Dave Finlay

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Finlay
Nome(s)
no ringue
Fit Finlay
Dave Finlay
Finlay
Sir Finlay
The Belfast Bruiser
Altura 1 78 m[1]
Peso 251 lb (114 kg)
Nascimento 20 de Outubro de 1958  (55 anos)[2] [3]
Carrickfergus, Irlanda do Norte
Residência Atlanta, Geórgia
Anunciado de Belfast, Irlanda do Norte
Treinado por Ted Betley[4]
Estreia 1974[5]

David John "Fit" Finlay Jr.[6] (Carrickfergus, 20 de outubro de 1958) é um produtor e lutador de wrestling profissional norte-irlandês,[4] [5] mais conhecido por quando trabalhou na World Championship Wrestling (WCW) e na WWE (antes conhecida como World Wrestling Federation) como um lutador ativo e, atualmente, como produtor. Finlay ganhou mais de vinte títulos pelo mundo em sua carreira, incluindo o WCW World Television Championship e o WWE United States Championship.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Início[editar | editar código-fonte]

A primeira luta oficial de Finlay foi na promoção de seu pai, em Glynn em 1974, substituindo um lutador que havia faltado.[7] Ele passou a lutar em Carrickfergus e no resto da Irlanda do Norte pelos quatro anos seguintes, antes de se mudar para a Inglaterra em 1978.[5] [7] Lá, lutou por várias filiais das Joint Promotions.[8] Finlay derrotou Alan Kilby em 9 de junho de 1982, ganhando seu primeiro título, o British Heavy Middleweight Championship das Joint Promotions.[9] Nessa época, a então-esposa de Finlay, Princess Paula, se tornou sua valet.[10]

Ele venceu um torneio, ganhando o British Light Heavyweight Championship, derrotando Ringo Rigby na final.[8] Finlay logo perdeu o título, mas derrotou Marty Jones para ganhar outro, o World Mid-Heavyweight Championship.[8] Ele perdeu e ganhou de volta de Jones durante dois anos, perdendo para Jones uma última vez por desqualificação. Na segunda metade da década de 1980, ele derrotou Frank 'Chic' Cullen para ganhar o British Heavy-Middleweight Championship, mas logo o perdeu para Danny Collins.[11] Em 1995 ele se tornou Campeão Britânico dos Pesos-Pesados da All-Star. Finlay competiu no World of Sport da ITV como David "Fit" Finlay, tendo vários combates contra "The American Dream" Steve Adonis.

Durante esse tempo, Finlay também começou a lutar no Japão, Alemanha e Áustria, pela promoção europeia Catch Wrestling Association.[5] [7] Enquanto mantinha o título da All-Star, ele se aliou a Jones para ganhar o CWA Tag Team Championship de Tony St. Clair e Miles Zrno.[8] Após perder o título da All-Star para Dave Taylor, Finlay ganhou mais títulos na CWA.[8]

World Championship Wrestling (1995-2000)[editar | editar código-fonte]

Finlay estreou na World Championship Wrestling (WCW) em 1995 como "Belfast Bruiser",[12] um apelido que havia usado no Reino Unido. Ele teve uma rivalidade com Lord Steven Regal em 1996, incluindo uma luta no estacionamento durante o Monday Nitro. Durante a rivalidade, as lutas de Bruiser eram normalmente interrompidas por The Blue Bloods. No Uncensored, Bruiser derrotou Regal por desqualificação quando os Blue Bloods o atacaram; Regal teve seu nariz quebrado durante o combate.[13]

Depois de um hiato nos programa de televisão da WCW, Bruiser mudou seu nome para Fit Finlay, agora com um cabelo curto e loiro. Ao retornar, ganhou o WCW World Television Championship, em 4 de maio de 1998, derrotando Booker T no Nitro, criando, assim, uma rivalidade com Booker e Chris Benoit, que também queria o título. Após Finlay perder o título para Booker no The Great American Bash em 14 de junho, ele deixou as lutas pelo Television Championship, começando uma rivalidade com Alex Wright, que queria vingança por Finlay ter acabado com a carreira de seu pai, Steve Wright. Eles se enfrentaram no Halloween Havoc, onde Finlay foi derrotado por Wright.[14]

No fim de sua carreira na WCW, ele ganhou o "Hardcore Junkyard Invitational" no Bash at the Beach de 1999, ganhando um "trofeu hardcore". Ele se lesionou durante uma luta hardcore contra Brian Knobbs em um evento em Jackson, Mississippi, quase inutilizando sua perna.[7] [7] Ele retornou mais tarde naquele ano.[8] Em 2000, Finlay formou um trio chamado "Hardcore Soldiers" ("Soldados Hardcore") com Knobbs e Al Green. Eles tiveram uma rivalidade com Vampiro; o que incluiu uma luta entre Finlay e Vampiro no Uncensored, a última aparição do irlandês em um pay-per-view da WCW.[15] Sua última luta pela companhia aconteceu em um evento na Alemanha, em novembro de 2000, sendo derrotado por Norman Smiley em uma luta hardcore.

World Wrestling Entertainment / WWE (2001–2011)[editar | editar código-fonte]

Treinador (2001–2005)[editar | editar código-fonte]

Quando a WCW foi comprada pela World Wrestling Federation (WWF), Finlay começou a trabalhar para a companhia como um treinador de novos lutadores e das WWE Divas.[7] [8] Ele treinou diversos lutadores, como CM Punk e Trish Stratus.

Retorno ao ringue (2006)[editar | editar código-fonte]

Finlay voltou aos ringues em 2004, lutando contra Jamie Noble em um evento em Glasgow, Escócia, e vídeos promocionais passaram a ser exibidos em dezembro de 2005. Seu personagem seria um orgulhoso irlandês que amava lutar. Sua primeira luta na WWE aconteceu no SmackDown! de 20 de janeiro de 2006, quando foi derrotado por desqualificação por Matt Hardy. Após a luta, Finlay arrastou Hardy até os degraus de aço, atacando o rosto de Matt e se estabilizando como um vilão.[16] Isso lhe ajudou a ganhar um apelido, "The Fighting Irish Bastard" ("O Bastardo Lutador Irlandês"). Finlay continuou a se estabilizar no SmackDown!, começando uma rivalidade com Bobby Lashley em fevereiro e março de 2006, quando Finlay interferiu no combate entre Lashley e JBL no No Way Out, fazendo com que Lashley fosse derrotado pela primeira vez.[17] Essa rivalidade levaria Lashley e Finlay a se enfrentar em diversos lugares, como em um estacionamento. Mais tarde, em uma luta qualificatória para a Money in the Bank do WrestleMania 22, Finlay derrotou Lashley. Nesse período, Finlay passou a usar um shillelagh como arma. Em 2 de abril, Finlay participou de seu primeiro WrestleMania, o 22. Ele enfrentou outros cinco lutadores do Raw e do SmackDown! na Money in the Bank ladder match, também incluindo Lashley, mas acabou sendo vencida por Rob Van Dam.[18] Finlay entrou no torneio King of the Ring no SmackDown!, derrotando Chris Benoit na primeira rodada[19] antes de ser derrotado por seu rival Lashley, que avançou para a final no Judgment Day.[20] Finlay ajudou o outro finalista, Booker T, a derrotar Lashley.[21] No mesmo pay-per-view, Finlay foi derrotado por Chris Benoit.[22]

King Booker's Court (2006)[editar | editar código-fonte]

No SmackDown! de 26 de maio, Finlay se uniu a The Little Bastard ("O Pequeno Bastardo"), que vinha de debaixo do ringue para atacar os oponentes de Finlay.[23] Finlay, então, se uniu a William Regal como um dos leais seguidores de Booker T, agora renomeado King (Rei) Booker, em sua corte.[24] Finlay passou a lutar sob o nome de Sir Finlay, derrotando o Campeão Mundial dos Pesos Pesados Rey Mysterio, antes de derrotar Bobby Lashley e ganhar seu United States Championship.[25] Finlay defendeu o título em diversas ocasiões com a ajuda do Little Bastard, até mesmo contra Regal no The Great American Bash.[26] Ele perdeu o título para Mr. Kennedy no SmackDown! de 1 de setembro, em uma luta Triple Threat que também envolvia Lashley.[27] Após perder o título, Finlay continuou a seguir as ordens de Booker, atacando os lutadores que ameaçavam King Booker e seu recém-vencido World Heavyweight Championship, incluindo Lashley e Batista. Finlay derrotou Booker em uma luta onde o título não estava sendo disputado, sendo derrotado também em uma luta de quatro pessoas no No Mercy.[28]

Após deixar a corte, Finlay continuou sua rivalidade com Batista. Em 10 de novembro, no SmackDown!, ele foi derrotado pelo rival.[29] No Armageddon, Finlay e King Booker enfrentaram Batista e seu parceiro, o Campeão da WWE John Cena do Raw, mas foram derrotados.[30]

Aliança com Hornswoggle (2007–2008)[editar | editar código-fonte]

Finlay e Hornswoggle.

Logo após o Royal Rumble de 2007, Finlay começou uma rivalidade com The Boogeyman. No No Way Out, ele e Little Bastard derrotaram Boogeyman e Little Boogeyman.[31] Finlay conquistou sua vaga na Money in the Bank ladder match do WrestleMania 23; no entanto, Mr. Kennedy venceu a luta.[32] Após essa derrota, ele começaria uma rivalidade com Kennedy, após o mesmo ter atacado Little Bastard (agora conhecido como Hornswoggle) durante o WrestleMania, e Jamie Noble por ter atacado Hornswoggle após ele vencer o Cruiserweight Championship. A rivalidade iria ser redirecionada a Kane, após Finlay ter derrubado café nele. Os dois se envolveram com Batista e The Great Khali. No Saturday Night's Main Event, ele e Khali foram derrotados por Batista e Kane.[33] Kane o derrotou no SummerSlam.[34] Finlay derrotou Kane em um Belfast Brawl algumas semanas depois.[35]

Finlay e Hornswoggle se separaram quando o último perdeu o título Cruiserweight,[36] sendo transferido para o Raw com seu recém-revelado pai, Vince McMahon. Finlay começou uma rivalidade com Rey Mysterio ao atacá-lo durante uma entrevista com John "Bradshaw" Layfield.[37] No No Mercy, Finlay fingiu uma lesão. Ao ser colocado em uma maca, atacou Mysterio.[38] A rivalidade continuou até o Cyber Sunday, onde Mysterio derrotou Finlay em uma luta Stretcher,[39] mas Finlay derrotou Mysterio no SmackDown! de 9 de novembro.[40] A rivalidade se intensificou quando os dois se enfrentaram em times diferentes no Survivor Series.[41]

Finlay se reuniu com Hornswoggle ao salvá-lo de uma luta contra The Great Khali, se tornando um mocinho.[42] No Armageddon, Finlay foi colocado em uma luta com Khali, a qual venceu após Hornswoggle interferir, acertando Khali nas partes baixas com um shillelagh.[43] Ainda batalhando Khali e seu tradutor Ranjin Singh, com Hornswoggle, ele se qualificou para o Royal Rumble, sendo o número 27, mas foi desqualificado durante a luta, já que entrou antes da hora para salvar Hornswoggle da luta.[44] Finlay lutou em uma Elimination Chamber no No Way Out, mas foi eliminado por The Undertaker.[45]

Finlay começou a realizar aparições ocasionais no Raw para proteger Hornswoggle de Mr. McMahon, que colocava o filho em situações perigosas. Após Hornswoggle ser lesionado em uma luta Steel Cage por John "Bradshaw" Layfield,[46] Layfield revelou que Finlay era o pai de Hornswoggle, e não McMahon.[47] Uma semana depois, em 3 de março, Finlay assumiu o fato.[48] No WrestleMania XXIV ele foi derrotado por Layfield em um Belfast Brawl, onde Hornswoggle reapareceu.[49]

ECW (2008–2009)[editar | editar código-fonte]

Durante o Draft Suplementar de 2008, Finlay foi transferido para a ECW.[50] Ele e Hornswoggle desafiaram John Morrison e The Miz pelo WWE Tag Team Championship no Night of Champions, mas perderam. Pelo resto de 2008, Finlay lutou pelo ECW Championship. Ele, com Matt Hardy, Chavo Guerreo, The Miz e o Campeão da ECW Mark Henry participaram na primeira Championship Scramble no Unforgiven, luta vencida por Matt Hardy.[51] Finlay derrotou Mark Henry em um episódio da ECW, se tornando desafiante pelo título e sendo derrotado por Hardy. A rivalidade com Henry os levou a um Belfast Brawl no Armageddon, luta vencida por Finlay.[52] Finlay se tornou a primeira pessoa a derrotar o Campeão da ECW Jack Swagger na ECW de 3 de fevereiro, e, como resultado, enfrentou Swagger pelo título no No Way Out, sendo novamente derrotado.[53] [54] No Draft Suplementar de 2009, Finlay e Hornswoggle foram separados, quando Hornswoggle foi transferido para o Raw.[55] No final de maio de 2009, Finlay sofreu uma lesão no olho, o que o deixou fora das lutas temporariamente.[56] Ele retornou em 16 de junho, atacando o Campeão da ECW Tommy Dreamer, Swagger e Christian. No The Bash, ele participou e perdeu uma Championship Scramble pelo ECW Championship. Ele não retornou à ECW após a derrota.

Retorno ao SmackDown e demissão (2009–2011)[editar | editar código-fonte]

Finlay em 2009.

Ele foi transferido para o SmackDown em 29 de junho de 2009.[57] Sua primeira luta foi uma vitória contra Ricky Ortiz. No Survivor Series, ele fez parte do time de John Morrison, sendo eliminado por Sheamus. No final de 2009 ele começou uma rivalidade pelo Intercontinental Championship de Drew McIntyre. Em 2010, Finlay deixou as lutas e se tornou um agente, treinador e produtor. Ele foi demitido da WWE em março de 2011, após autorizar a interrupção do hino nacional dos Estados Unidos por The Miz durante um evento não-televisionado.

Circuito independente (2011-2012)[editar | editar código-fonte]

Após ser demitido pela WWE, Finlay voltou a luta, fazendo sua primeira aparição em 26 de julho de 2011, derrotando Sami Callihan no Evolve 9.[58]

Em 20 de agosto, Finlay estreou na Pro Wrestling Guerrilla, participando do torneio Battle of Los Angeles. Ele foi eliminado na primeira rodada pelo Campeão da PWG Kevin Steen.[59]

Finlay estreou na promoção japonesa SMASH em 30 de dezembro de 2011, se aliando a Murat Bosporus e Big Boy, sendo os três derrotados pelo time de Tajiri, Tatsumi Fujinami e Hajime Ohara.[60] Em 23 de novembro, Finlay derrotou StarBuck, se tornando Campeão da SMASH.[61] Ele reteve o título contra Tajiri em 19 de fevereiro, mas deixou o título vago com o futuro fim da promoção.[62]

Em 6 de novembro de 2011, Finlay lutou pela Stampede Wrestling em Barrie, Ontário[63] sendo derrotado por Harry Smith.[64]

Em 24 de março de 2012, Finlay enfrentou Low Ki, Tomasso Ciampa e Slyck Wagner Brown no MWF Soul Survivor VIII, mas acabou sendo derrotado. No dia seguinte, ele foi derrotado por Carlito no "Big Time Wrestling".

Retorno a WWE (2012-presente)[editar | editar código-fonte]

Em julho de 2012, Finlay foi recontratado pela WWE, novamente como produtor.[65]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Finlay foi casado com sua antiga valet, Princess Paula[4] Finlay é atualmente casado com uma alemã e tem três filho, dos quais o mais velho, David, nasceu na Alemanha.[5] [7] Ele vive no sul da Geórgia.[7] O pai e o avô de Finlay eram lutadores. Sua irmã é uma árbitra.[7]

No wrestling[editar | editar código-fonte]

Finlay aplicando uma Fujiwara Armbar em Harry Smith.
  • Alcunhas
    • "The Man Who Loves To Fight" ("O Homem Que Ama Lutar")[79]
    • "The Belfast Bruiser" ("O Pugilista de Belfast")
    • "The Celtic Bruiser" ("O Pugilista Celta")[80]
    • "The Belfast Brawler" ("O Brigão de Belfast")[81]
  • Temas de entrada
    • "Lambeg" por Jim Johnston (15 de janeiro de 2006 – maio de 2008)
    • Finlay usou uma música de The Swaggerin' Growlers como seu tema no Raw 3 de março de 2008[82]
    • "Hes Ma Da" por Jim Johnston[83] (maio de 2008 – junho de 2010)

Títulos e prêmios[editar | editar código-fonte]

  • Títulos britânicos
    • World Middleweight Championship (4 vezes)
  • Títulos da Commonwealth
    • CW British Commonwealth Heavyweight Championship (1 vez)
    • CW World Middleweight Championship (4 vezes)
  • Títulos irlandeses
    • Irish National Championship (1 vez)
  • Pro Wrestling Illustrated
    • PWI o colocou na #278ª posição dos 500 melhores lutadores individuais no "PWI Years" em 2003[85]
    • PWI o colocou na #33ª posição dos 500 melhores lutadores individuais em 2007[86]

1O Hardcore Junkyard Invitational Trophy é listado pela WWE como um reinado do WCW Hardcore Championship

Referências

  1. Finlay Bio World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2009-06-30.
  2. WWE Kids profile
  3. Intelius search
  4. a b c d e f g h Fit Finlay profile Online World of Wrestling. Página visitada em 2008-01-27. "Fit Finlay signed with the WWF as a Road Agent after WCW was purchased."
  5. a b c d e Wine, Cheese and Fit Finlay The Miami Herald. (2008-05-08). Página visitada em 2008-05-08.[ligação inativa]
  6. Gerweck.net profile
  7. a b c d e f g h i O'Shea, Fergus (2008-08-26). I've lived the American dream The Sun.. Página visitada em 2008-08-27.
  8. a b c d e f g Milner, John M.; Kamchen, Richard. Finlay Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Página visitada em 2008-10-14.
  9. Nagasaki, Kendo. The Grapple Manual: Heroes and Villains from the Golden Age of World Wrestling. [S.l.]: Sterling Publishing Company, Inc., 2005. p. 33. ISBN 0297844199
  10. http://www.accelerator3359.com/Wrestling/bios/finlay.html#uk
  11. http://www.wrestling-titles.com/europe/uk/bri-hm.html
  12. Conner, Floyd. Wrestling's Most Wanted: The Top 10 Book of Pro Wrestling's Outrageous Performers, Punishing Piledrivers, and Other Oddities. [S.l.]: Brassey's, 2001. p. 133. ISBN 1574883089
  13. Finlay Bio - Accelerator3359.com
  14. Powell, John (1998-10-26). Horace causes Halloween havoc Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Página visitada em 2009-01-12.
  15. Powell, John (2000-03-20). Uncensored elevates WCW Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Página visitada em 2008-10-14.
  16. Second chance World Wrestling Entertainment (2006-01-20). Página visitada em 2007-11-20.
  17. JBL def. Bobby Lashley World Wrestling Entertainment (2006-02-19). Página visitada em 2007-11-20.
  18. RVD wins the "Money in the Bank" Ladder Match World Wrestling Entertainment (2006-04-02). Página visitada em 2007-11-20.
  19. Dee, Louie (2006-05-05). A Man of his word World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2007-11-20.
  20. Dee, Louie (2006-05-12). Tragic Homecoming World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2007-11-20.
  21. Hoffman, Brett (2006-05-21). The King is Crowned World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2007-11-20.
  22. Hoffman, Brett (2006-05-21). A Good Old-Fashioned Fight World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2007-11-20.
  23. Dee, Louie (2006-05-26). Kiss Him Goodbye World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2007-11-20.
  24. Hoffman, Brett (2006-06-02). All hail the king World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2007-11-20.
  25. Hoffman, Brett (2006-07-14). Rey's Revenge World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2007-11-20.
  26. Hoffman, Brett (2006-07-23). An Old-Fashioned Fight World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2007-11-20. Cópia arquivada em 29 de dezembro de 2007.
  27. Hoffman, Brett (2006-09-01). Signing Bonus World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2007-11-20.
  28. Schiff, Steven (2006-10-08). Long live the King World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2007-11-20.
  29. Starr, Noah (2006-11-10). Batista bites back World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2007-11-10.
  30. Hoffman, Brett (2006-12-17). Champs prevail World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2007-11-20.
  31. McAvennie, Mike (2007-02-18). Boogeymen come up short World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2007-11-20.
  32. McAvennie, Mike (2007-04-01). 'Bank' on Kennedy! Kennedy! World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2007-11-20.
  33. Rote, Andrew (2007-08-18). Saturday night's alright for fighting World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2007-11-20.
  34. Dee, Louie (2007-08-26). Let the Party begin World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2007-11-20.
  35. DiFino, Lennie (2007-09-14). Forgive and forget? World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2007-11-20.
  36. DiFino, Lennie (2007-09-28). All things big and small World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2007-11-20.
  37. DiFino, Lennie (2007-09-21). 619: Flight grounded World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2007-11-20.
  38. Dee, Louie (2007-10-07). Irish eyes are lying World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2007-11-20.
  39. DiFino, Lennie (2007-10-28). Rolling to victory World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2007-11-20.
  40. DiFino, Lennie (2007-11-09). Celtic carnage World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2007-11-20.
  41. Calyton, Corey (2007-11-18). Hardy and The Game survive team turmoil World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2007-11-20.
  42. DiFino, Lennie (2007-11-18). Friends in low places? World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2007-11-20.
  43. DiFino, Lennie (2007-12-16). Protective endeavors World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2007-12-17.
  44. Dee, Louie (2008-01-27). Next stop: Orlando World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2008-02-03.
  45. Hillhouse, David (2008-02-18). Chamber matches dominate No Way Out Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Página visitada em 2008-10-14.
  46. Adkins, Greg (2008-02-18). Outrage in a Cage World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2008-02-29.
  47. Clayton, Corey (2008-02-25). The Truth about Hornswoggle, According to JBL World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2008-03-16.
  48. Adkins, Greg (2008-03-03). Family Outrage World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2008-03-16.
  49. Zoldan, Ben (2008-03-30). Results: JBL picks up brutal win in Belfast Brawl World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2008-04-04.
  50. Official 2008 WWE Supplemental Draft Results World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2008-06-25.
  51. Rote, Andrew (2008-09-07). Hardy twists fate World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2009-04-02.
  52. Bishop, Matt (2008-12-14). Armageddon: Hardy finally breaks through Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Página visitada em 2009-04-02.
  53. Bishop, Matt (2009-02-03). ECW: Finlay's title chase begins Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Página visitada em 2009-04-02.
  54. Sokol, Chris; Sokol, Bryan (2009-02-16). No Way Out gets Rated R Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Página visitada em 2009-04-02.
  55. 2009 WWE Supplemental Draft results World Wrestling Entertainment (2009-04-15). Página visitada em 2009-04-15.
  56. Aldren, Mike (2009-05-29). Daily wrestling news and gossip The Sun.. Página visitada em 2009-05-31.
  57. Trump's Last Laugh World Wrestling Entertainment (2009-06-28). Página visitada em 2009-07-18.
  58. Radican, Sean (2011-07-26). Radican's "Evolve 9" virtual time iPPV results 7/26: Finlay vs. Callihan, Taylor vs. Gargano main event Pro Wrestling Torch.. Página visitada em 2011-07-27.
  59. Massingham, Matt (2011-08-21). 8/20 PWG results in Reseda, Calif.: BOLA tournament winner, Young Bucks not shaking hands turned into angle, Tag Title match, Finlay debuts Pro Wrestling Torch.. Página visitada em 2011-08-21.
  60. Rhodes/Goldust At Royal Rumble?, Finlay Update, More EWrestlingNews.com. Página visitada em 27 de janeiro de 2012.
  61. 『SMASH.23』試合レポート(メインイベント) (em japanese) Smash. (2011-11-25). Página visitada em 2011-12-14.
  62. 2・19『Smash.25』全試合結果 (em japanese) Smash. (2012-02-19). Página visitada em 2012-02-19.
  63. Gibson, Shawn. "Wrestling hits the ANAF Club", 2 de novembro de 2011. Página visitada em 19 de janeiro de 2012.
  64. Ontario Debut Show Results Ontario Wrestling's Indie Elite (8 de novembro de 2011). Página visitada em 19 de janeiro de 2012.
  65. Backstage Update: Fit Finlay's Return To WWE. Página visitada em 12 de julho de 2012.
  66. Carrier, Steve (2007-07-06). WWE SmackDown! Results - July 6, 2007 ProWrestling.com. Página visitada em 2009-08-28.
  67. WCW bio World Championship Wrestling. Página visitada em 2008-06-21. Cópia arquivada em 2000-08-17.
  68. Saturday Night report on November 29, 1997.
  69. a b c Saturday Night report on March 7, 1998.
  70. a b c d March 16, 1998.
  71. Nitro report on March 25, 1996.
  72. Saturday Night report on March 30, 1996.
  73. Saturday Night report on February 10, 1996.
  74. Keller, Wade (2009-05-14). Keller's ECW Report 5/12: Dreamer vs. Henry and Finlay vs. Kidd bore viewers into channel switching Pro Wrestling Torch. Página visitada em 2009-10-01.
  75. a b c Saturday Night report on March 21, 1998.
  76. Grimaldi, Michael C. (2008-08-12). Early Smackdown TV report for August 22 Wrestling Observer Newsletter. Página visitada em 2008-09-07.
  77. Uncensored report on March 24, 1996.
  78. Saturday Night report on April 13, 1996.
  79. Schiff, Steven (2006-10-08). Long live the King World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2007-08-13. "The Man Who Loves to Fight vowed to stay true to his creed, and King Booker's Royal Court appeared to be on the brink of an epic collapse."
  80. Flair and Finlay in legendary first World Wrestling Entertainment (2007-07-05). Página visitada em 2007-08-13. "the Celtic bruiser, Finlay"
  81. McAvennie, Mike (2007-11-09). Belfast brawler's Bakersfield beatdown World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2008-06-16.
  82. Swaggerin' into the ring Boston Herald. (2008-03-11). Página visitada em 2008-03-12.
  83. WWE The Music, Vol. 8 at Wal-Mart.
  84. Catch Wrestling Association Title Histories titlehistories.com. Página visitada em 2008-07-11.
  85. Pro Wrestling Illustrated's Top 500 Wrestlers of the PWI Years Pro Wrestling Illustrated. Wrestling Information Archive. Página visitada em 2008-05-05.
  86. Pro Wrestling Illustrated Top 500 - 2007 Pro Wrestling Illustrated. Wrestling Information Archive. Página visitada em 2009-03-10.
  87. History of the United States Championship - Finlay World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2009-03-01.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Dave Finlay
Portal A Wikipédia possui o portal: