Daniel Stroock

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Daniel Stroock
Matemática, teoria da probabilidade
Daniel Stroock em 1976
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Residência  Estados Unidos
Nascimento 20 de março de 1940 (74 anos)
Local Nova Iorque
Atividade
Campo(s) Matemática, teoria da probabilidade
Instituições Instituto Courant de Ciências Matemáticas, Universidade do Colorado em Boulder, Instituto de Tecnologia de Massachusetts
Alma mater Universidade Rockefeller
Tese 1967: Some Applications of Probability Theory to Partial Differential Equations
Orientador(es) Mark Kac e Henry McKean
Prêmio(s) Prêmio Leroy P. Steele (1996)

Daniel Wyler Stroock (Nova Iorque, 20 de março de 1940) é um matemático estadunidense. É especialista em teoria da probabilidade.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Graduado pela Universidade Harvard em 1962, com doutorado pela Universidade Rockefeller em 1967.[1] Lecionou no Instituto Courant de Ciências Matemáticas e na Universidade do Colorado em Boulder, sendo atualmente professsor da cátedra Simons do Instituto de Tecnologia de Massachusetts. É conhecido por seu trabalho com S. R. Srinivasa Varadhan sobre processos de difusão, pelo qual recebeu o Prêmio Leroy P. Steele de 1996.[2] Stroock é membro da Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos.[3] ,[4]

Citação[editar | editar código-fonte]

A matemática é um, e possivelmente o único, esforço humano para o qual existe um amplo, se não universal, critério reconhecido para determinar a verdade. Por esta razão, os matemáticos podem evitar algumas das disputas intermináveis que afligem outros campos. Por outro lado, eu algumas vezes me pergunto se as questões mais interessantes não são aquelas para as quais tais disputas são inevitáveis.[5]

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) matemático(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.