Dave Grohl

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde setembro de 2013). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


Dave Grohl
Informação geral
Nome completo David Eric Grohl
Também conhecido(a) como Dave Grohl
Nascimento 14 de janeiro de 1969 (45 anos)
Local de nascimento Warren, Ohio
 Estados Unidos
Gênero(s) Rock alternativo, post-grunge, hard rock

Heavy metal

Ocupação(ões) Músico, compositor, multi-instrumentista
Instrumento(s) Vocal, bateria, guitarra, baixo, teclado, talk box
Modelos de instrumentos Gibson DG-335, Gibson Firebird, Gibson Explorer
Período em atividade 1986 – presente
Afiliação(ões) Scream, Nirvana, Foo Fighters, Tenacious D, Killing Joke, Queens of the Stone Age, Them Crooked Vultures, Slash, Corey Todd Taylor, Ghost

David Eric Grohl (Warren, 14 de janeiro de 1969) é um cantor, compositor e músico estadunidense. Ex-baterista da banda Nirvana, Queens of the Stone Age e atual baterista de Them Crooked Vultures. Também é o fundador, vocalista e guitarrista da banda Foo Fighters.

Biografia[editar | editar código-fonte]

David Grohl com sua antiga banda Scream em 1990.

Desde cedo tocava bateria em muitas bandas punk, e aos dezesseis anos, no começo da década de 1980, entrou para a banda Scream. A primeira vez que Dave viu o Nirvana tocando foi durante uma turnê européia do Scream. Depois, com a turnê cancelada, término da banda Scream e ainda alguns problemas financeiros, ele ligou para Buzz Osbourne, um amigo que conhecia Kurt e Krist, pegou o telefone de Krist, ligou para ele e foi para Seattle. Chegando, tocou com os dois, que na época tocavam, provisoriamente, com Dan Peters, baterista do Mudhoney. Kurt e Krist perceberam que ele era o baterista que eles estavam procurando e Dave entrou para a banda.

Em 1992, Grohl gravou a demo Pocketwatch com algumas composições suas, sob o pseudônimo de Late!

Em 1994, com a morte de Kurt Cobain, a banda acabou. Logo em seguida ele se juntou a Tom Petty & the Heartbreakers para uma série de apresentações onde foi convidado para assumir as baquetas. Dave a princípio aceitou o convite, mas depois de uma conversa com Tom Petty onde Dave falou sobre algumas músicas que tinha composto desde os tempos do Nirvana, então o próprio Tom Petty admitiu que ele perderia seu tempo ali com os "velhos" Tom Petty and the Heartbreakers e disse que ele tinha um belo futuro pela frente liderando uma banda.

Tom Petty estaria certo e assim Dave, junto com seu amigo Barret Jones entrou num estúdio profissional e gravou algumas coisas que, mais tarde, dariam origem ao primeiro CD do Foo Fighters. Ele gravou todos os instrumentos, fez cem cópias da fita e mandou para amigos. Logo, várias gravadoras se interessaram e, junto com Nate Mendel (baixo), William Goldsmith (bateria), Pat Smear (guitarra), Dave assumiu os microfones e formou o Foo Fighters. Hoje a formação não é mais a original; juntaram-se a Dave e Nate, no lugar de William e Pat, Taylor Hawkins, ex-baterista da Alanis Morissette, e Chris Shiflett na guitarra, sendo que Pat Smear, que se apresentava com a banda desde 2006 como músico de apoio, voltou a ser membro oficial em 2011, com o lançamento do álbum Wasting Light.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Dave envolveu-se no início dos anos 90 com a Riot Grrrl Kathleen Hanna, da banda Bikini Kill, e com a baixista da banda L7, Jennifer Finch. Dave Grohl casou-se duas vezes. A primeira vez foi com a fotógrafa Jennifer Youngblood de 1993 a 1997. Depois do divórcio, Grohl teve relacionamentos com Louise Post de Veruca Salt, com a artista solo e também com a baixista da banda Hole, Melissa Auf der Maur, e com uma snowboarder profissional, chamada Tina Basich.

Finalmente ele casou-se com sua segunda esposa, uma produtora da MTV chamada Jordyn Blum em 2 de Agosto de 2003, em Los Angeles. Entre os convidados para a cerimônia estavam Clive Davis, Jack Black, e seu ex-companheiro de Nirvana Krist Novoselic. No dia 15 de Abril de 2006, Grohl e sua esposa comemoraram a chegada de sua primeira filha, Violet Maye. Seu nome foi escolhido em homenagem à avó materna de Dave Grohl. Em 17 de Abril de 2009, nasceu a segunda filha do casal, Harper Willow. Há pouco teve seu nome num escândalo com Courtney Love. Em 1º de agosto de 2014, nasceu sua terceira filha, Ophelia Saint, dias antes da morte de James Harper Grohl, pai de Dave Grohl, aos 75 anos, no dia 6 de agosto.

O reencontro[editar | editar código-fonte]

Depois de concluir o álbum Wasting Light em meados de Fevereiro de 2011, Grohl alugou um estúdio em Los Angeles para ensaiar a música, só ele, Novoselic, e o ex-guitarrista do Nirvana, Pat Smear, integrante permanente do Foo Fighters.

“Nós tocamos a música (Marigold) inteira e pensamos ter acabado,” Diz Grohl. “Éramos só nós três no estúdio e Krist disse, ‘Você tá afim de tocar uma das antigas?’, e eu disse, ‘Hmm…Ok’ porque nunca tínhamos feito isso antes. Nunca.”

Novoselic tinha uma música em particular. “Krist disse, ‘Dane-se, vamos tocar (Smells Like) Teen Spirit. E então tocamos Teen Spirit.”

A única pessoa além dos três no prédio inteiro era Scott, o dono do estúdio. “Scott abriu a porta e nos ouviu tocando Teen Spirit, parou por um segundo, ficou meio confuso e fechou a porta.”

“Depois que terminamos, Scott disse, ‘Ei pessoal, essa é muito boa – Vocês deviam ficar com ela.”

Grohl e Smear ainda parecem assustados com a coisa mais próxima de uma reunião do Nirvana que o mundo já viu.

“É meio esquisito,” diz Grohl.

“É bastante esquisito,” ressalta Smear.

“Eu nunca pensei que fosse acontecer,” complementa Grohl.”Mas aconteceu. Simples assim. Do melhor jeito que poderia acontecer.”

O reencontro "oficial" do grupo aconteceu na madrugada de quinta-feira, dia 13/12/12, como parte do concerto 121212, idealizado para beneficiar as vítimas do furacão Sandy, em Nova York.

A reunião partiu de uma ligação de Paul McCartney para Dave Grohl, que, segundo o tabloide, culminou numa sessão de estúdio com os outros membros do Nirvana, Novoselic e Pat Smear (integrante não oficial do grupo).[1]

Outros projetos[editar | editar código-fonte]

Dave Grohl em 2005.

Não é apenas com o Foo Fighters que Dave Grohl se ocupa.

Em 2002, ele participou do CD Songs for the Deaf da banda Queens of the Stone Age tocando bateria e fazendo alguns shows.

Dave também participou do filme Tenacious D, a palheta do Destino e no clipe "Beelzeboss" da banda Tenacious D, formada por Jack Black e Kyle Gass, fazendo o papel do demônio no filme, além de participar como baterista de todo o álbum The Pick of Destiny.

Em 2004 ele lançou o Probot, projeto que reuniu grandes nomes do metal, e ídolos de Dave Grohl, como Lemmy (Motörhead), Max Cavalera (Sepultura, Soulfly), Cronos (Venom) entre outros para gravar um álbum de nome Probot, com onze faixas, lançado pela Southern Lord Records.

  • Faixas:
  1. "Centuries of Sin" - com Cronos (Venom)
  2. "Red War" - com Max Cavalera (Sepultura, Soulfly, Cavalera Conspiracy, Nailbomb)
  3. "Shake Your Blood" - com Lemmy (Motörhead, Hawkwind)
  4. "Access Babylon" - com Mike Dean (Corrosion of Conformity) e Bubba Dupree (Void)
  5. "Silent Spring" - com Kurt Brecht (D.R.I.)
  6. "Ice Cold Man" - com Lee Dorian (Cathedral, Napalm Death, Teeth of Lions Rule the Divine) e Kim Thayil do Soundgarden"
  7. "The Emerald Law" - com Wino (St.Vitus, Obsessed, Spirit Caravan, Place of Skulls, The Hidden Hand)
  8. "Big Sky" - com Tom G. Warrior (Celtic Frost, Apollyon Sun) e Erol Unala (Apollyon Sun, Celtic Frost)
  9. "Dictatorsaurus" - com Snake (Voivod)
  10. "My Tortured Soul" - com Eric Wagner (Trouble)
  11. "Sweet Dreams" - com King Diamond (King Diamond, Mercyful Fate)
  12. "I Am The Warlock" - com Jack Black (Tenacious D) (música bônus)
  13. Nine Inch Nails - (algumas faixas de With Teeth)
  14. Cat Power - (algumas faixas de You Are Free)

Em 2005 participou como baterista do álbum With Teeth do Nine Inch Nails.

Em 2009, junto com John Paul Jones (Led Zeppelin) e Josh Homme (Queens of the Stone Age), Grohl formou a banda Them Crooked Vultures, na qual ele toca bateria.

Em 2013, lançou seu primeiro documentário, intitulado Sound City. Na trilha-sonora do filme, ele toca com artistas famosos, como Paul McCartney (em Cut Me Some Slack), Josh Homme do Queens of the Stone Age e Kyuss and Trent Reznor do Nine Inch Nails and How To Destroy Angels, em Mantra, dentre outros.

Além disso, Dave já tocou com os músicos mais importantes do mundo, sendo em shows ou participações em programas, dentre eles:

Discografia[editar | editar código-fonte]

Com o Nirvana, Dave gravou dois discos:

Junto com o Foo Fighters, Dave Grohl já lançou 9 discos, incluindo um disco ao vivo em 2006:

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Dave Grohl
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Dave Grohl
Accordrelativo20060224.png Este artigo sobre um(a) músico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.