Daniel Westling

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Daniel
Duque de Västergötland
Cônjuge Vitória, Princesa Herdeira da Suécia
Descendência
Estelle
Nome completo
Olof Daniel Westling
Pai Olle Westling
Mãe Eva Westling
Nascimento 15 de Setembro de 1973 (40 anos)
Örebro, Suécia

Olof Daniel Westling, duque de Västergötland e príncipe da Suécia (Örebro, 15 de setembro de 1973) é o marido da princesa Vitória da Suécia.

Família[editar | editar código-fonte]

Daniel nasceu em Brickebacken, Örebro, e cresceu em Ockelbo, ele nasceu no dia em que o sogro foi coroado. É filho de Olle e Eva Westling (a mãe era funcionária dos correios e o pai empregado de uma instituição social), e tem uma irmã chamada Anna. Depois de ter completado a escola, Daniel serviu por breve período, como parte do recrutamento nacional, no exército sueco no regimento Hälsinge em Gävle.

Em 2009 Daniel sofreu uma doença congênita (mas não hereditária) que danifica as funções renais. Em 28 de Maio de 2009 Daniel fez uma cirurgia de transplante de rim no Hospital Universitário de Karolinska. Seu pai foi o doador e a operação foi um sucesso.

Educação[editar | editar código-fonte]

Família real sueca
Casa de Bernadotte
Greater coat of arms of Sweden.svg

SM o Rei
SM a Rainha


Primeira educação[editar | editar código-fonte]

Daniel Westling estudou em dois colégios: em Raboskolan e em Lundaskolan em Sindbis; posteriormente estudou na Escola Secundária de Sandviken.

Ensino superior[editar | editar código-fonte]

Em 1994, mudou-se para Estocolmo para estudar Educação Física em Folkhögskola, especializando-se em orientação desportiva durante dois anos.

Em 2011, continuou os seus estudos no Instituto Karolinska de Estocolmo estudando Fisiologia, Atividade Física e Saude.

Carreira profissional[editar | editar código-fonte]

Enquanto estudava, voltou a trabalhar numa empresa de formação e foi instrutor de treinadores e monitores de fitness.

Foi professor de educação física. É proprietário de uma academia de ginástica e dirige a empresa Máster Training, que tem três academias no centro de Estocolmo [1] [2] .

No ano de 2006, fundou em Estocolmo a companhia Balance, empresa de formação física projetada em um novo conceito. Em 2010, contava com mais de 100 empregados e com mais de 500 membros nos seus centros de fitness.

Namoro e casamento com a princesa Vitória da Suécia[editar | editar código-fonte]

Noivado[editar | editar código-fonte]

O príncipe Daniel Westling com a princesa Vitória numa gala que atencedeu o casamento dos príncipes em 2010.

Em 2002, ele conheceu a princesa Vitória, enquanto ele era seu personal trainer, o romance proibido começa assim como um conto de fadas, depois da longa polêmica da anorexia da princesa Vitória, sem a aprovação do rei Carlos Gustavo e da rainha Sílvia. Para além de não ter sangue azul, Daniel tinha um estilo demasiado descontraído para conseguir cair nas boas graças dos reis. Ele teve que trocar o boné e as camisetas por terno, casaca, fraque, e gravata. Passou a usar óculos, precisou estudar: inglês, teve lições de protocolo e aprendeu a ter um discurso eloquente. O esforço foi recompensado em fevereiro de 2009, quando o noivado foi oficializado pela família real. Após o casamento, Daniel tem um novo título: SAR - príncipe - duque de Västergötland[3] .

Casamento[editar | editar código-fonte]

O casal na escada do Palácio Real de Drottningholm.

Em 24 de fevereiro de 2009, Daniel e a princesa Vitória receberam a permissão oficial do rei Carlos Gustavo e do governo da Suécia para se casarem, essa autorização é necessária nos termos da lei de sucessão sueca.

Casaram-se em 19 de junho de 2010 na Catedral de São Nicolau em Estocolmo. Cerca de 1200 convidados assistiram à cerimónia, entre os quais representantes das casas reais da Bélgica, Dinamarca, Espanha, Holanda, Japão, Jordânia, Mónaco, Liechtenstein, Noruega, Luxemburgo, Países Baixos e Inglaterra.

A cerimônia começou às 15:30 no horário local de Estocolmo, as damas de honra da princesa Vitória foram a princesa Ingrid Alexandra da Noruega e a princesa Catarina Amália dos Países Baixos, o cavalheiro de honra de Daniel foi o príncipe Cristiano.

A música da cerimônia foi presidida por Gustaf Sjökvist, organista da corte e da paróquia da Catedral de Estocolmo. Ele também foi responsável pela música durante o casamento dos pais de Vitória em 1976.[4] Os oficiantes, escolhidos pelo rei, foram o arcebispo Anders Wejryd, o bispo emérito Lars-Göran Lönnermark,o bispo de Lund Antje Jackelén e Dom Åke dy Bonnier.

Monograma real do príncipe Daniel Westling

Vitória estava vestida com um vestido de casamento branco com vários metros de comprimento. Ela usou a mesma tiara com que a sua mãe se casou. A primeira parte da música que foi tocada foi composta por Karin Rehnqvist especialmente para o casal. Vitória andou pelo corredor da Catedral de Estocolmo com o pai, o rei Carlos Gustavo, que depois a entregou a Daniel. O casal de noivos, em seguida, parou diante do arcebispo Anders Wejryd, que lhes falou sobre a importância do apoio mútuo num casamento. Depois de Vitória e Daniel serem declarados marido e mulher, os cantores suecos Agnes Carlsson e Björn Skifs terminaram a cerimônia com a canção “Quando você diz ao mundo que é minha”, escrita para o casal.[5] Vitória e Daniel passaram por debaixo de espadas cruzadas após sair da catedral. A carruagem dos noivos, em procissão, passou por uma grande multidão de pessoas em Slottsbacken. O casamento de Vitória e Daniel foi o maior evento televisionado em Estocolmo, de acordo com a Sveriges Television. Após seu casamento em 19 de junho de 2010, o Duque e a Duquesa de Västergötland mudaram-se para o Palácio de Haga.

Títulos reais, estilos e honras[editar | editar código-fonte]

Títulos e estilos[editar | editar código-fonte]

  • Antes de 19 de junho de 2010: Sr. Olof Daniel Westling
  • 19 de junho de 2010 - presente: Sua Alteza Real o príncipe Daniel da Suécia, Duque de Västergötland

Um plebeu receber estes títulos foi uma atitude inovadora, mas perfeitamente legal.

Honras[editar | editar código-fonte]

  • Flag of Sweden.svg 19 de junho de 2010: Cavaleiro da Real Ordem do Serafim[6]
  • Flag of Estonia.svg 12 de janeiro de 2011: Ordem da Cruz de Terra Mariana (1ª classe)[7]
  • Finlândia : Grã-Cruz da ordem da rosa branca da Finlândia (17 de abril de 2012)

Árvore genealógica[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.