Dançaterapia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Dançaterapia pode ser definida como uma abordagem terapêutica corporal integrativa que estimula o movimento criativo e espontâneo do corpo. Tem como objetivo motivar a comunicação e a integração entre as pessoas e dessa forma proporcionar confiança para transformar a postura de impotência do eu não posso por uma atitude do corpo que diz: sim, eu sou capaz!

Esse sentido criador e a comprovação de que mesmo aqueles que tinham grandes dificuldades corporais podiam criar sempre e em espaços limitados, tornou possível que a frase, eu não posso fazer isso, fosse se transformando em sim, posso. (Fux, 1988, p.10)

É fundamentada no método criado pela bailarina e educadora argentina María Fux, há mais de meio século, nos valores humanos da Psicologia Transpessoal e inspirada nas tradições ancestrais que prezam pela sabedoria da natureza. As vivências em Dançaterapia são realizadas em grupos e também com atendimento individual nas quais são aplicadas propostas criativas que buscam trabalhar o autoconhecimento das pessoas, além do condicionamento físico, e auxiliá-las a superar desafios e viver mais felizes. (Loverro, 2013, p.48)

A Dançaterapia promove o autoconhecimento e o despertar das potencialidades adormecidas,a partir das partes sãs do corpo. É uma ponte de comunicação que permite o encontro entre as pessoas através do acolhimento e da aceitação, com alegria e respeito, dos movimentos dos participantes. Sua prática regular tem auxiliado na recuperação de inúmeras pessoas em busca do reencontro com o próprio corpo. Muitas das vivências utilizadas na Dançaterapia são fruto da experiência de décadas de vida de María Fux como bailarina e educadora, transformada numa metodologia criativa intitulada Dançaterapia.

Foi assim que, trabalhando criativamente no palco e, ao mesmo tempo dando aulas com esse material criador que há em mim, pude lentamente discernir uma linguagem corporal que me ajudou a ir ao encontro de crianças, adolescentes e adultos que buscavam na minha experiência a forma de reconhecer, de aceitar seu próprio corpo e de recuperá-lo. É esse movimento de reconhecimento corporal que tem me ajudado a reconhecer, através do movimento, essa linguagem que nos ajuda a transformar e melhorar aquilo que somos: a Dançaterapia. (Fux,1988, p.09) Autoria:Centro Brasileiro de Dançaterapia: www.dancaterapia.com.br

Ligações externas.[editar | editar código-fonte]

  • www.dancaterapia.com.br
  • www.dancaterapia.org.br
  • www.dancaterapia-dmt.com.br
Ícone de esboço Este artigo sobre dança é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.