Daedalus (cratera)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cratera Daedalus fotografada pela tripulação da Apollo 11.

Daedalus é uma cratera lunar localizada no centro da face oculta da Lua, nas coordenadas 5,9ºS, 179,4ºE, possui um diâmetro de 93 quilômetros e uma profundidade de 3 quilômetros. Seu apelido originou-se da referência a Dédalo.

A parede interna forma terraços, e há um núcleo de picos no centro do solo relativamente plano. Devido a sua situação (protegida das emissões de rádio da Terra), já foi proposto como lugar para um futuro radiotelescópio, no qual aproveitaria a forma da cratera, a semelhança do radiotelescópio de Arecibo, mas a uma escala bastante maior.

Crateras satélites[editar | editar código-fonte]

Por convenção estas características identificam-se nos mapas lunares localizando a letra no ponto médio da borda da cratera próximas da cratera Daedalus.

Daedalus Latitude Longitude Diâmetro
B 4.1° S 179.8° W 23 km
C 4.1° S 178.9° W 68 km
G 6.6° S 177.4° W 33 km
K 8.3° S 178.5° W 24 km
M 8.1° S 179.5° E 13 km
R 7.7° S 175.2° E 41 km
S 6.8° S 172.9° E 20 km
U 4.2° S 174.9° E 30 km
W 3.5° S 177.5° E 70 km

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma cratera é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.