Dany Boon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dany Boon
Dany Boon em 2011.
Nome completo Daniel Hamidou
Nascimento 26 de Junho de 1966 (47 anos)
Armentières, Nord
França
Nacionalidade França Francês
Ocupação Ator
Humorista
Cineasta
Principais trabalhos Bienvenue chez les Ch'tis
Rien à déclarer
Página oficial www.bienvenuechezdanyboon.com

Dany Boon (nome artístico de Daniel Hamidou; Armentières, 26 de junho de 1966) é um ator, humorista e cineasta francês.

O seu nome artístico deve-se a um herói da telessérie americana Daniel Boone,[1] que era transmitida todas as quartas-feiras à tarde no canal francês TF1.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Dany Boon nasceu no seio de uma família modesta de Nord. O seu pai é ex-pugilista e camionista argelino, oriundo de Cabília, já a sua mãe é uma dona de casa francesa, natural de Nord.[1] Tem dois irmãos — Alexis e Philippe — e cinco filhos fruto de três relações diferentes: Mehdi em 1997, filho da primeira esposa; Noé em 1999, filho da segunda esposa, a atriz francesa Judith Godrèche; Eytan em 2005, Élia em 2006 e Sarah em 2010, filhos da terceira esposa, a ex-modelo Yaël Harris.

Em 2002, Dany Boon converteu-se do catolicismo ao judaísmo, religião de Yaël Harris.[2]

Dany Boon é o padrinho da associação francesa Solidarité Avesnois, cujo objetivo é prestar apoio às vítimas do tornado que atingiu o norte da França, em agosto de 2008.[3]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Chegou a Paris em 1989, onde para sobreviver recorreu a atuações de mímica nas ruas, ao mesmo tempo que produzia cenas ao ar livre como as do Teatro Trévise. Em 1993 Patrick Sébastien torna-se o seu produtor. Aos poucos começa a ganhar popularidade com os seus sketches e monólogos e, assim, surgem os primeiros contratos para interpretar papéis em vários filmes. A sua mais notável interpretação viria a ser em Joyeux Noël, que lhe valeu uma nomeação aos Prémios César em 2005, na categoria de melhor ator secundário.

Em 2008 tornou-se o ator mais bem pago da história do Cinema Europeu, graças ao sucesso do seu filme Bienvenue chez les Ch'tis, que obteve nesse ano uma receita de 26 milhões de euros.[4] .

Segundo o Le Figaro, Dany Boon ganhou 3 milhões de euros em 2009 (os produtores propuseram-lhe um salário de 2,5 milhões de euros por filme).[5]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ator[editar | editar código-fonte]

Ator de voz[editar | editar código-fonte]

Dobrador na versão francesa.

Cineasta e argumentista[editar | editar código-fonte]

Prémios e nomeações[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Paulo Portugal (19 de abril de 2014). Super comediante com costela portuguesa. Sol. Página visitada em 22 de abril de 2014.
  2. Patrick Besson (9 de abril de 2008). Dany roots (em francês). Le Figaro.
  3. Solidarité Avesnois ouvre son carnet d'adresses pour récolter des fonds (em francês). lavoixdunord.fr (6 de agosto de 2008).
  4. Dany Boon « acteur le mieux payé de l'histoire du cinéma européen » (em francês). Le Point (26 de fevereiro de 2009).
  5. Palmarès des acteurs français les mieux payés en 2009 (em francês). lepost.fr (26 de fevereiro de 2010).
  6. Le 4éme film de Dany Boon (em francês). Allocine.fr. Página visitada em 13 de novembro de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]