Dark Paradise

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Dark Paradise"
Single de Lana Del Rey
do álbum Born to Die
Lançamento 1 de março de 2013
Formato(s) Download digital
Gravação 2011
Gênero(s) Pop rock, indie pop
Duração 4:03
Gravadora(s) Interscope
Composição Lana Del Rey, Rick Nowels
Produção Emile Haynie
Cronologia de singles de Lana Del Rey
Último
Último
"Ride"
(2012)
"Young and Beautiful"
(2013)
Próximo
Próximo

"Dark Paradise" é uma canção da cantora estadunidense Lana Del Rey, contida em seu segundo álbum de estúdio, intitulado Born to Die (2012). Foi composta por Del Rey e Rick Nowels, sendo produzida por Emile Haynie. Seu lançamento como single do disco ocorreu em 1 de março de 2013 pelas gravadoras Interscope e Polydor em alguns países europeus. Trata-se de uma faixa dos gêneros indie pop e pop rock, que possui um metrônomo de 66 batidas por minuto e é composta na chave de dó sustenido menor. De acordo com a Billboard, a canção é mais uma de suas declarações de amor eterno ao seu amante bad-boy. A instrumentação consiste no uso de bateria, piano e guitarra.

As críticas após o lançamento da música foram em geral positivas, onde a co-produção e a melodia foram enaltecidas. A faixa teve um desempenho moderado nas tabelas musicais, pelo fato do lançamento valer apenas para três países: Alemanha, Áustria e Suíça. A canção conseguiu desempenhar-se na Media Control AG, parada oficial da Alemanha, na quadragésima quinta posição. A canção passou cinco semanas no gráfico, saindo então na semana 24 de março de 2013. Ainda conquistou a quadragésima segunda e quadragésima oitava colocação na Áustria e Suíça, respectivamente. A faixa foi lançada na versão CD Single na Alemanha, também foi disponibilizada uma versão de rádio exclusiva neste país. "Dark Paradise" não estava presente na tracklist de suas turnês Born to Die Tour e Paradise Tour, no entanto, a cantora apresentou a canção pela primeira vez ao vivo no dia 6 de maio de 2013, em um concerto realizado na Roma, como parte da segunda turnê.[1] [2]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

De acordo com a revista Billboard a melodia da canção lembra Madonna (foto) no final dos anos 80.

Mesmo antes da faixa ter sido lançada como o sexto single do álbum Born to Die, havia sido escrito no site da revista Billboard que: "Del Rey, mais uma vez declara seu amor eterno para seu amante bad-boy, e que a melodia da canção lembrava a Madonna no final dos anos 80".[3] A cantora havia dito em entrevista que estava a trabalhar no vídeo da música, assim como no da faixa "Cola", que ela tinha afirmado que seria o próximo single sucedendo "Ride".[4] No entanto, nenhum vídeo da canção foi divulgado pela cantora.[5] [6] Em 29 de janeiro de 2013, uma edição da música foi lançada para estações de rádios alemãs com um ritmo mais dinâmico e acelerado.[5]

Logo depois foi anunciado que a obra serviria como o quinto single na Áustria e na Alemanha, e como sexto na Suíça, o compacto veio a estar disponível para download digital nos três países no dia 1 de março de 2013, na Alemanha o compacto chegou a ser lançado em formato CD single.[7] [8] No dia 27 de março, a cantora surpreendeu seus fãs que esperavam o prometido videoclipe da música, quando postou um cover da faixa "Chelsea Hotel #2" presente no álbum New Skin for the Old Ceremony do cantor Leonard Cohen em sua conta no VEVO.[6] Em uma entrevista realizada em 2012, o cantor britânico Tinie Tempah comentando sobre suas inspirações para seu novo álbum intitulado Demonstration, afirmou que estava escutando Lana Del Rey, especificamente a faixa "Dark Paradise".[9]

Composição[editar | editar código-fonte]

Demonstração de 30 segundos de "Dark Paradise", definida no tempo de 66 batidas por minuto e composta na chave de dó sustenido menor.[10]

Problemas para escutar este arquivo? Veja a ajuda.

"Dark Paradise" foi composta por Lana Del Rey e Rick Nowels, sendo produzida por Emile Haynie.[10] A canção deriva-se dos gêneros musicais pop rock e indie pop, e consiste no uso de bateria, piano e guitarra.[10] De acordo com a partitura publicada pela Universal Music Publishing Group na página Musicnotes.com, a canção possui um metrônomo de 66 batidas por minuto e é composta na chave de dó sustenido menor.[10] A canção inicia com os versos: "Todos os meus amigos dizem que eu deveria seguir em frente / Estou deitada no oceano, cantando sua música".[nota 1] [10] Rob Harvilla do Spin mesmo sem definir especificamente, notou que há duas coisas de errada com o título da faixa.[11] Bradley Stern do blog musical MuuMuse escreveu que "... um dos momentos de destaque do álbum, precisamente em "Dark Paradise", Lana se encontra em luto pela perda de um amor no mar: "Não há remédio para a memória / Seu rosto é como uma melodia, ele não vai sair da minha cabeça",[nota 2] entretanto, no exterior gótico da música encontra-se um sentimento profundamente romântico, sugerindo que o amor supera todas as circunstâncias, até mesmo a morte: "Ninguém se compara a você / Estou com medo de que você não esteja esperando-me do outro lado",[nota 3] ela confessa sob batidas melancólicas."[12]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

A canção recebeu críticas mistas dos críticos. Em uma revisão faixa por faixa feita pela revista Billboard para o disco, a canção recebeu um comentário negativo, os escritores revelaram que "mesmo se 'Blue Jeans' ou 'Video Games' nunca tivessem existido, esta música seria apenas uma balada básica da Del Rey".[3] Por outro lado, Randall Roberts do jornal Los Angeles Times nomeou-a entre as melhores faixas do álbum, juntamente com "Video Games" e "Summertime Sadness".[13] Alex Denney da revista NME, comentou que "as faixas 'Dark Paradise' e 'Radio' são consistentes, mas ainda soam como 'Born to Die', recauchutadas com seus tambores impactantes e acompanhamentos de cordas.[14] Ainda comentou que ela soa como escura, adorável, e um pouco brega.[15] Amy Sciarretto do PopCrush escreveu que a música é uma das destaques do álbum, graças aos sintetizadores um pouco agressivos.[16] Kyle Anderson da revista Entertainment Weekly classificou a canção como uma das melhores do álbum, ao lado de 'Video Games'.[15]

Jaime Gill da BBC fez um comentário um pouco negativo referente a canção, escrevendo que "o álbum Born to Die não é perfeito, ele afunda um pouco no final, e a produção brilhante do trip-hop cresce cansativa em baixa amplitude melodramática como 'Dark Paradise'".[17] Já Conrad Tao do Sputnikmusic escreveu que a canção é um pouco excelente, um pedaço cinematográfico lindo de sadcore que usa orgulhosamente o seu coração suicida em sua manga.[18] Randall Roberts do jornal Los Angeles Time notou que em "Summertime Sadness" e "Dark Paradise" os produtores usaram o espaço sonoro com grande habilidade, ao contrário das outras faixas que estão no álbum.[19] Alexis Petridis do jornal The Guardian escreveu em sua resenha que: "Há algo fácil sobre as melodias de 'Mountain Dew Diet' e 'Dark Paradise', elas simplesmente varrem o ouvinte junto com elas. A qualidade é elevada por toda parte, que é provavelmente o que se ganha quando você monta um bom time de co-autores" [...] terminou-a elogiando Rick Nowels.[20]

Faixas e formatos[editar | editar código-fonte]

A canção foi lançada em duas versões, a primeira sendo a versão do álbum com duração de três minutos e cinquenta e dois segundos, e a Radio Mix com quatro minutos e três segundos.[21] Ainda foi disponibilizado uma edição misturada no amazon intitulada Parov Stelar Remix.[22]

Download digital[21]
N.º Título Duração
1. "Dark Paradise" (versão do álbum) 3:52
2. "Dark Paradise" (mix para rádio) 4:03
Download digital de remix[22]
N.º Título Duração
1. "Dark Paradise" (Parov Stelar Remix) 4:21

Desempenho nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

"Dark Paradise" conseguiu desempenhar-se na Media Control AG, parada oficial da Alemanha, na quadragésima quinta posição. A canção passou cinco semanas no gráfico, saindo então na semana 24 de março de 2013.[23] Na Áustria a canção conseguiu a quadragésima segunda colocação, passando apenas um semana na parada oficial, Ö3 Austria Top 40.[23] Na Schweizer Hitparade, o compacto conquistou a posição de número 48, passando também apenas uma semana na tabela.[23] Em 10 de maio de 213, a canção conquistou o número 5 na parada oficial da Polônia.[24]

Parada (2012) Melhor
posição
 Áustria - Ö3 Austria Top 40[25] 43
 Alemanha - Media Control AG[26] 45
Suíça - Swiss Music Charts[27] 48
 Polónia - Polish Music Charts[24] 5

Histórico de lançamento[editar | editar código-fonte]

Mesmo com a reedição do Born to Die - The Paradise Edition que fez sua estréia a 9 de novembro de 2012, contendo 8 faixas exclusivas, a cantora decidiu lançar a canção "Dark Paradise" para download digital na Alemanha, Áustria e Suíça, servindo então como quinto single nos dois primeiros, sendo o sexto no último.[nota 4] Mais tarde aconteceu o lançamento em formato CD single na região alemã.

País Data Formato
 Áustria 1 de Março de 2013 Download digital[7]
 Alemanha
Suíça
 Alemanha CD single[8]

Notas

  1. "All my friends tell me I should move on / I'm lying in the ocean, singing your song".
  2. "There’s no remedy for memory / Your face is like a melody, it won’t leave my head".
  3. "No one compares to you/I’m scared that you won’t be waiting on the other side".
  4. Lana Del Rey estava a trabalhar com a faixa "Ride" presente na reedição do álbum, mesmo assim lançou "Dark Paradise" nesses três países para continuar a promover o Born to Die.

Referências

  1. Dark Paradise lana del rey live in rome (06.5.2013) HD video NME. Visitado em 22 de maio de 2013.
  2. Lana Del Rey OWNS Her First Live Performance Of Dark Paradise In Rome!! Perez Hilton. Visitado em 22 de maio de 2013.
  3. a b OutBrain (25 de janeiro de 2012). Lana Del Rey's 'Born To Die': Track-By-Track Review Billboard Prometheus Global Media. Visitado em 15 de outubro de 2013. Cópia arquivada em 25 de abril de 2013.
  4. Corner, Lewis. Lana Del Rey confirms new single 'Cola' - listen Digital Spy Hearst Magazines. Visitado em 14 de novembro de 2012. Cópia arquivada em 25 de abril de 2013.
  5. a b Lana Del Rey choisit "Dark Paradise" comme nouvel extrait de l'album "Born to Die". Visitado em 20 de abril de 2013. Cópia arquivada em 25 de abril de 2013.
  6. a b Confira o cover de Lana Del Rey para “Chelsea Hotel #2” de Leonard Cohen clubnme.com. Visitado em 24 de abril de 2013. Cópia arquivada em 25 de abril de 2013.
  7. a b Dark Paradise - Single iTunes Store. Visitado em 20 de abril de 2013.
  8. a b Dark Paradise [Import, Single] Amazon.com. Visitado em 23 de abril de 2013.
  9. Tinie Tempah - Tinie Tempah Inspired By Chris Martin. Visitado em 23 de abril de 2013. Cópia arquivada em 25 de abril de 2013.
  10. a b c d e Dark Paradise - Lana Del Rey Digital Sheet Music Music Notes. Visitado em 20 de abril de 2013. Cópia arquivada em 25 de abril de 2013.
  11. Lana Del Rey, ‘Born to Die’ Spin. Visitado em 30 de abril de 2013. Cópia arquivada em 14 de maio de 2013.
  12. Bradley Stern. LANA DEL REY: BORN TO DIE (ALBUM REVIEW) MuuMuse. Visitado em 7 de abril de 2013. Cópia arquivada em 14 de maio de 2013.
  13. Roberts, Randall (27 de janeiro de 2012). Título não preenchido, favor adicionar Los Angeles Times Tribune Company. Visitado em 15 de fevereiro de 2013.
  14. Alex Denney. Lana Del Rey - 'Born To Die' NME. Visitado em 20 de abril de 2013.
  15. a b Born To Die review - Lana Del Rey Entertainment Weekly. Visitado em 28 de Fevereiro de 2012.
  16. Born to Die (Album Review) PopCrush. Visitado em 30 de abril de 2013.
  17. Lana Del Rey Born to Die Review BBC. Visitado em 20 de abril de 2013.
  18. Lana Del Rey - Born to Die Sputnikmusic. Visitado em 30 de abril de 2013.
  19. Randall Roberts. Album review: Lana Del Rey's 'Born to Die' Los Angeles Time. Visitado em 23 de abril de 2013.
  20. Alexis Petridis. Lana Del Rey: Born to Die – review The Guardian. Visitado em 23 de abril de 2013.
  21. a b Lana Del Rey: Dark Paradise jpc.de (14 de fevereiro de 2013). Visitado em 23 de abril de 2013. Cópia arquivada em 25 de abril de 2013.
  22. a b Dark Paradise (Parov Stelar Remix) amazon.com. Visitado em 11 de abril de 2013. Cópia arquivada em 25 de abril de 2013.
  23. a b c Lana Del Rey - Dark Paradise acharts.us. Visitado em 14 de maio de 2013.
  24. a b Top 5 airplay - 10.05.13 ZPAV. Visitado em 14 de maio de 2013. Cópia arquivada em 14 de maio de 2013.
  25. LANA DEL REY - DARK PARADISE (SONG). Visitado em 12 de dezembro de 2012.
  26. Dark Paradise musicline.de. Visitado em 12 de dezembro de 2012.
  27. LANA DEL REY - SUMMERTIME SADNESS swisscharts.com. Visitado em 12 de dezembro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]