Dante Ramon Ledesma

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde setembro de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Dante Ramon Ledesma nasceu em Río Cuarto, na província de Córdoba, Argentina, naturalizado brasileiro desde 1978.

Cantor desde os 5 anos, formou-se em Sociologia pela Universidade de Córdoba, antes de ser perseguido. Jovem integrante da ONG Carismáticos, de origem católica, venceu no famoso Festival de Cosquin na categoria juvenil com a canção Memória del Che. No ano de sua naturalização, a ditadura civil-militar argentina perseguiu todos aqueles que militavam na juventude carismática, dando-os como subversivos. Desde então Dante Ramon, que começava a aparecer no canto popular argentino, vive no Rio Grande do Sul. Em 1991 no Festival Acordes Cataratas de Foz do Iguaçu, foi finalista com a música “A Vitória do Trigo”. Hoje, este mesmo tema passa em seis países da Europa como a canção mais representativa para as famílias sem-terra latinoamericanas. Outra, de autoria de Fernando Alves e Humberto Zanatta, “América Latina”, que invariavelmente toca em todas as suas apresentações, é um brado à consciência crítica e união entre os povos explorados da Latino-América.

Na sua carreira artística, já constam 19 CDs gravados e 3 DVDs. Conquistou nove discos de ouro e mais de três milhões de cópias vendidas. Sua biografia consta que em mais de 30 anos de carreira, sete mil espectáculos foram realizados em todo o Brasil e América Latina.

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • A Vitória do Trigo
  • América Latina
  • Años
  • No me dejan jugar futbol
  • Baile da minha terra
  • Bibiana Sem Terra
  • Canción de las simples cosas
  • Com meu sul
  • De corazon
  • De sexta-feira e paixao
  • Desgarrados
  • Grito dos Livres
  • Guri
  • Has amado una mujer deveras
  • Indio do Uruguai
  • Lago Verde Azul
  • Lembrancas
  • Negro da Gaita
  • O Ultimo Beijo
  • Orelhano
  • Os passaros
  • Para um Regreso
  • Pealo de Sangue
  • Pensando longe
  • Pra não Dizer que não Falei das Flores
  • Romance na Tafona
  • Sonhos na Calçada
  • Ultima lembranca
  • Um pito