão tanto em espanhol quanto em inglês, sendo que a primeira é a mais usada. Ele era formalmente conhecido como Winchesta Yankee, nome que ele mudou conforme sua fama no reggaeton aumentou.

Carreira musical[editar | editar código-fonte]

Daddy antes de se envolver com o mundo da música, no começo dos anos 90, conheceu DJ Playero, um pioneiro no chamado "HipHop Latino". Seu talento aflorou como um hobby, em festas de amigos do bairro, a Villa Kennedy, um projeto habitacional em San Juan. Ao mesmo tempo de suas festas, eles estava também envolvido em algumas atividades ilegais [carece de fontes?] Por esse motivo ganhou inimigos na cidade, o que certa vez acabou o levando ao hospital, com uma bala na perna.[carece de fontes?] Esta experiência abriu os olhos de Ayala, e ele jurou encerrar suas atividades de vez. [carece de fontes?] Ayala então procurou a música como profissão integral e explorou o Reggaeton como seu estilo musical principal em uma época em que Rap e Hip-Hop eram norma em Porto Rico.

A persistência de Ayala por dez anos eventualmente se pagou. Sua ascensão subita a riqueza e fama foram resultado do hit Gasolina (que foi escrito por Eddie Dee e produzido pela dupla, Luny Tunes), de seu álbum de 2004, Barrio Fino. Este álbum vendeu mais de 2,000,000 cópias nos Estados Unidos e também vendeu muito bem na Ámerica Latina, assim como a Europa, Ásia e Austrália.

Ele já apareceu em mais de 70 álbuns, incluindo compilações como; "Más Flow 2" e "Blin Blin Vol. 1". Ele se apresentou com Nicky Jam do fim dos anos 90 ao começo dos anos 2000. Ele também se apresentou com Luny Tunes, DJ Blass, DJ Eric, Eliel, Nas, DJ Tony Touch, Lloyd Banks, Young Buck, Snoop Dogg e muitos outros.

Em 2005, Ayala foi escolhido para um filme da Paramount, "Talento de Barrio". Ayala diz que apesar de o filme não ser autobiográfico, ele representa a vida dele e de outros vivendo nas ruas da América Latina.[carece de fontes?]

Em 2006, Ayala apresentou sua própria linha de roupas, chamada DY. Ele também fez uma parceira com a Reebok para ter seus próprios sapatos e aparatos de esportes, que foram lançados em 23 de maio de 2006.

Ayala também apresenta "Daddy Yankee On Fuego", um show de radio transmitido pela Rede de Rádios ABC.

No DVD bônus de Barrio Fino En Directo, Ayala é lembrado dizendo que ele vai fazer de seu próximo lançamento, The Cartel: The Big Boss, um sucesso. Ele também avisa, "El Cartel, em breve."

Ele foi escolhido como uma das 100 pessoas que mais influenciam de acordo com a TIME magazine.[1]

Ayala tem faixas de participação no novo cd do Luny Tunes e Tainy, Mas Flow: Los Benjamins.

A rixa, ou Tiraera, de Ayala é seu rival de Reggaeton Don Omar e resultou no lançamento de várias músicas dedicadas um ao outro porque ambos se consideram "Rei do Reggaeton".

Ayala, com Andres Hernandez, é um dos donos da El Cartel Records.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns[editar | editar código-fonte]

Singles[editar | editar código-fonte]

  • 2001: "Tu Cuerpo En Mi Cama" (participação de Nicky Jam)
  • 2002: "Latigazo"
  • 2002: "Son Las Doce" (participação de Nicky Jam)
  • 2002: "Guayando" (participação de Nicky Jam)
  • 2002: "Muevete y Perrea"
  • 2003: "Gata Gangster" (participação de Don Omar)
  • 2003: "Seguroski"
  • 2003: "Party de Gangsters" (Babilonia)
  • 2004: "Cójela Que Va Sin Jockey Flow"
  • 2004: "Aquí Esta Tu Caldo Blin Blin Vol. 1" (Lançamento nas Rádios)
  • 2004: "Gasolina" (#1 EUA Billboard Latino, México (3), Espanha, França (9) Colômbia, #3 Itália, #7 Alemanha, #8 Reino Unido, #7 Japão, #12 Suíça)
  • 2004: "King Daddy"
  • 2004: "Lo Que Pasó, Pasó" (#2 EUA Billboard Latino)
  • 2004: "Salud y Vida"
  • 2004: "Like You" (#78 EUA Billboard Hot 100)
  • 2004: "Machete Los Anormales" (Lançamento nas Rádios)
  • 2005: "Corazones"
  • 2005: "Tu Principe" (participação de Zion y Lennox) (#35 EUA Billboard Latino)
  • 2005: "No Me Dejes Solo" (participação de Wisin & Yande])
  • 2005: "Rompe" (#1 EUA Billboard Latino, #24 EUA Billboard Hot 100)
  • 2005: "Mirame" (participação de Deevani) (Lançamento nas Rádios)
  • 2006: "Dale Caliente" (Ao vivo) (Lançamento nas Rádios)
  • 2006: "Gangsta Zone" (participação de Snoop Dogg)
  • 2006: "Machucando" (#2 EUA Billboard Latino)
  • 2006: "Rompe (Remix)" (participação de Lloyd Banks & Young Buck)
  • 2006: "Gangsta Zone (Remix)" (participação de Héctor El Father, Yomo, Angel Doze, Arcangel y De La Ghetto) (Lançamento nas Rádios)
  • 2006: "El Truco"
  • 2007: "Impacto"
  • 2007: "Impacto (Remix)" (participação de Fergie) (#95 EUA Billboard Hot 100)
  • 2007: "Ella me Levantó"
  • 2008: "Somos de Calle"
  • 2008: "Pose"
  • 2008: "Somos de Calle (Remix)" (participação de Arcangel, Mc Ceja, Baby Rhasta, De La Gheto, Voltio)
  • 2008: "Llamada de Emergencia"
  • 2010: "Descontrol"
  • 2010: "La Despedida"
  • 2011: "Ven Conmigo" - Daddy Yankee (participação de Prince Royce)
  • 2011: "Lovumba" - Daddy Yankee
  • 2012: "Guaya" - Daddy Yankee (participação de Arcangel)

Colaborações[editar | editar código-fonte]

  • 2002: "Mi Gatita y Yo" - Guanabanas (participação de Daddy Yankee)
  • 2002: "Haciendo Escante" - Nicky Jam (participação de Daddy Yankee)
  • 2002: "Tra Tra" - Hector & Tito (participação de Daddy Yankee, Don Omar, Voltio)
  • 2002: "Gata Salvaje" - Hector & Tito (participação de Daddy Yankee & Nicky Jam)
  • 2003: "Esta Noche Esta Buena" - Don Omar (participação de Daddy Yankee)
  • 2003: "Maulla" - Yaga & Mackie (participação de Daddy Yankee)
  • 2004: "Saoco" - Wisin (participação de Daddy Yankee)
  • 2004: "Yo Voy" - Zion y Lennox (participação de Daddy Yankee)
  • 2004: "What U Gon' Do (Latino Remix)" - Lil' Jon & The East Side Boyz (participação de Pitbull & Daddy Yankee)
  • 2005: "Oye Mi Canto" - N.O.R.E (participação de Daddy Yankee, Big Mato, Gem Star, & Nina Sky)
  • 2005: "Tempted To Touch (Remix)" - Rupee (participação de Daddy Yankee)
  • 2005: "Oh Man" - Sean Paul (participação de Daddy Yankee)
  • 2005: "Mayor Que Yo" - Daddy Yankee, Wisin & Yandel, Héctor El Father, Baby Ranks & Tony Tun Tun
  • 2005: "Quítate Tú Pa Ponerme Yo" - Eddie Dee (participação de Los 12 Discipulos)
  • 2005: "Drop It On Me" - Ricky Martin (participação de Taboo & Daddy Yankee)
  • 2005: "Mamacita" - Pharrell Williams (participação de Daddy Yankee)
  • 2005: "Rah Rah (Remix)" - Elephant Man (participação de Daddy Yankee & Pitbull)
  • 2006: "Paleta" - Wisin & Yandel (participação de Daddy Yankee)
  • 2006: "Taladro" - Eddie Dee (participação de Daddy Yankee)
  • 2006: "Mía" - Tito El Bambino (participação de Yankee)
  • 2006: "Se Activaron Los Anormales" - Divino (participação de Daddy Yankee)
  • 2006: "A Romper La Disco" - Tommy Viera (participação de Daddy Yankee)
  • 2006: "Caile (Remix)" - Tito El Bambino (participação de Daddy Yankee & Voltio)
  • 2006: "Me Matas (Remix)" - Rakim y Ken-Y (participação de Daddy Yankee)
  • 2006: "Agresivo (Remix)" - Arcangel & De LaGhetto, Jowell y Randy & Daddy Yankee)
  • 2006: "Royal Rumble" - Daddy Yankee, Wisin, Wise, Zion, Hector El Father, Yomo, Don Omar, Franco "El Gorila", Alexis & Arcángel
  • 2006: "Noche de Entierro" - Daddy Yankee, Wisin y Yandel, Hector El Father, Zion & Tony Tun Tun
  • 2007: "Impacto Remix" - Daddy Yankee (participação de Fergie)
  • 2007: "Cruet Valle - Genrardo (participação de DJ Gerry)
  • 2007: "Compadre" - KZ (participação de Daddy Yankee, Lil Wayne & Aztek Escobar)
  • 2007: "Lo Nuestro Se Fue - Ivy Queen (participação de Daddy Yankee, Wisin e Alex Rivera)
  • 2009: "Hasta Abajo Remix" - Don Omar (Participação de Daddy Yankee)
  • 2013: "'More than friends feat Daddy Yankee" - Inna (Participação de Daddy Yankee) 2014: Yandel feat Daddy Yankee - moviendo caderas

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Daddy Yankee | TIME. Visitado em 2007-05-12.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]