Daikatana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Daikatana
Desenvolvedora Ion Storm e Kemco (essa última, apenas nas versões do jogo para console)
Publicadora(s) Eidos Interactive e Kemco
Designer John Romero
Motor Quake II
Plataforma(s) PC, Nintendo 64, Game Boy Color,
Data(s) de lançamento 23 de Maio de 2000
Gênero(s) Tiro em Primeira Pessoa
Modos de jogo Single-Player, Multiplayer
Classificação Inadequado para menores de 17 anos i ESRB (América do Norte)
Mídia CD-ROM (PC), Cartucho (Nintendo 64 e Game Boy Color)

John Romero's Daikatana, ou simplesmente Daikatana, é um jogo de tiro em primeira pessoa desenvolvido pela Ion Storm e públicado pela Eidos Interactive. Foi lançado em 23 de Maio de 2000 para Windows, seu desenvolvimento foi liderado por John Romero. O jogo é conhecido por ser uma das maiores falhas comerciais da industria dos video-games. Daikatana foi mais tarde portado para Nintendo 64. Uma versão bem diferente do game, também foi portada para Game Boy Color. Uma versão para PlayStation também estava sendo produzida, mas acabou sendo cancelada durante o desenvolvimento.

A palavra Daikatana vem do Japonês, que significa "Grande Espada".

Controvérsia[editar | editar código-fonte]

Muito antes da versão final do jogo, ou seja, durante o desenvolvimento deste, Daikatana foi anúnciado de uma maneira ofensiva por John Romero, famoso pelo seu trabalho na Id Software por ter trabalhado na produção de grandes jogos como Wolfenstein 3D, Doom Quake, e outros. A revista Time fez um breve comentário dizendo que "Tudo o que o designer de jogos John Romero toca, vira ouro e sangue."

Um anúncio sobre o jogo, foi criado por Mike Wilson e relutamente aprovado por Romero. Esse anúncio era um poster vermelho com letras pretas que continha o o texto "John Romero está prestes a te fazer virar sua vadia" e mais em baixo, havia o texto "Chupe" entre o logotipo da Eidos Interactive e da Ion Storm. Esse anúncio sujou a imagem da empresa.

Romero mais tarde, veio se desculpar em uma entrevista dizendo: "Quanto a esse anúncio, sentia que tinha um bom relacionamento com o jogador e com a comunidade de desenvolvimento de jogos. Me arrependo e peço desculpas por isso. "

Referências[editar | editar código-fonte]

"Joelhos no fundo de um sonho: A História de Daikatana na Gamespot (em inglês)"