Dalmácio (césar)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dalmácio
César do Império Romano
Moeda com efígie de Dalmácio.
Governo
Reinado 19 de setembro de 3359 de setembro 337
Dinastia Constantiniana
Vida
Nome completo Flávio Júlio Dalmácio
(Flavius Julius Dalmatius)[1]
Morte 9 de setembro de 337[2]
Pai Flávio Dalmácio
Divisão do império pelos césares nomeados por Constantino.

Flávio Dalmácio (m. 9 de setembro de 337), também conhecido como César Dalmácio, foi um césar (335-337) do Império Romano e membro da dinastia constantiniana. Foi filho do meio-irmão de Constantino, Flávio Dalmácio e de sua esposa, cujo nome não é conhecido; seu irmão era Hanibaliano. Dalmácio era então sobrinho de Constantino, Júlio Constâncio e Flávio Hanibaliano.[3]

Juntamente com seu irmão foi para Tolosa onde residia seu pai. Lá foi educado pelo orador Exupério.[4] [5] Em 18 de setembro de 335 Dalmácio foi nomeado césar por seu tio Constantino - obviamente tinha a oposição do exército que sempre favoreceu a linha dinástica direta.[6] Provavelmente, no mesmo ano, seu irmão recebeu o título de Rex, tendo ele verificado se o príncipe cliente da Capadócia, na fronteira persa, ainda era leal ao império. Dalmácio controlava a Trácia, Acaia e Macedônia e presumivelmente teve sua residência em Naísso.[7] Nesta área - no baixo Danúbio - Dalmácio devia defender o reino contra os godos que na época representavam uma perigo permanente.[8]

Esta era uma área importante, especialmente à luz da campanha que Constantino havia planejado contra os persas, durante a qual ele não queria deixar a fronteira do Danúbio desprotegida.[9] Constantino, no entanto, morreu em 22 de maio de 337, antes de conseguir realizar a campanha. Sua morte foi seguida por agitação prolongada, durante a qual muitos parentes do imperador foram assassinados pelos militares. Dalmácio, seu pai e também seu irmão foram vítimas deste expurgo. Quando Dalmácio morreu exatamente é tão controverso quanto a questão de saber se as mortes foram provocadas pelos filhos de Constantino, ou apenas toleradas por eles.[10]

Referências

  1. Kienast 1996, p. 307
  2. Barnes 1981, p. 262
  3. The Siblings of Constantine I (em inglês). Página visitada em 07-10-2012.
  4. Dalmatius Caesar (335-337 A.D) (em inglês). Página visitada em 06-10-2012.
  5. Ausônio século IV, p. XVII; 8-11
  6. LIBER DE CAESARIBVS AVRELII VICTORIS HISTORIAE ABBREVIATAE (em inglês). Página visitada em 07-10-2012.
  7. Barnes 1982, p. 87
  8. Valois 1636, p. XXXV
  9. Bleckmann 1997, p. 288
  10. Klein 1999, p. 1–49

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Kienast, Dietmar. Römische Kaisertabelle. Grundzüge einer römischen Kaiserchronologie. [S.l.: s.n.], 1996.
  • Barnes, Timothy D.. The New Empire of Diocletian and Constantine. [S.l.: s.n.], 1982.
  • Valois, Henri. Anonymus Valesianus. [S.l.: s.n.], 1636.
  • Klein, Richard. Roma versa per aevum. Nova Iorque: [s.n.], 1999.