Dama de Rosa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dama de Rosa
Informação geral
Formato Telenovela
Duração 50 min. aproximadamente
Criador(es) José Ignacio Cabrujas
Izaguirre Boris
País de origem  Venezuela
Idioma original Espanhol
Produção
Produtor(es) Daniel Farías
Elenco Jeannette Rodríguez
Carlos Mata
Miguel Alcántara
Jaime Araque
ver mais
Tema de abertura «"Solo importas tú"» (por Franco De Vita)
Transmissão original 19871987
N.º de episódios 227

A Dama de Rosa é uma telenovela venezuelana, protagonizada por Carlos Mata e Jeannette Rodriguez em 1986. Foi escrita por José Ignacio Cabrujas e Izaguirre Boris, e dirigido por Luis Manzo e Tito Rojas. Foi transmitida pela RCTV. Foi uma versão livre do dramaturgo do clássico francês do século XIX,Os Miseráveis de Victor Hugo. Esta telenovela passou em Portugal no ano de 1997 na TVI.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gabriela Suárez, uma jovem estudante de teatro e animadora de uma equipa de basquetebol, começa a trabalhar na lavagem de carros com o fim de ajudar economicamente a sua família, o seu pai acabou de falecer e ela é a mais velha dos irmãos.

A auto-lavagem é propriedade de um célebre homem de negócios, Tito Clemente, que conhecerá Gabriela e com quem manterá um breve e apaixonado romance. Pouco tempo depois, Gabriela é incriminada falsamente por um delito de tráfico de drogas e é presa, sendo condenada a 12 anos de prisão.

Tito Clemente abandona-a à sua sorte, ignorando que ela espera um filho seu. Na prisão Gabriela Suárez planeia a sua fuga, a qual levará finalmente a cabo, ao cumprir sete anos de prisão. Um único objetivo anima a sua vida: vingar-se do homem que arruinou a sua vida. Para isso mudará a sua aparência física e usa uma nova identidade, de Imperatriz Ferrer, entra de novo na vida de Tito Clemente com a intenção de voltarem a namorar.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]