Davey Hamilton

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Davey Hamilton
DaveyHamilton.jpg
Davey Hamilton antes da Indy 500 de 2007,
primeira corrida após seu retorno às pistas.
Nome completo Davey Jay Hamilton
Nacionalidade    Estados Unidos Norte-americano
Data de nascimento 13 de Junho de 1962 (52 anos)
Registros na IndyCar Series
Anos 1996-2001, 2007-
Times 8 (Foyt, Nienhouse, Galles,
TeamXtreme, Sam Schmidt, Vision,
Dreyer & Reinbold e Dragon)
Campeonatos 0 (2º em 1996-97 e 1998)
Pontos 761
Voltas mais rápidas 0
Primeira corrida Estados Unidos GP da Walt Disney World, 1996
Última corrida Estados Unidos GP do Texas (segunda corrida), 2011
GPs Poles Pódios Vitórias
52 0 0 0
Registros na CART/Champ Car
Anos 1993, 1995
Times 2 (Senter Sculley e Hemelgarn)
Campeonatos 0 (52º em 1995)
Pontos 0
Voltas mais rápidas 0
Primeira corrida Estados Unidos Indy 500 de 1993
(não-classificado)
Última corrida Estados Unidos Indy 500 de 1995
(não-classificado)
GPs Poles Pódios Vitórias
2 (0 largadas) 0 0 0

Davey Jay Hamilton (Nampa, 13 de junho de 1962) é um ex-piloto automobilístico estadunidense. Competiu regularmente na IndyCar (até então, IRL) entre 1996 e 2001. Sagrou-se vice-campeão da categoria em duas oportunidades (1996-97 e 1998).

Carreira[editar | editar código-fonte]

Com apoio de seu pai, que também era piloto, Davey iniciou a carreira nas pistas de terra, ganhando vários títulos. Somente em 1993, aos 30 anos, começou a aparecer mais para o automobilismo. Usando um Lola-Buick da equipe Senter Sculley, não conseguiu a vaga. Repetiu o fracasso dois anos depois, agora pilotando um carro da Hemelgarn, ficando em quinto lugar no bubble-day. Esta edição das 500 Milhas seria a sua última corrida na CART.

IRL[editar | editar código-fonte]

Reergueu-se na recém-criada IRL em 1996, competindo pela tradicional equipe Foyt, encerrando a primeira temporada da história da categoria em nono lugar. Nas duas temporadas seguintes, Hamilton surpreendeu ao obter o vice-campeonato em ambas.

Em 1999, Hamilton emplacou a quarta colocação na classificação geral da temporada, vencida por seu compatriota Greg Ray. A temporada de 2000 não foi tão bem-sucedida quanto as anteriores, tendo-a terminando em vigésimo-terceiro.

O acidente no Texas[editar | editar código-fonte]

Aos 38 anos, Hamilton disputaria sua última temporada como piloto regular da IRL, pela equipe Sam Schmidt. Sem o mesmo ritmo dos primórdios da categoria, tendo apenas um décimo-segundo lugar como melhor resultado, ele sofreu um dos acidentes mais graves da IRL antes da unificação com a Champ Car em 2008.

No GP do Texas, Davey se envolveria em uma batida durante disputa com Jeret Schroeder, que levaria o carro amarelo e vermelho do compatriota ao muro, quase atingindo o alambrado, e levando ainda Sarah Fisher, única mulher do grid na época. O carro do veterano bateu com tanta força que a frente ricocheteou e acertou o muro.

A batida fez com que um buraco se formasse no bico, e chegasse aos pés de Hamilton, que embora consciente sofria muito com as dores nas pernas, que estavam quebradas e os pés, também bastante comprometidos. Se não bastasse a dor nas pernas, Hamilton já sofria com o final de seu casamento, ocorrido antes da corrida. Levado de helicóptero ao hospital, Hamilton estava em situação tão grave, que os médicos chegaram a optar em amputar os pés do piloto, mas mudaram de ideia e optaram em reconstruir os membros. Após 21 cirurgias e um ano em cadeira de rodas, Davey preferiu não continuar correndo, virando empresário de pilotos ainda em 2002.

A volta às pistas[editar | editar código-fonte]

Cinco anos depois de sua aposentadoria, Davey resolveu voltar a correr. Sua primeira corrida após o regresso às corridas foi a Indy 500 de 2007, pela Vision Racing, e o veterano terminou a lendária prova numa boa nona colocação. Desde então, participa de todas as edições da Indy 500, além de algumas provas.

Nas duas provas no circuito do Texas, o piloto teve a chance de apagar o acidente de dez anos atrás de sua memória. Terminou ambas em 25º e 27º lugares, respectivamente.


Indy 500[editar | editar código-fonte]

Hamilton practicing for the 2008 Indy 500
Hamilton antes dos treinos da Indy 500 de 2010, pela equipe Dragon.

Hamilton corre regularmente a Indy 500 desde 2007, ano de sua volta às pistas. Antes, falhou em duas tentativas (1993 e 1995), e de 1996 a 2001 participou dos grids da tradicional corrida, nunca sendo "bumpeado" a partir daquele momento.

Pelas equipes Vision, Dreyer & Reinbold e Dragon, o melhor resultado de Davey é o quarto lugar em 1998.

Parceria com Sam Schmidt[editar | editar código-fonte]

Em março de 2012, Hamilton voltou à Sam Schmidt, desta vez como coproprietário da equipe, que passará a se chamar Schmidt/Hamilton Motorsports.


Resultados na Indy 500[editar | editar código-fonte]

Year Chassis Engine Start Finish Team
1993 Lola Buick DNQ Senter Sculley
1995 Reynard Ford-Cosworth DNQ Hemelgarn
1996 Lola Ford-Cosworth 10 12 Foyt
1997 Panoz/G-Force Oldsmobile 8 6 Foyt
1998 Panoz/G-Force Oldsmobile 8 4 Nienhouse
1999 Dallara Oldsmobile 11 11 Galles
2000 Panoz/G-Force Oldsmobile 28 20 TeamXtreme
2001 Dallara Oldsmobile 26 23 Schmidt
2007 Dallara Honda 20 9 Vision
2008 Dallara Honda 18 14 Vision
2009 Dallara Honda 22 29 Dreyer & Reinbold
2010 Dallara Honda 14 33 De Ferran/Dragon
2011 Dallara Honda 15 24 Dreyer & Reinbold

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Automobilismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.