Dark Internet

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Uma Internet obscura ou endereço obscuro refere-se a qualquer ou todos os servidores de rede inalcançáveis na Internet. Também é chamada espaço de endereços obscuros.[1]

A internet obscura não deve ser confundida com a deep web, nem com a rede de compartilhamento de arquivos Darknet [2] . Ao passo que deep web e darknet referem-se a websites difíceis de serem acessados, e redes secretas ou paralelas à internet, a Internet obscura (dark Internet) é qualquer porção da Internet que não pode ser acessada por meios convencionais.[3] [4]

Causas[editar | editar código-fonte]

Falhas na alocação de recursos da Internet devido às tendências caóticas de crescimento e retração são a principal causa da formação de endereços obscuros. Uma forma de endereço obscuro são os websites da arcaica MILNET. Essas redes governamentais são, as vezes, tão antigas quanto a ARPANET original, e não foram incorporadas à evolução da arquitetura da Internet. Diz-se, também, que crackers usam técnicas maliciosas para sequestrar roteadores particulares para desviar tráfego ou disfarçar atividades ilegais. Através do uso desses roteadores particulares, uma Internet obscura pode ser formada e usada para conduzir toda forma de delinquência na internet.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Craig Labovitz, Abha Ahuja, e Michael Bailey (novembro 2001). Iluminando o Espaço de Endereços Obscuros (pdf) (em inglês) 2 pp.. Visitado em 24 de maio de 2013. "(espaço de endereço obscuro é) ...a abrangência da topologia acessível de um provedor, mas inalcançável por uma ou mais redes da concorrência"
  2. url=https://en.wikipedia.org/wiki/Darknet_%28file_sharing%29
  3. BBC News (26 de dezembro de 2001). Expedição à rede perdida.
  4. A Internet Obscura, reportagem de CR&T

Ligações externas[editar | editar código-fonte]