Dan Castellaneta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes fiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes fiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes fiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Dan Castellaneta
Castellaneta em uma sessão de autógrafos em 2004.
Nome completo Daniel Louis Castellaneta
Nascimento 29 de outubro de 1957 (57 anos)
Oak Park, Illinois, Estados Unidos
Nacionalidade Estados Unidos
Ocupação Ator
Dublador
Comediante
Cônjuge Deb Lacusta
Atividade 1986-presente
Emmy Awards
Melhor Dublagem
1992 - The Simpsons
1993 - The Simpsons
2004 - The Simpsons
2009 - The Simpsons

Daniel Louis "Dan" Castellaneta (Oak Park, Illinois, 29 de Outubro de 1957)[1] é um ator ítalo-americano de teatro, cinema e televisão, comediante, dublador e escritor de televisão. Ele é mais conhecido por sua dublagem de longa duração de Homer Simpson na série animada Os Simpsons. Ele também dubla muitos outros personagens de Os Simpsons, incluindo Abraham "Vovô" Simpson, Barney Gumble, Krusty, o Palhaço, o zelador Willie, o prefeito Quimby e Hans Moleman.

Nascido no subúrbio de Chicago de Oak Park, Illinois, Castellaneta começou a tomar aulas de teatro bem novo. Ele ouvia os discos de comédia de seu pai e fazia imitações de artistas. Após graduar-se em Universidade de Northern Illinois, Castellaneta juntou-se a The Second City de Chicago, em 1983, ficando com o grupo até 1987. Ele foi do elenco de The Tracey Ullman Show, que estreou em 1987.

O The Tracey Ullman Show incluiu uma série de curtas animados sobre uma família disfuncional. Vozes foram necessários para os curtas, então os produtores decidiram pedir a Castellaneta para dublar Homer. Sua voz para o personagem começou como uma imitação de Walter Matthau, mas depois evoluiu para uma voz mais forte. Os curtas viriam a ser desmembrados em Os Simpsons. Castellaneta ganhou quatro Prêmios Emmy do Horário Nobre de Melhor Dublador em seu trabalho na série, bem como um Annie Award de Melhor Performance Individual no Campo da Animação em 1993. Castellaneta co-escreveu quatro episódios de Os Simpsons com a sua esposa Deb Lacusta.

Castellaneta também teve papéis em diversos outros programas de televisão, incluindo a sitcom Sibs, As Aventuras do Pato Dínamo e das séries animadas Darkwing Duck, De Volta Para o Futuro: A Série Animada, Earthworm Jim, Aladdin: A Série Animada e Hey Arnold!. Em 1999, ele apareceu no especial de Natal Olive, a Outra Rena e ganhou um Annie Award por seu papel do Carteiro. Castellaneta também lançou um CD de comédia, I Am Not Homer (Eu Não Sou o Homer) e escreveu e estrelou um monólogo intitulado Where Did Vincent van Gogh?.

Primeiros anos de vida[editar | editar código-fonte]

Castellaneta nasceu em Oak Park, Illinois, um subúrbio de Chicago, em 29 de outubro de 1957, filho de Louis e Elsie Castellaneta. Seu pai era um ator amador que trabalhava para uma empresa de impressão. Ele era de ascendência italiana. Castellaneta tornou-se perito em impressões com pouca idade e sua mãe o matriculou em um curso de teatro quando tinha 16 anos de idade. Ele ouvia os discos de comédia de seu pai e imitava artistas. Ele era um "devoto" das obras de muitos artistas, incluindo Alan Arkin e Barbara Harris e dos diretores Mike Nichols e Elaine May.

Ele estudou no Colégio de Oak Park e River Forest e após a formatura, começou a frequentar a Universidade de Northern Illinois (NIU), no outono de 1975. Ele estudou Artes, com o objetivo de se tornar um professor de artes. Tornou-se professor e aluno, e entretinha seus alunos com suas imitações. Castellaneta também foi um participante regular em The Ron Petke and His Dead Uncle Show, um programa de rádio na NIU. O programa ajudou Castellaneta a aprimorar suas habilidades como dublador.

Ele lembrou "Nós fizemos paródias e esquetes, teríamos de dublar (personagens), então você aprende a alternar vozes. Eu molhei meus pés narrando. O show era pouco audível, mas nós não nos importávamos. Foi o fato de que tivemos uma chance de fazê-lo e escrever o nosso próprio material". Ele pegou um teste para um espetáculo de improvisação.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Início de carreira[editar | editar código-fonte]

Castellaneta começou a atuar depois de sua formatura na Universidade de Northern Illinois, em 1979. Ele decidiu que se sua carreira se desse em nada, ele ainda teria uma chance de tentar outra coisa. Ele começou a ter aulas de improvisação, onde conheceu sua futura esposa, Deb Lacusta. Castellaneta começou a trabalhar em The Second City, um teatro de improviso de Chicago, em 1983 e continuou a trabalhar até 1987.

Durante este período, ele fez dublagens com sua esposa em várias estações de rádio. Ele fez um teste para um papel em The Tracey Ullman Show e seu primeiro encontro com Tracey Ullman e os outros produtores. Ullman decidiu voar até Chicago para assistir Castellaneta atuando. Sua atuação naquela noite era a de um cego que tenta se tornar um comediante e Ullman recordou mais tarde que, embora houvesse performances chamativas naquela noite, Castellaneta a fez chorar. Ela ficou impressionada e Castellaneta foi contratado.

Os Simpsons[editar | editar código-fonte]

Castellaneta é mais conhecido por seu papel como Homer Simpson no seriado de televisão Os Simpsons. O The Tracey Ullman Show incluiu uma série de curtas animados sobre uma família disfuncional. Vozes foram necessárias para os curtas, então os produtores decidiram pedir a Castellaneta e sua companheira de elenco Julie Kavner para dublarem Homer e Marge em vez de contratar mais atores. A voz de Homer começou como uma imitação de Walter Matthau, mas Castellaneta não poderia "obter energia suficiente para fazer a voz" e não poderia sustentar a sua imitação de Matthau para as longas nove/dez horas de sessões de gravação. Ele tentou encontrar algo mais fácil, assim que "soltou a voz" e desenvolveu-a em uma voz mais versátil e bem-humorada durante as segunda e terceira temporadas do show de meia hora.

A voz normal de Castellaneta não tem similaridade com a de Homer. Para executar a voz de Homer, Castellaneta abaixa o queixo ao peito e diz para "deixar seu QI ir". Castellaneta gosta de ficar no personagem durante as sessões de gravação e tenta visualizar uma cena em sua mente para que ele possa dar a voz adequada para ele. Apesar da fama de Homer, Castellaneta afirma que raramente é reconhecido em público, "exceto, talvez, por um fã teimoso".

Castellaneta também faz as vozes de vários outros personagens, incluindo Abraham "Vovô" Simpson, Barney Gumble, Krusty, o Palhaço, o Zelador Willie, o Prefeito Quimby, Hans Moleman, Sideshow Mel, Coçadinha, Kodos, o adolescente com voz esganiçada e Gil Gunderson.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Castellaneta vive em Los Angeles com sua esposa Deb Lacusta. Ao contrário de Homer, Castellaneta é um vegetariano, abstêmio e um exercitador regular. Castellaneta também pratica Tai Chi. Sua mãe, Elsie Castellaneta, morreu em janeiro de 2008.

Premiações[editar | editar código-fonte]

Ano Premiação Categoria Papel Série Resultado
1992 Prêmio Emmy do Horário Nobre Melhor Dublagem Homer Simpson
Vovô Simpson
Vários outros
Os Simpsons Venceu
1993 Annie Award Melhor Performance Individual no Campo de Animação Vários personagens Os Simpsons Venceu
1993 Prêmio Emmy do Horário Nobre Melhor Dublagem Homer Simpson Os Simpsons Venceu
2000 Annie Award Melhor Dubladem por um Dublador em uma Série de Televisão O Carteiro Olive, a Outra Rena Venceu
2004 Prêmio Emmy do Horário Nobre Melhor Dublagem Vário personagens Os Simpsons Venceu
2004 Young Artist Award Mãe e Pai Mais Popular numa Série de Televisão Homer Simpson Os Simpsons Venceu
2007 WGA Award Animação Os Simpsons Indicado
2009 Prêmio Emmy do Horário Nobre Melhor Dublagem Homer Simpson Os Simpsons Venceu

Referências

  1. Dan Castellaneta: Biography TV Guide. Visitado em 2011-08-05.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]