Dark cabaret

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Dark cabaret
Origens estilísticas Cabaré
Burlesco
Vaudeville
Rock gótico
Death rock
Horror punk
Darkwave
Contexto cultural Estados Unidos, Reino Unido, Irlanda, Alemanha e França
Instrumentos típicos Guitarra, Baixo, Guitarra acústica, Baixo acústico, Bateria, Acordeão, Piano, Teclado, Violoncelo, Violino, Vocalista
Popularidade Metade de 2000, na cena underground

Dark cabaret pode ser uma simples descrição do tema e do humor de uma performance de um cabaré, porém mais recentemente tem vindo a se definir como um género musical que se inspira na estética do decadente dos cabarés risqué alemães da era Weimar, burlesco e vaudeville em seus shows com o estilo gótico. O termo foi usado pela primeira vez em meados dos anos 90 por Sam Rosenthal no projeto: "Darkwave Mail-Order Catalog", em uma descrição do Rozz Williams / Gitane Demone CD - intitulado: Dream Home Heartache.

Dark Cabaret é uma concepção de música com influências do cabaret germânico, do burlesque, de vaudeville, do punk e de outros estilos relacionados.

O termo "Dark Cabaret" é aplicado para um grande número de bandas que também podem cair em gêneros como Punk Cabaret, Punk Opera, Neo-Burlesque, Vaudeville, Neo-Folk, Apocalyptic Folk, Psych Folk, entre outros. As mudanças e misturas desse gênero podem tornar difícil a tarefa de definir o gênero das bandas influenciadas pelo Dark Cabaret.

O Dark Cabaret é caracteristicamente dirigido por piano e por intensos vocais femininos ou masculinos influenciados pelo estilo de Kurt Weill, Marlene Dietrich, Alexander Vertinsky, Cole Porter, Danny Elfman, Nina Hagen, PJ Harvey, Tom Waits, Tom Lehrer, Nick Cave, e até mesmo de Roxy Music/Brian Eno. A música tambem pode se basear em outro instrumento, como cello, violino, acordeão ou trompete. O Dark Cabaret pode ser descrito como uma fusão das estéticas do cabaret e do gótico.