Dasyurus hallucatus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaDasyurus hallucatus
Dasyurus hallucatus - Gould.jpg

Estado de conservação
Status iucn3.1 EN pt.svg
Em perigo
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Infraclasse: Marsupialia
Ordem: Dasyuromorphia
Família: Dasyuridae
Género: Dasyurus
Espécie: D. hallucatus
Nome binomial
Dasyurus hallucatus
Gould, 1842

Dasyurus hallucatus é uma espécie de marsupial da família Dasyuridae. Endêmica da Austrália. Também é conhecido pelos nomes de quoll-setentrional, satanellus e njanmak.

  • Sinônimo do nome científico da espécie: Satanellus hallucatus; Mustela quoll;

Características[editar | editar código-fonte]

O Quoll Setentrional é a menor das quatro espécie de quoll australianas. As fêmeas são menores que os machos, com fêmeas adultas pesando entre 350-690g e machos adultos pesando 540-1120g. O comprimento do corpo varia entre 20,2 à 34,5 cm.

Foi descrito pela primeira vez em 1842 pelo famoso naturalista e autor John Gould, que deu o nome a espécie de hallucatus, o que indica que tem um notável primeiro digito. Esta espécie tem sido por vezes colocada em um gênero separado, o Satanellus;

Hábitos alimentares[editar | editar código-fonte]

Alimentam-se principalmente de invertebrados, mas tambem consomem frutos carnosos, e uma grande variedade de vertebrados, incluindo pequenos mamiferos, aves, lagartos, serpentes e sapos.

Nota: Existem três formas que não são válidas: exilis, nesaeus e predator (consideradas sinônimos de Dasyurus hallucatus).

Características de reprodução[editar | editar código-fonte]

Uma característica notável desta espécie é que os machos morrem depois do acasalamento;

Habitat[editar | editar código-fonte]

O Quoll setentrional ocorre desde a região de Pilbara na Austrália Ocidental em todo o Território do Norte e sudeste de Queensland. Sua histórica região estende initerrupitamente desde o sudeste de Queensland até Kimberly na Austrália Ocidental. Existem várias populações disjuntas. Esta espécie é mais abundante em várias regiões rochosas e florestas abertas de eucalipto.

Distribuição Geográfica[editar | editar código-fonte]

Norte do Território Norte, Norte e Nordeste de Queensland; e Norte da Austrália Ocidental;

Subespécies[editar | editar código-fonte]

  • Subespécie: Dasyurus hallucatus exilis? (Thomas, 1909)

Sinônimo do nome científico da subespécie: Dasyurus exilis;

Nota: Forma de Dasyurus hallucatus;

Local: Parry Creek, Austrália Ocidental;

  • Subespécie: Dasyurus hallucatus nesaeus? (Thomas, 1926)

Sinônimo do nome científico da subespécie: Dasyurus nesaeus;

Nota: Forma de Dasyurus hallucatus;

Local: Gruta Eylandt, Golfo da Carpentaria;

  • Subespécie: Dasyurus hallucatus predator? (Thomas, 1926)

Sinônimo do nome científico da subespécie: Dasyurus predator;

Nota: Forma de Dasyurus hallucatus;

Local: Utingu, Península do Cabo York;

  • Subespécie: Dasyurus hallucatus quoll? (Zimmermann, 1783)

Sinônimo do nome científico da subespécie: Mustela quoll;

Nota: Considerado sinônimo de Dasyurus hallucatus;

Local: Norte de Queensland;

Referências

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre marsupiais, integrado no Projeto Mamíferos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.